19 Ago 2019 | domtotal.com

15ª rodada apimenta o Campeonato Brasileiro

Os números criam uma boa expectativa para o Nacional, com esperança de uma competição emocionante até o fim.

Daniel Alves fez o gol da vitória do São Paulo que está a somente cinco pontos do líder e pode diminuir a diferença para dois caso vença o jogo que tem a menos.
Daniel Alves fez o gol da vitória do São Paulo que está a somente cinco pontos do líder e pode diminuir a diferença para dois caso vença o jogo que tem a menos. (Luis Moura / Wpp/Gazeta Press)

Por Juliano Paiva

A 15ª rodada deu uma apimentada no Campeonato Brasileiro. As derrotas de Santos e Atlético, as vitórias de Flamengo, São Paulo e Corinthians e o empate do Palmeiras embolaram o topo da tabela.

O “melhor” para o Brasileirão, sem dúvida, foi o tropeço do líder Santos, diante do Cruzeiro, que estacionou nos 32 pontos. Com isso, a diferença para o 6º colocado, o Corinthians, é de somente cinco pontos neste momento.

São Paulo, 5º lugar, e Atlético, 4º, também estão com 27 pontos como o Timão. O Tricolor pode tomar o lugar do Galo no G4 caso vença a partida que tem por fazer contra o Athletico-PR.

A última vez que a diferença foi tão pequena ao fim da 15ª rodada aconteceu no Nacional de 2015. Na época, o líder Atlético tinha 32 pontos e o sexto lugar, Grêmio, 27.

Em 2016, 2017 e 2018 a diferença era de oito, 14 e sete pontos, respectivamente. Somente em 2018 houve uma reviravolta e o líder na 15ª rodada, o Flamengo, não foi o campeão. O Palmeiras levou a taça.

Os números criam uma boa expectativa para o Brasileirão 2019, com esperança de um campeonato mais emocionante, o que não acontece há muito tempo. Nos últimos anos, a 38ª e última rodada tem sido entediante em termos de disputa de título.  

A última vez que o Brasileirão foi decidido na última rodada foi em 2011. Corinthians e Vasco tinham a chance de ser o campeão naquele ano. O Timão levou a melhor.  

Juliano Paiva
é jornalista formado na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Atualmente editor do Dom Total, Paiva trabalhou nos jornais O Tempo, Hoje em Dia e no extinto Diário da Tarde, tradicional periódico de Belo horizonte fechado pelos Associados Minas em julho de 2007. No DT, começou como repórter da editoria Cidades, mas, na época do fechamento do jornal, fazia cobertura esportiva. Também foi responsável pela cobertura de jogos do Campeonato Brasileiro para a Folha de São Paulo no segundo semestre de 2007.
Comentários
+ Artigos
Instituições Conveniadas