22 Ago 2016 | domtotal.com

Não vamos te engolir de jeito nenhum, Neymar!


Neymar 100% Jesus xinga torcedor na cerimônia de medalhas,
Neymar 100% Jesus xinga torcedor na cerimônia de medalhas, (Reuters)

Por Juliano Paiva

Neymar foi Neymar na final contra a Alemanha. Ruim da cabeça e muito bom com os pés. Simples assim.

O camisa 10 da seleção brasileira foi um dos melhores em campo, é verdade, apesar de não ter sido o herói da conquista inédita da medalha de ouro, honraria que cabe a Weverton, goleiro do Atlético-PR, que defendeu o último pênalti alemão. 

Neymar poderia ter se contentado com a bela exibição num dia histórico para o país para ser manchetado em todo o planeta. Mas não, ele resolveu “desabar” como gosta de classificar quem “passa a mão na sua cabeça”. 

O atacante do Barcelona precisava ser protagonista e, para isso, manchou de certa forma o ouro, se esquecendo completamente do espírito olímpico. Após a conquista, Neymar tirou satisfação com um torcedor que o criticou durante a partida: “Não consegue é o caralho, vai tomar no teu cu”, xinga Neymar. O torcedor rebate: “Não consegue!”, para depois ouvir do atacante, que ainda dá um tapa numa placa publicitária: “Tem que respeitar, que aqui é Brasil!” . 

Não, Neymar, não é!! O que você destemperadamente diz ser o nosso país, não é. Não faz sentido “acertar as contas” num momento tão importante e de alegria para todos. O Brasil comemorava; você xingava. 

Ficou ainda mais feio porque ele ostentava na testa uma faixa com os dizeres “100% Jesus” que, na verdade, deve ser uma homenagem a Gabriel Jesus, atacante do Palmeiras, como bem observou meu amigo Leonardo Garcia. 

O COI irá se manifestar formalmente contra a faixa numa carta à deleção brasileira. De acordo com as regras, nenhum sinal religioso, político ou comercial deve aparecer na cerimônia de medalhas.

E para completar a estupidez de Neymar, ainda durante a cerimônia, ele disse numa entrevista à TV Globo, não sei se antes ou depois do vexame dos xingamentos, em alto e bom som: “Vocês vão ter que me engolir”. 

Pois é, eis o Neymar que por seu comportamento hostil, agressivo, vingativo, merece no máximo uma medalha de lata. E é justamente por isso que não vamos te engolir de jeito nenhum, Neymar!

O seu bom futebol, como número dois ou três do Barcelona, um dos melhores times do mundo, não compensa a sua falta de educação e arrogância. 
 
 
Juliano Paiva escreve toda segunda-feira no DomTotal.com

Juliano Paiva
é jornalista formado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente editor do Dom Total, Paiva trabalhou nos jornais O Tempo, Hoje em Dia e no extinto Diário da Tarde, tradicional periódico de Belo horizonte fechado pelos Associados Minas em julho de 2007. No DT, começou como repórter da editoria Cidades, mas, na época do fechamento do jornal, fazia cobertura esportiva. Também foi responsável pela cobertura de jogos do Campeonato Brasileiro para a Folha de São Paulo no segundo semestre de 2007.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas