Brasil

18/03/2019 | domtotal.com

Vídeos do personagem Momo que incitam violência entre crianças apavoram pais

YouTube não confirma problema, mas pede que os responsáveis redobrem a atenção e denunciem.

Boneca Momo está entre os assuntos mais comentados nas redes sociais no Brasil nesta segunda-feira
Boneca Momo está entre os assuntos mais comentados nas redes sociais no Brasil nesta segunda-feira (Reprodução)

Você deixa seu filho assistir vídeos pelo celular? Acompanha qual conteúdo ele acessa? Um dos assuntos mais comentados nas redes sociais no Brasil nesta segunda-feira (18) tem relação com a personagem Momo, que aparece em vídeos do YouTube Kids ensinando a criança a cometer suicídio. O alerta foi dado em matéria publicada pela revista Crescer. O Google, empresa responsável pelo YouTube, nega o problema, mas pede que os responsáveis redobrem a atenção e denunciem.

A preocupação chegou ao Ministério Público da Bahia (MPBA), que instaurou procedimento para apurar os fatos "relacionados a vídeos possivelmente disponibilizados em plataformas de vídeos e compartilhados em redes sociais com conteúdo direcionado a crianças e uso do personagem 'Boneca Momo'. Foram enviadas notificações ao Google e ao WhatsApp, por meio das empresas sediadas no Brasil, para remoção do conteúdo", diz nota do MPBA.

Em um dos vídeos que circulam no WhatsApp, o rosto da boneca aparece em conteúdos ensinando, passo a passo, como as crianças devem fazer.

“Vi isso hoje e fiquei horrorizada! Temos que monitorar sempre a criança quanto ao uso de qualquer tipo de tela, seja ela celular, tablet, televisão ou videogame... Além dos vários prejuízos já conhecidos (atraso no desenvolvimento, interações interpessoais, tempo com família, etc) o homem ainda faz pior, plantando intencionalmente essas atrocidades. Lamentável isso! Não estou sabendo lidar com tanta maldade e violência”, escreveu uma mãe em um grupo de Whatsapp.

“Apesar dos relatos da imprensa, não tivemos links recentes sinalizados ou compartilhados conosco que violem nossas diretrizes da comunidade”, diz nota do Google.

Boatos

Além de redobrar a atenção, os pais devem tomar cuidado para não acreditar em alguns boatos que circulam na internet envolvendo o personagem. O site boatos.org, por exemplo, checou e verificou algumas situações: ‘Jovem comete suicídio após participar do desafio da Momo no Brasil’ e ‘Momo é um demônio que divulgou número de telefone no WhatsApp’ são alguns exemplos de 'notícias' falsas.  

História

A personagem conhecida como Momo foi criada a partir de uma escultura de um artista plástico japonês, e tem olhos esbulhados, pele pálida e sorriso sinistro.


Redação

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas