19 Nov 2020 | domtotal.com

Lula e Bolsonaro amargam derrota

Eleitores mostraram insatisfação com as trapalhadas do capitão-mor e também do PT

Com 37 mil votos, professora Duda Salabert foi eleita a primeira vereadora trans de BH
Com 37 mil votos, professora Duda Salabert foi eleita a primeira vereadora trans de BH (Cobertura Colaborativa Ella 2018/ Wikimedia)

Jorge Fernando dos Santos

O presidente Jair Bolsonaro foi o grande perdedor nas eleições municipais deste ano. Dos 45 candidatos a vereador que ele apoiou em 25 cidades, apenas 10 se elegeram. Entre os 13 candidatos a prefeito, somente dois venceram no primeiro turno e outros dois vão disputar o segundo.

Dos 78 candidatos com Bolsonaro no nome de urna, só um foi eleito. Uma das poucas vitórias do presidente foi a reeleição do filho Carlos para vereador, no Rio de Janeiro. Mesmo assim, com 35 mil votos a menos do que na eleição de 2016, totalizando 71 mil. O mais votado este ano foi Tarcísio Motta (PSOL), com 86.243 votos.

De maneira geral, os eleitores mostraram insatisfação com as trapalhadas do capitão-mor e também do PT. Lula foi o segundo grande derrotado. Com poucas exceções, os candidatos petistas comeram poeira nas urnas. Foi em São Paulo que os dois líderes amargaram a maior decepção. O favorito do presidente, Celso Russomano (PSL), ficou em quarto lugar, obtendo apenas 10,5% dos votos válidos. Já o candidato petista, Jilmar Tatto, ficou na rabeira do páreo.

O tucano Bruno Covas, atual prefeito e colega de partido do governador João Dória, alcançou 32,85% dos votos válidos e vai disputar o segundo turno com Guilherme Boulos. A surpreendente arrancada do candidato do PSOL, que chegou a 20,25% na preferência do eleitorado, certamente foi uma resposta ao reacionarismo bolsonarista.

BH renova a Câmara

As eleições deste ano confirmaram o caráter renovador do eleitorado belo-horizontino. Se por um lado o prefeito Alexandre Kalil, do PSD, foi reeleito com grande folga, por outro a Câmara Municipal será renovada em 58,53%. Kalil foi confirmado no cargo por 63,36% dos eleitores.

O bolsonarista Bruno Engler, do PRTB, ficou em segundo lugar com apenas 9,95% dos votos válidos, o que comprova a rejeição dos eleitores ao comportamento e às ideias do presidente. Enquanto isso, o petista Nilmário Miranda estacionou num dos últimos lugares da corrida. Também do PT, o vereador Pedro Patrus, filho do deputado federal e ex-prefeito Patrus Ananias, não conseguiu se reeleger.

Dos 41 atuais vereadores, apenas 17 cumprirão novo mandato. Temos, portanto, 24 nomes estreantes no legislativo municipal. A bancada feminina contará com 11 representantes. A maior surpresa, no entanto, foi a espetacular vitória da professora trans Duda Salabert, do PDT, que atingiu o recorde de 37 mil votos. Espera-se que os novatos não se limitem a distribuir títulos de cidadania. BH tem sérios problemas à espera de solução.

No Rio de Janeiro, o bispo bolsonarista e atual prefeito Marcello Crivella (Republicanos) estava mal nas pesquisas, mas conseguiu ultrapassar as candidatas da esquerda. Com 21,86% dos votos, ele enfrentará o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), que obteve 37% e, a exemplo dele, é também investigado por corrupção. Pobre Cidade Maravilhosa, cada vez mais refém do crime organizado!

 No geral, os resultados de domingo comprovam que a onda conservadora que conduziu Bolsonaro ao Planalto em 2018 adveio muito mais da decepção com o PT do que da índole nacional – que não é de fato reacionária. Como declarou Bruno Covas, "o amor venceu os radicais no primeiro turno". Oxalá em 2022 a tendência de agora se confirme. Somente respeitando a lei e a democracia será possível pacificar o país e consertar tantos estragos.

Jorge Fernando dos Santos
Jornalista, escritor, compositor, tem 44 livros publicados. Entre eles Palmeira Seca (Atual), Prêmio Guimarães Rosa 1989; ABC da MPB (Paulus), selo altamente recomendável da FNLIJ 2003; Alguém tem que ficar no gol (SM), finalista do Prêmio Jabuti 2014; Vandré - o homem que disse não (Geração), finalista do Prêmio APCA 2015; e A Turma da Savassi (Miguilim).
+ Artigos
Comentários