Brasil Cidades

25/03/2019 | domtotal.com

Carta-testamento


Cineasta e dramaturgo emociona familiares e amigos com duas cartas-testamento escritas por ele e lidas durante seu velório, na noite do último sábado.
Cineasta e dramaturgo emociona familiares e amigos com duas cartas-testamento escritas por ele e lidas durante seu velório, na noite do último sábado. (Festival de Gramado/Divulgação)

Da carta-testamento de Domingos Oliveira para sua filha Maria Mariana, lida no velório do cineasta e dramaturgo nesse domingo: 

"Minha filha Maria Mariana. Que honra ter contribuído para pôr alguém assim no mundo. E agora preciso de você, mais que nunca. Sei o quanto você me ama, e imagino que deve estar sofrendo neste momento, com essa imagem sinistra e um pouco ridícula de eu morto na tua frente, aí dentro deste caixão. Hesitei muito antes de escrever essa carta inoportuna, nesta tentativa de ficar vivo mais um dia.

Não sofra, não sofra, não sofra. O mínimo possível até agora, no enterro, e basta. Quando você sair daí, me esqueça. Eu estarei sempre presente dentro de você, você é a minha continuação neste mundo. Fora isto, tente agressivamente me esquecer. Ou melhor, tente entender, com sua fé e sua juventude, que mundo é esse sem o pai. (...) A vida é uma dádiva, uma aventura gloriosa, que devemos defender às últimas consequências, mesmo em momentos horríveis como este."

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Outros Artigos

Não há artigos para exibir do dia 25/03/2019

Instituições Conveniadas