Vídeos

Ninguém está a salvo das balas perdidas no Rio de Janeiro

Confrontos entre a polícia do Rio de Janeiro e traficantes fortemente armados podem começar a qualquer momento, em qualquer lugar: ao lado de uma escola, perto de uma igreja, de dia ou à noite. Mas um número crescente de baixas nessa guerra é composto por inocentes. A AFP investigou as histórias de algumas vítimas de balas perdidas como a menina Maria Eduarda, morta dentro da escola em março.


12 Dez 2017
Instituições Conveniadas