Mundo

25/03/2019 | domtotal.com

Abertura de encontro da Unesco sobre a África destaca o papel da educação contra o preconceito

Evento contou com a presença do vice-governador de MG, Paulo Brant, integrantes do Comitê Científico da Unesco e representantes da Dom Helder.

Reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ, ao lado do vice-governador de Minas, Paulo Brant, faz discurso durante solenidade de abertura.
Reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ, ao lado do vice-governador de Minas, Paulo Brant, faz discurso durante solenidade de abertura. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Valter Silvério (UFSCar), Júlia Sant'Anna, secretária de Estado da Educação, e Vanicléia Silva (UFMG).
Valter Silvério (UFSCar), Júlia Sant'Anna, secretária de Estado da Educação, e Vanicléia Silva (UFMG). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Membros do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco, Cácia Stumpf, pró-reitora de Administração, Anacélia Santos Rocha, pró-reitora de Ensino e  secretária de Estado da Educação.
Membros do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco, Cácia Stumpf, pró-reitora de Administração, Anacélia Santos Rocha, pró-reitora de Ensino e secretária de Estado da Educação. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Artista Jorge dos Santos e o reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ.
Artista Jorge dos Santos e o reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Artista Jorge dos Santos e o reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ.
Artista Jorge dos Santos e o reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Vice-governador de Minas, Paulo Brant, ao lado de membros do Comitê Internacional e a pró-reitora de Administração da Dom Helder, Cácia Stumpf.
Vice-governador de Minas, Paulo Brant, ao lado de membros do Comitê Internacional e a pró-reitora de Administração da Dom Helder, Cácia Stumpf. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
O evento foi aberto com a exposição do artista Jorge dos Anjos e seguida de apresentação do grupo Canção das Iluminuras
O evento foi aberto com a exposição do artista Jorge dos Anjos e seguida de apresentação do grupo Canção das Iluminuras Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
O evento foi aberto com a exposição do artista Jorge dos Anjos e seguida de apresentação do grupo Canção das Iluminuras
O evento foi aberto com a exposição do artista Jorge dos Anjos e seguida de apresentação do grupo Canção das Iluminuras Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
O evento foi aberto com a exposição do artista Jorge dos Anjos e seguida de apresentação do grupo Canção das Iluminuras
O evento foi aberto com a exposição do artista Jorge dos Anjos e seguida de apresentação do grupo Canção das Iluminuras Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ, ao lado do vice-governador de Minas, Paulo Brant, faz discurso durante solenidade de abertura.
Reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ, ao lado do vice-governador de Minas, Paulo Brant, faz discurso durante solenidade de abertura. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ, ao lado do vice-governador de Minas, Paulo Brant, faz discurso durante solenidade de abertura.
Reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ, ao lado do vice-governador de Minas, Paulo Brant, faz discurso durante solenidade de abertura. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ, ao lado do vice-governador de Minas, Paulo Brant, faz discurso durante solenidade de abertura.
Reitor da Dom Helder, Paulo Stumpf, SJ, ao lado do vice-governador de Minas, Paulo Brant, faz discurso durante solenidade de abertura. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Minuto de silêncio em memória dos negros que foram escravizados.
Minuto de silêncio em memória dos negros que foram escravizados. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
“O objetivo da coleção é de produzir um conteúdo que aumente o orgulho de todos africanos e afro-descendentes, para que sigam em harmonia com todo o mundo”, declarou Holl.
“O objetivo da coleção é de produzir um conteúdo que aumente o orgulho de todos africanos e afro-descendentes, para que sigam em harmonia com todo o mundo”, declarou Holl. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Em sua fala, Moussa-Iye discorreu sobre como a história africana tem sido renovada, rompendo com padrões racistas das visões ocidentais
Em sua fala, Moussa-Iye discorreu sobre como a história africana tem sido renovada, rompendo com padrões racistas das visões ocidentais Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Reunião do Comitê  Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco.
Reunião do Comitê Internacional para o Volume IX da Coleção História Geral da Unesco. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
“O objetivo da coleção é de produzir um conteúdo que aumente o orgulho de todos africanos e afro-descendentes, para que sigam em harmonia com todo o mundo”, declarou Holl.
“O objetivo da coleção é de produzir um conteúdo que aumente o orgulho de todos africanos e afro-descendentes, para que sigam em harmonia com todo o mundo”, declarou Holl. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)

Por Pablo Pires Fernandes
Repórter Dom Total

A importância de novas abordagens para a compreensão da história africana e a necessidade de aplicação desse conhecimento na educação foram o foco da cerimônia de abertura da Reunião do Comitê Científico Internacional da Unesco, responsável pela edição do Volume IX da Coleção História Geral da África. O encontro, sediado pela Dom Helder Escola de Direito, teve início nesta segunda-feira (25) e segue até quarta-feira, com palestras públicas na terça e reuniões privadas para validação dos textos da edição.

Leia também:

A Coleção História Geral da África é um importante projeto da Unesco existente desde 1964 e já publicou oito volumes. O chamado nono volume, na verdade, se desdobrou em três (o X e o XI serão lançados simultaneamente), que trazem abordagem inovadora sobre o tema, além de revisar e atualizar questões à luz de novas descobertas, apresentar o tema das diásporas africanas e apresenta o conceito de África Global, central para a compreensão mais ampla da cultura africana e da presença dela no resto do mundo.

A cerimônia contou com a presença do vice-governador Paulo Brant, da secretária de Estado da Educação, Júlia Santana, do reitor da Dom Helder Escola de Direito, Paulo Stumpf, autoridades e integrantes do comitê da Unesco. O evento foi aberto com a exposição do artista Jorge dos Anjos e seguida de apresentação do grupo Canção das Iluminuras, dedicado à pesquisa sobre música da Idade Média e do Renascimento e à construção de significativa coleção de instrumentos de época.

Paulo Stumpf, destacou a atuação da instituição no combate a todas as formas de preconceito e que a presença do evento e da comissão na escola confirmam e fortalecem o trabalho de assistência jurídica desenvolvido junto a comunidades carentes, em sua maioria formadas por afro-descendentes.

Vários participantes apontaram a necessidade de um esforço das diversas instâncias do Estado brasileiro atuarem na continuidade das políticas de apoio à população afro-descendente do país, associada a um forte plano de educação. O vice-governador de Minas Gerais, Paulo Brant, disse que o evento e a coleção “vão iluminar o projeto do governo de educação no estado de MG”, que tem o objetivo de atingir outro patamar. Brant se disse ciente da impossibilidade de cumprir esse objetivo em quatros anos de mandato, mas reiterou que a educação é responsável por mudanças significativas na qualidade de vida e das relações raciais no país.

Destacando ainda que a população afro-descendente no Brasil é a maior do mundo, Brant ressaltou a importância da cultura africana para a formação do país. “A nossa história, nossa cultura está entranhada na cultura africana. Então conhecer a história da África, vai contribuir muito para que a gente de fato tenha uma educação que leve em conta essa pluralidade cultural, que é o grande tesouro do Brasil”, declarou Brant, acrescentando que “a miscigenação, a diversidade étnica, cultural, racial são o que fazem do Brasil esse grande país com o potencial enorme”. “É fundamental que a gente mergulhe nessa dimensão africana da nossa formação. A cultura africana é essencial para a identidade nacional, não do nacionalismo xenófobo, mas a de um nacionalismo generoso como tem sido a tradição brasileira”, finalizou.

“Estudar a história da África é estudar a nossa história”, acrescentando que isso é de central importância para a construção da identidade nacional, tanto no passado como no futuro. “A cultura africana é essencial para a identidade nacional, não do nacionalismo xenófobo, mas a de um nacionalismo generoso como tem sido a tradição brasileira”, finalizou.

A secretária de Estado da Educação, Júlia Santana, afirmou o compromisso da atual gestão no estado de Minas Gerais de “trabalhar com a implementação do material referente à história da África em salas de aula”, no sentido de fortalecer a identidade dos alunos afro-descendentes e garantir que a memória não seja perdida.

O trabalho educativo e a relevância da coleção da Unesco foram mencionados também por Mara Evaristo, coordenadora do Núcleo de Relações Étnico-Raciais na Secretaria Municipal de Educação, que pediu um minuto de silencia “a todos os africanos que deram a vida para a construção do Brasil”.

A coordenadora do setor de educação da Unesco no Brasil, Rebeca Otero Gomes, citou o fato de o site da entidade da ONU disponibilizar os oito volumes da Coleção HGA, mencionando que a seção, a mais acessada do portal, trazer também material didático para uso nas escolas.

O coordenador do Projeto da Coleção HGA, Ali Moussa-Iye, assim como o coordenador do Comitê Internacional Científico, Augustin Holl relataram o processo de elaboração dos volumes IX, X e XI da coleção, iniciado em 2013, em Adis Abeba, Etiópia. “O objetivo da coleção é de produzir um conteúdo que aumente o orgulho de todos africanos e afro-descendentes, para que sigam em harmonia com todo o mundo”, declarou Holl.

Em sua fala, Moussa-Iye discorreu sobre como a história africana tem sido renovada, rompendo com padrões racistas das visões ocidentais, que sempre foram “tentativas de bastificação e coisificação do africano” para justificar o preconceito e o discurso de que a África não tem uma história significativa. “Os africanos ainda são vítimas da estigmatização, pois este discurso permaneceu no que chamamos de ‘biblioteca colonial’”, como se refere ao conjunto de conhecimento sobre a África produzido sob a égide do preconceito.

“É urgente restituir a real história da África para romper com o sistema de dominação e realizar uma reapropriação histórica. E a melhor maneira de se fazer isso é deixar os próprios africanos contarem a sua história”, afirmou.

Participaram ainda da cerimônia de abertura o reitor Franclin Brito, reitor da EMGE, o superientendente de comunicação da Cemig, Etevaldo Lucas Queiroz, e o reponsável pela articulação institucional da Fundação Unibanco, Felipe de Souza, todos importantes apoiadores do evento. Em seguida, a professora da UFMG e uma das organizadoras do evento Vanicléa Silva, proferiu a palestra “África Global: revisitando as conexões entre África e suas Diásporas”, acompanhada na mesa pelo professor Augustin Holl e o consultor Martial Zé Bilinga.


Redação Dom Total

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas