Teste de veículo autônomo da Ford: todos os modelos da marca terão V2X nos EUA a partir de 2022.

Telefonia 5G e tecnologia V2X vão revolucionar a indústria automobilística

Carros conectados a tudo serão realidade em curto prazo. Na CES 2019, Ford confirmou que todos seus modelos terão V2X nos EUA a partir de 2022 

Teste de veículo autônomo da Ford: todos os modelos da marca terão V2X nos EUA a partir de 2022.
Teste de veículo autônomo da Ford: todos os modelos da marca terão V2X nos EUA a partir de 2022.

Por Thiago Ventura

Termina nesta sexta-feira (11) em Las Vegas, nos Estados Unidos a Consumer Eletronics Show (CES) 2019, a maior feira de tecnologia do mundo. Realizada desde os anos 60,  é palco do lançamento de novidades como celulares, televisores, computadores e outros dispositivos. Mas o que isso tem a ver com carros? Tudo!

Já há vários anos que a indústria automobilística participa do evento, antenada nas novas tecnologias que chegarão em breve aos veículos, seja para o infotainment, seja para a condução em si. E nesse aspecto que a CES 2019 tem novidades interessantes que vão revolucionar o nosso modo de dirigir.

O primeiro passo é a telefonia 5G, que teve vários celulares e dispositivos apresentados na feira.  Após anos de desenvolvimento e planejamento, as primeiras implantações da tecnologia 5G nos EUA acontecem neste ano.

InfoC-V2X As características definidoras do 5G incluem velocidade mais rápida, maior capacidade e menor latência em comparação com a tecnologia 4G LTE existente. O 5G é um requisito fundamental para permitir totalmente tecnologias emergentes, como carros autônomos e cidades inteligentes.

O 5G vai permitir o uso comercial dos ‘carros conectados’, um conjunto de tecnologias que são resumidas no termo técnico V2X, que significa ‘Vehicle-to-everything’.

As tecnologias atuais de assistência ao motorista, assim como os futuros veículos autônomos, usam sensores que basicamente “veem” o que está ao redor. com a V2X os automóveis conseguirão “ouvir” e “conversar” com tudo o ser redor, incluindo os outros carros,  pedestres e com a infraestrutura de trânsito para transmitir informações de segurança e ajudar a criar um sistema de transporte inteligente e conectado.

No evento, a Ford anunciou que vai oferecer a tecnologia de comunicação do veículo-com-tudo pelo celular – a chamada por ela de  C-V2X – em todos os seus veículos novos nos Estados Unidos a partir de 2022! A tecnologia V2X da Ford foi desenvolvida em parceria com a Qualcomm, que no mês passado anunciou o Snapdragon 855, primeiro chip da empresa a ter suporte para as novas redes 5G.

InfoC-V2X-2

“Atravessar cruzamentos, por exemplo, será muito mais fácil com a C-V2X, pois os veículos poderão se comunicar entre si para negociar qual tem a preferência. Da mesma forma, um carro envolvido em um acidente pode informar a ocorrência para os demais e um pedestre na pista com telefone celular pode ser localizado pelos veículos, mesmo se estiver fora do campo de visão”, diz Don Butler, diretor executivo de Veículos Conectados da Ford.

Os veículos autônomos são totalmente capazes de operar sem a C-V2X, mas essa tecnologia pode complementar o sistema formado por sensores LiDAR, radar e câmera. Veículos de emergência equipados com transmissores C-V2X, por exemplo, poderão avisar os carros autônomos à frente para abrir caminho, estacionando ou mudando de rota.

O V2X não é exclusividade da Ford: Nissan e Audi também estão desenvolvendo a tecnologia. Continental e Ericsson também estão criado sistemas para os carros conectados.

E quando chegará ao Brasil? Depende da rapidez com que a telefonia 5G será implantada no nosso país. Se consideramos que a 4G ainda não está em presente, inclusive em pontos nas grandes cidades, temos a certeza que vai demorar.