SuperDom Arte e Cultura

28/05/2018 | domtotal.com

Victor Vasarely, o pai da op art

Na Espanha, uma exposição monográfica sobre o artista húngaro.

"Xadrês", de 1980, obra de Vasarely que estará na mostra do Museu Thyssen-Bornemisza.

Por Marco Lacerda*

Victor Vasarely (Pécs, 1906 - París, 1997) é uma das figuras mais destacadas da arte abstrata geométrica. Seus experimentos com estruturas espacialmente ambíguas e oticamente dinâmics  e seus efeitos na percepção visual irromperam o cenário artístico em meados da década de 1960 com a etiqueta Op Art, dando origem a uma tendência efêmera, mas de extraordinária popularidade.

De 7 de junho a 9 de setembro o Museu Nacional Thyssen-Bornemisza apresentará uma exposição monográfica sobre o artista, considerado o pai da Op Art. Organizada com fundos dos museus Vasarely de Budapeste, Pécs e Aix-en Provence e obras cedidas por coleções particulares de todo o mundo, a mostra oferece uma visão global da vida e da obra do artista húngaro, que realizaou sua melhor produção na França.

Na exposição estarão representadas as principais fases de sua evolução artística. Assim se poderá aprecisar o papel fundamental de Vasarely no desenvolvimento da abstração geométrica e conhecer seus princípios e reflexões teóricas e seus experimentos para integrar a arte na sociedade.

A exposição está organizada em oito seções seguindo ordem cronológica, precedidas de um primeiro espaço dedicado às Estruturas Veja, uma de suas séries mais conhecida e emblemáticas, realizada no auge da sua carreira, cujo nome deriva da estrela que mais brilha nas noites do hemisfério norte.

*Marco Lacerda é jornalista, escritor e Editor Especial do Domtotal.

Comentários
Instituições Conveniadas