Religião Meu Dia com Deus

Dia 18 de Abril - Quinta-feira

Ouça:




Confira também as mensagens de Dom Helder



Evangelho do dia: (João 13,1-15)

Glória a vós, ó Cristo, Verbo de Deus.
Eu vos dou este novo mandamento, nova ordem agora vos dou, que, também, vos ameis uns aos outros, como eu vos amei, diz o Senhor (Jo 13,34).
 
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.
13 1 Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que chegara a sua hora de passar deste mundo ao Pai, como amasse os seus que estavam no mundo, até o extremo os amou.
2 Durante a ceia, - quando o demônio já tinha lançado no coração de Judas, filho de Simão Iscariotes, o propósito de traí-lo -,
3 sabendo Jesus que o Pai tudo lhe dera nas mãos, e que saíra de Deus e para Deus voltava,
4 levantou-se da mesa, depôs as suas vestes e, pegando duma toalha, cingiu-se com ela.
5 Em seguida, deitou água numa bacia e começou a lavar os pés dos discípulos e a enxugá-los com a toalha com que estava cingido.
6 Chegou a Simão Pedro. "Mas Pedro lhe disse: Senhor, queres lavar-me os pés!"
7 Respondeu-lhe Jesus: "O que faço não compreendes agora, mas compreendê-lo-ás em breve".
8 Disse-lhe Pedro: "Jamais me lavarás os pés!" Respondeu-lhe Jesus: "Se eu não tos lavar, não terás parte comigo".
9 Exclamou então Simão Pedro: "Senhor, não somente os pés, mas também as mãos e a cabeça".
10 Disse-lhe Jesus: "Aquele que tomou banho não tem necessidade de lavar-se; está inteiramente puro. Ora, vós estais puros, mas nem todos!"
11 Pois sabia quem o havia de trair; por isso, disse: "Nem todos estais puros".
12 Depois de lhes lavar os pés e tomar as suas vestes, sentou-se novamente à mesa e perguntou-lhes: "Sabeis o que vos fiz?
13 Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou.
14 Logo, se eu, vosso Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar-vos os pés uns aos outros.
15 Dei-vos o exemplo para que, como eu vos fiz, assim façais também vós".
Palavra da Salvação.

Meditando o evangelho

DEI-VOS O EXEMPLO
O ensinamento de Jesus não consistia em belas teorias, racionalmente formuladas, mas sem enraizamento na realidade. O caminho da teorização é, de certo modo, fácil. Basta alguém saber servir-se das palavras, com inteligência e habilidade, para arrastar multidões atrás de si. A sabedoria popular denuncia esta postura, com um dito lapidar: "Falar é fácil. O difícil é fazer". Fazer-se mestre dos outros, sem a disposição de pôr em prática o que se ensina, não tem valor algum. Só o exemplo instrui e convence.
Jesus estava longe de ser um teórico. Ele ensinava o que praticava. Suas palavras encontravam respaldo no seu testemunho de vida. Donde a veracidade de seus ensinamentos.
O ensinamento veiculado mediante o gesto de lavar os pés dos discípulos não seria convenientemente verbalizável. Na cultura da época, era impossível imaginar um rabino ajoelhado diante de seus discípulos, para lavar-lhes os pés! O Mestre Jesus, entretanto, fez isto: ajoelhou-se diante de cada um dos discípulos, e não titubeou em lavar-lhes os pés poeirentos. Sem perder a dignidade, soube mostrar-lhes até onde o amor pode chegar.
A morte de cruz, que se consumaria em breve, foi o exemplo dos exemplos de Jesus. Do alto do madeiro, bem que poderia ter-nos repetido: "Eu lhes dei o exemplo. Façam como eu!
Oração
Espírito de coerência, que eu jamais desvincule palavra e vida, e sim, dê testemunho do Reino de Jesus pondo em prática o que proclamo.


Mais: Notícias / Liturgia / Roteiro Homilético

CALENDÁRIO
dom seg ter qua qui sex sab
Direito | Engenharia
Vídeos
Mais Lidas
Instituições Conveniadas