15 Jan 2021 | domtotal.com

Cadê a oposição?

A sensação é que neste início de 2021 a coisa tenha desandado de vez

Baleia Rossi tem apoio também da esquerda na Câmara
Baleia Rossi tem apoio também da esquerda na Câmara (Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Marcel Farah

Nos anos pós 2016, com a história institucional brasileira manchada por um golpe que retirou da presidência uma pessoa que não cometera crime algum, foram importantes as iniciativas, mesmo que apenas simbólicas, da esquerda em denunciar o golpe e combater o programa conservador que se instaurou.

O motivo de fundo, na realidade, sempre foi o programa político. Pois é o movimento das "placas tectônicas" da política que influencia diretamente na maré dos acontecimentos nas arenas políticas institucionais.

Pois bem, um velho programa, de bases neoliberais, se recuperou dentro de uma nova coalizão que se formou entre as bases conservadoras abrigadas pelos governos petistas e segmentos exteriores ao governo, Cunha, Temer, FHC, alguns nomes famosos a apoiar a implementação deste programa.

Nesse sentido a esquerda, em seu ofício diário, digamos assim, buscou combater o programa golpista, denunciou a reforma trabalhista, a venda de terras irrestrita a estrangeiros, o desmonte da Petrobras e outras estatais. Brecou, com esta atitude, algumas medidas, como a reforma da previdência, que só veio a ser implementada com Bolsonaro.

A sensação é que neste início de 2021 a coisa tenha desandado de vez.

Explico, sem noção de que nosso enfrentamento central é ao programa implementado desde 2016 e aprofundado por Bolsonaro e Guedes, a disputa pela presidência da Câmara e do Senado ocorrerá sem a oposição.

Os principais partidos de esquerda assumiram posição de apoio a candidatos da direita na Câmara, um conservador ligado ao Rodrigo Maia, e no Senado, o candidato do próprio Bolsonaro.

Se este cenário se confirmar, no fundo, o argumento mais revelador é que os deputados e senadores da oposição de esquerda não conseguem viver sem cargos nas mesas diretoras, chamam isso de irresponsabilidade!!!

Bons eram os tempos em que tínhamos oposição.

Marcel Farah
Educador Popular
+ Artigos
Comentários