Todos os post de thiago.ventura

Volkswagen Golf tem motor 1.0 TSI de 128 cavalos.

Brasil é o país onde um carro 1.0 pode custar mais de R$ 100 mil

Volkswagen Golf 2019 chega ao mercado com visual reestilizado e preços entre R$ 91,7 mil e  R$ 143,9 mil

Volkswagen Golf tem motor 1.0 TSI de 128 cavalos.
Volkswagen Golf tem motor 1.0 TSI de 128 cavalos.

 

Por Thiago Ventura

Aconteceu. O consumidor brasileiro agora tem à disposição um modelo com motor 1.0 que pode ter valor final acima dos R$ 100 mil. Trata-se do Volkswagen Golf com visual reestilizado que acaba de chegar ao mercado nacional, quase dois anos depois da estreia na Europa.

Os preços de veículos têm registrado uma grande elevação no preço já há algum tempo. Mas surpreende pensar que um carro equipado com motor de um litro,  que já foi considerado de carro popular, hoje possa custar mais de cem mil reais.

Contudo, existem dois lados: apesar de 1.0, o bloco TSI (chamado pela marca de 200TSI) não é nada ‘frouxo’ e sim uma tendência global de downsizing: motores menores, mais econômicos e eficientes.  Assim, falar que ‘1.0 é ruim’ é um certo preconceito, tendo em vista que esse em questão é turbinado e ‘anda’ mais que muito 1.8 ou 2.0 no mercado…  porém, a tabela de preços deixou muito consumidor intrigado.

Interior da versão Comfortline do Golf 2019.
Interior da versão Comfortline do Golf 2019.

O que mudou?

A linha 2019 do Golf apresenta mudanças visuais em todas as versões e também se estendem à perua Golf Variant. Os modelos chegam às concessionárias da marca a partir deste mês e fazem parte da maior ofensiva de produtos da história da Volkswagen no Brasil, com 20 lançamentos até 2020.

Os para-choques foram redesenhados, assim como os faróis – que ganham luzes de uso diurno de LED para todas as versões; nas versões Highline e GTI o Golf passa a contar com oferta de faróis de LED, em substituição aos de xenônio.

Golf GTI
Golf GTI

A traseira do Golf traz nova linguagem. Também foram alteradas as rodas dos modelos e as lanternas traseiras, que passam a ser de LED para o Golf e o Golf Variant.

Na dianteira, a ligação da grade do radiador com os faróis ganhou uma nova faixa cromada (no GTI essa faixa é dupla, cromada e vermelha). No interior, central multimídia com tela de 8″ para todos.

Painel da versão Highline.
Painel da versão Highline.

Golf Comfortline: 1.0 acima de R$ 100 mil

Mudanças também na versão de entrada. Agora o opção Comfortline é vendida apenas com transmissão automática de seis velocidades. Até então, era apenas com manual de seis (8 ou 80 essa VW!). O motor 1.0 TSI Total Flexue agora gera potência de até 128 cv a 5.500 rpm com etanol (ganho de 3 cv, obtido por meio de nova calibração do motor). Com gasolina, fica nos 116 cv. O turbo garante torque máximo de 200 Nm a partir de 2.000 rpm.

Para quem torce o nariz para motor 1.0 (mesmo que turbo), segundo a VW, o Golf Comfortline TSI faz de 0 a 100 km/h em 10,3 segundos e atinge a velocidade máxima de 192 km/h, quando abastecido com etanol. Em relação ao consumo, com gasolina faz 11,4 km/l na cidade e 14,2 km/l na estrada. Com etanol, são 8 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada.

O Golf Comfortline TSI tem preço inicial de R$ 91.790. Contudo, o valor pode chegar nos R$ 101,2 mil! Isso caso o cliente resolva acrescentar todos os itens opcionais:  teto solar panorâmico (R$ 4.800), rodas de 17 polegadas ‘Madrid’ (R$ 2.450) e pintura perolizada (R$ 2.200).

Nós testamos em 2017 o Golf Comfortline 1.0 TSI. Clique aqui e relembre o teste.

Antes desse novo visual, o Golf Comfortline 1.0 TSI era vendido por R$ 78.780. Contudo, era disponível apenas com transmissão manual de seis marchas. Na linha 2019, o hatch médio teve uma alta de R$ 13.010.  Em compensação, o carro agora conta de série com volante multifuncional revestido em couro com aletas para trocas de marcha, sensores de chuva e crepuscular, faróis com temporizador programável, retrovisor interno eletrocrômico, controlador de velocidade de cruzeiro, câmera de ré e sistema de infotenimento atualizado, com tela sensível ao toque de 8 polegadas.

Versão perua também recebeu as mudanças visuais.
Versão perua também recebeu as mudanças visuais.

Conclusão

Equipamentos e  esclarecimentos sobre a eficiência do motor à parte,  o valor cobrado de R$ 101,2 mil para uma unidade de entrada do Golf coloca em dúvida o sucesso de vendas do modelo.  Como a categoria que virou a ‘menina dos olhos’ do consumidor é dos utilitários esportivos, será muito mais fácil para um eventual cliente pagar e mesma quantia num SUV espaçoso do que num hatch médio.

Tabela de preços
Golf Comfortline 1.0 TSI AT — R$ 91.790
Golf Highline 1.4 TSI AT — R$ 112.190
Golf GTI 2.0 TSI DSG — R$ 143.790
Golf Variant Comfortline 1.4 TSI — R$ 102.990
Golf Variant Highline 1.4 TSI — R$ 113.490

 

Suzuki-Jimny-2019

Suzuki revelas primeiras imagens da nova geração do Jimny

Suzuki-Jimny-2019
Por Thiago Ventura

Marca japonesa revelou nesta semana as primeiras imagens oficias da quarta geração do seu 4×4. Na parte externa, o modelo mantém o design clássico e simpático, mas no interior… vida nova! Novo quadro de instrumentos e uma central multimídia, além de opção pelo ar-condicionado automático digital.

Os dados técnicos não foram revelados, mas confirmou que o carro tem chassi novo e vai manter a tração 4×4.

jim-2

A primeira geração surgiu em 1970, enquanto a terceira vem desde 1998. Desde então, o modelo já vendeu mais de 2.85 milhões de unidades em 194 países e territórios.

No Brasil, o Jimny deve ser apresentado no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro, e chegar ao mercado em 2019.

jim

 

 

 

 

 

Apesar de maior e mais caro, Renault Sandero tem segurança pior que o subcompacto Kwid.

Renault Sandero e Logan decepcionam em crash test do LatinNCAP

Modelos franceses recebem apenas uma estrela de segurança das cinco possíveis em teste de segurança

Apesar de maior e mais caro, Renault Sandero tem segurança pior que o subcompacto Kwid.
Apesar de maior e mais caro, Renault Sandero tem segurança pior que o subcompacto Kwid.

Por Thiago Ventura

Má notícia para proprietários do modelo compacto da Renault em teste de colisão revelado nesta terça-feira, na terceira série de resultados de 2018 do Latin NCAP,  o Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe. O hatch Sandero e o sedã Logan tiveram desempenho decepcionante com uma estrela para a Proteção do Ocupante Adulto e três estrelas para a Proteção do Ocupante Infantil.

A má nota aconteceu principalmente no impacto lateral. Apesar de Sandero/Logan contar com barras laterais nas portas, a falta de uma estrutura de melhor desempenho e dispositivos de absorção de energia prejudica bastante a segurança dos passageiros.

Além disso, o LatinNCAP criticou a ausência de cintos de três pontos em todos os bancos e por não ter Isofix como equipamento padrão. Esse fato surpreende levando em conta que o Sandero lançado na África, testado pelo Global NCAP, possui cintos de três pontos em todos os assentos, bem como ISOFIX como equipamento padrão. A Renault confirmou que irá melhorar o desempenho de segurança do Sandero/Logan.

Renault-Logan-Crash-Test--2018

“É uma enorme preocupação para o Latin NCAP que ainda um dos modelos mais vendidos na região, como é o Sandero/Logan, ofereça um nível de proteção tão baixo, que não possua ESC e tenha uma proteção mínima contra impactos laterais”, comentou Alejandro Furas, Secretário Geral do Latin NCAP.

Um detalhe instigante é que a dupla teve desempenho pior que o Kwid. O subcompacto é mais barato que Logan e Sandero, mas possui Isofix e quatro airbags, o que garantiu três estrelas no LatinNCAP.

O presidente da Comissão Diretiva do Latin NCAP, Ricardo Morales Rúbio, criticou os maus resultados de modelos mais acessíveis. “Os últimos resultados do Latin NCAP mostram claramente as consequências da falta de regulamentações sólidas em toda a região da América Latina e do Caribe. Os carros mais vendidos ganham, ainda, resultados decepcionantes, sendo isso inaceitável para os consumidores. Alentamos a melhorar esses modelos à brevidade, assumindo ações claras de responsabilidade corporativa que serão refletidas em vidas salvas”, disse.

BMW X3 M40i tem motor 3.0 com 360 cv

BMW X3 M40i: primeiro carro semiautônomo feito no Brasil

SUV será o primeiro carro montado no Brasil com sistema Active Protection, capaz de detectar riscos de colisão iminente e acionar diversos equipamentos para evitar o pior

BMW X3 M40i tem motor 3.0 com 360 cv
BMW X3 M40i tem motor 3.0 com 360 cv

Por Thiago Ventura

A fábrica do BMW Group em Araquari, Santa Catarina, inicia no próximo dia 18 de junho, a fabricação da versão nervosa M40i do novo X3.   Segundo a empresa, é o primeiro modelo com tecnologias usadas em carros autônomos a ser produzido no Brasil. O modelo vai manter o mesmo preço do importado: R$ 397,9 mil.

O SUV tem sistema que informa, por alertas visuais e sonoros, situações de tráfego em cruzamentos, mudanças involuntárias de faixa de rolamento, possibilidade de colisão traseira e controle e prevenção de aproximação inadvertida frontal. O próprio carro faz as manobras para estacionar.

A configuração topo de linha traz sob o capô o novo motor M Performance, de seis cilindros em linha, de 2.998 cm³, com 360 cv de potência (entre 5.500 e 6.500 rpm) – 54 cv a mais que o antecessor – e 500 Nm de torque máximo (de 1.520 a 4.800 rpm). O modelo tem câmbio automático de oito marchas, com alavancas atrás do volante para trocas de marcha, e tração integral BMW xDrive.

O modelo vem com sistema de som premium Surround Harman Kardon.
O modelo vem com sistema de som premium Surround Harman Kardon.

Entre os equipamentos, o Active Protection, capaz de detectar riscos de colisão iminente e acionar diversos equipamentos de proteção aos ocupantes, entre eles, os tensores dos cintos de segurança e o fechamento automático dos vidros das janelas e do teto panorâmico. O modelo vem ainda com faróis Full-LED adaptativos, central com botão seletor iDrive touch controller com tela de 10,25 polegadas, sensível ao toque, Head-up Display e som Surround Harman Kardon.

A fábrica da BMW passou a produzir quatro modelos: X1, X3, X4 e Série 3. A planta opera com metade de sua capacidade produtiva, de 32 mil veículos por ano e tem 700 funcionários.

bmw-x3-4

Yaris promete incomodar concorrentes como Fiat Argo/Cronos e VW Polo/Virtus.

Toyota Yaris 2019: compacto premium chega a partir de R$ 59,3 mil

Disponível nas carrocerias sedã e hatch, Toyota Yaris oferece lista extensa de equipamentos e preços competitivos para encarar rivais

Yaris promete incomodar concorrentes como Fiat Argo/Cronos e VW Polo/Virtus.
Yaris promete incomodar concorrentes como Fiat Argo/Cronos e VW Polo/Virtus.

Por Thiago Ventura

Marca japonesa apresentou nesta quinta sua ofensiva no segmento dos compactos premium, prometendo incomodar bastante modelos como Volkswagen Polo/Virtus, Fiat Argo/Cronos, além do Honda Fit e City. O Yaris é um produto global e a marca almeja mais de 5 mil unidades mensais, somadas as carrocerias hatch e sedã. Com a chegada do modelo, as versões topo de linha do Etios foram eliminadas.

O novo Yaris possui 4.145 mm de comprimento (4.425 na versão sedã), 1.730 mm de largura, 1.490 mm de altura e 2.550 mm de distância entreeixos. A capacidade do porta-malas na versão hatch é de 310 litros, enquanto no sedã, 473 litros.

Modelo estreia nova central multimídia no Brasil e tem opção de partida por botão
Modelo estreia nova central multimídia no Brasil e tem opção de partida por botão

O bólido possui motor 1.3 16V Dual VVT-i DOHC, este exclusivo para o hatch manual de seis marchas. São 94 (G)/101 (E) cv com torque de 122/126 Nm a 4.000 rpm.

Mas a maioria das versões vem com o 1.5 16V  VVT-i DOHC com 105/110 cv com 140/146 Nm de torque a 4.000 rpm. A transmissão pode ser manual de seis marchas ou automática Multidrive CVT, a mesma do Corolla.

Toyota-Yaris-2019-9

A linha traz de série, desde a versão básica,  computador de bordo, comandos no volante, descansa-braços dianteiro, controle de estabilidade (VSC), tração (TRC) e assistente de partida em rampa (HAC). A intermediária XL Plus Tech acrescenta ar-condicionado automático e digital, chave inteligente presencial, Smart Entry e sistema de partida sem chave tipo Start Button e central multimídia de 7″.

Na topo de linha, XLS ainda vêm com teto solar, sensor de chuva, maçanetas cromadas, faróis projetores com lâmpadas halógenas, lanternas em LED e sete airbags, adicionando aos dois frontais, dois laterais, dois de cortina e um de joelhos para o motorista.

Versões topo de linha possuem teto solar de série, item negligenciado pela indústria.
Versões topo de linha possuem teto solar de série, item negligenciado pela indústria.

Toyota Yaris 2019

Yaris Hatch

XL 1.3L 16V manual – R$ 59.590
XL 1.3L 16V CVT – R$ 65.590
XL Plus Tech 1.5L 16V CVT – R$ 69.590
XS 1.5L 16V CVT – R$ 74.590
XLS 1.5L 16V CVT – R$ 77.590

Yaris Sedã

XL 1.5L 16V manual – R$ 63.990
XL 1.5L 16V CVT – R$ 68.690
XL Plus Tech 1.5L 16V CVT – R$ 73.990
XS 1.5L 16V CVT – R$ 76.990
XLS 1.5L 16V CVT – R$ 79.990

Toyota-Yaris-2019-12

 

 

 

 

Toyota Yaris 2019 Marca japonesa apresentou nesta quinta sua ofensiva no segmento dos compactos premium, prometendo incomodar bastante modelos como Volkswagen Polo/Virtus, Fiat Argo/Cronos, além do Honda Fit e City. O Yaris é um produto global e a marca almeja mais de 5 mil unidades mensais, somadas as carrocerias hatch e sedã. Com a chegada do modelo, as versões topo de linha do Etios foram eliminadas. O novo Yaris possui 4.145 mm de comprimento (4.425 na versão sedã), 1.730 mm de largura, 1.490 mm de altura e 2.550 mm de distância entreeixos. A capacidade do porta-malas na versão hatch é de 310 litros, enquanto no sedã, 473 litros. O bólido possui motor 1.3 16V Dual VVT-i DOHC, este exclusivo para o hatch manual de seis marchas. São 94 (G)/101 (E) cv com torque de 122/126 Nm a 4.000 rpm. Mas a maioria das versões vem com o 1.5 16V  VVT-i DOHC com 105/110 cv com 140/146 Nm de torque a 4.000 rpm. A transmissão pode ser manual de seis marchas ou automática Multidrive CVT, a mesma do Corolla. A linha traz de série, desde a versão básica,  computador de bordo, comandos no volante, descansa-braços dianteiro, controle de estabilidade (VSC), tração (TRC) e assistente de partida em rampa (HAC). A intermediária XL Plus Tech acrescenta ar-condicionado automático e digital, chave inteligente presencial, Smart Entry e sistema de partida sem chave tipo Start Button e central multimídia de 7". Na topo de linha, XLS ainda vêm com teto solar, sensor de chuva, maçanetas cromadas, faróis projetores com lâmpadas halógenas, lanternas em LED e sete airbags, adicionando aos dois frontais, dois laterais, dois de cortina e um de joelhos para o motorista. Toyota Yaris 2019 Yaris Hatch XL 1.3L 16V manual – R$ 59.590 XL 1.3L 16V CVT – R$ 65.590 XL Plus Tech 1.5L 16V CVT – R$ 69.590 XS 1.5L 16V CVT – R$ 74.590 XLS 1.5L 16V CVT – R$ 77.590 Yaris Sedã XL 1.5L 16V manual – R$ 63.990 XL 1.5L 16V CVT – R$ 68.690 XL Plus Tech 1.5L 16V CVT – R$ 73.990 XS 1.5L 16V CVT – R$ 76.990 XLS 1.5L 16V CVT – R$ 79.990 #CarroEsporteClube #Toyota #meutoyota #toyotaBrasil #toyotaYaris

A post shared by Carro Esporte Clube (@carroesporteclube) on

Toyota-Yaris-2019

Toyota-Yaris-2019-11

Ka_FreeStyle_Exterior-(15)-(1)

Ford Ka Freestyle: aventureiro chega por R$ 63,4 mil

Modelo global, novo Ford Ka FreeStyle será vendido em 125 países. No Brasil, vem com o motor 1.5 que estreou no EcoSport

Ka_FreeStyle_Exterior-(15)-(1)

Por Thiago Ventura

Marca americana iniciou a pré-venda da nova versão do compacto Ka. A Freestyle tem visual aventureiro e oferece o motor 1.5 de três cilindros, que já era oferecido no EcoSport. O modelo parte dos R$ 63,4 mil.

O Ka FreeStyle oferece o motor mais potente da  categoria, o 1.5 Ti-VCT de três cilindros com 136 cv, nova transmissão automática de seis velocidades com opção de trocas manuais na alavanca. Alem disso vem com a central multimídia SYNC 3 com tela capacitiva flutuante de 6,5 polegadas.

Ka_FreeStyle_Interior-(3)

O compacto é um modelo global. Ele será vendido em 125 países, na América do Sul, Ásia e Europa. A dianteira tem grade em formato colmeia pintada em cinza perolizado, faróis com máscara negra e moldura cromada. O para-choque traz um elemento gráfico em formato de C .

A novidade, também com carroceria e suspensão reforçadas e é o primeiro da categoria a oferecer seis airbags. Vem com câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, rack de teto funcional, rodas de liga leve de 15 polegadas e interior exclusivo com bancos parcialmente em couro.

Ka_FreeStyle_Exterior-(20)

O modelo vem equipado com controle eletrônico de estabilidade e tração e um sistema de proteção anticapotamento (ARP – Active Rollover Protection) com sensor de deriva, que estima a rolagem da carroceria em função da aceleração lateral e, se necessário, aciona os freios individualmente e reduz a potência do motor para garantir o controle.

O Ford Ka FreeStyle será rival de modelos como o Hyundai HB20X. o Chevrolet ONix Activ e ainda o Renault Sandero Stepway. Talvez no ano que vem, outro modelo aventureiro pode chegar ao Brasil para aumentar essa concorrência: o Fiat Argo aventureiro.
A central multimídia com tela de 6,5 polegadas tem acabamento em preto perolizado que não deixa marcas das mãos. O console incorpora duas entradas USB iluminadas de carregamento rápido e bandeja para celular.

Ka_FreeStyle_Interior-(1) Ka_FreeStyle_Interior-(21)

 

 

O motor 1.5 do Ka Freestyle tem 128 cv a 6.500 rpm. Com etanol, a potência é de 136 cv e o torque máximo, de 158 Nm.

O modelo custa R$ 63.490 (MT)e R$ 67.990 para o automático de seis marchas.

Ka_FreeStyle_Exterior-(19)

Gol_e_Voyage_2019__5_

Volkswagen Gol e Voyage chegam à linha 2019 em versão única

Hatch e sedã ganham visual inspirados no Gol Track e picape Saveiro para distanciar de opções mais refinadas Volkswagen Polo e Virtus.

Gol_e_Voyage_2019__5_

Por Thiago Ventura

Marca alemã apresentou nessa semana  a linha 2019 do Gol e do Voyage. Os modelos, que chegam em junho às cerca de 520 concessionárias da marca, com visual único do Gol Track. Vêm com motor 1.0 MPI de 84 cv de potência ou 1.6 MSI, de até 104 cv. Ambos os motores são associados à transmissão manual de cinco marchas. A opção automática ficou para depois.

Dando continuidade à simplificação da oferta de versões, Gol e Voyage 2019 chegam em versão única de acabamento.  Objetivo é distanciar de Polo e Virtus, opções mais refinadas… e caras.

Gol_e_Voyage_2019__6_

Na dianteira, Gol e Voyage ganharam o desenho do Gol Track, com capô mais elevado e com duas linhas que se conectam aos faróis, agora maiores. O conjunto ótico também é novo com recortes do capô que margeando a peça. A entrada de ar na parte inferior cresceu e traz linhas mais geométricas,. Os faróis de neblina passam a ter formato trapezoidal e são envolvidos por uma moldura preta.

Produzidos em Taubaté (SP), Gol e Voyage 2019 saem de fábrica equipados com ar-condicionado, direção hidráulica, banco do motorista com ajuste de altura, suporte para celular integrado ao painel com entrada USB, travamento elétrico das portas e vidros dianteiros com acionamento elétrico.

Gol_e_Voyage_2019__9_

Têm ainda encosto do banco traseiro rebatível, desembaçador traseiro, alerta sonoro de faróis acesos, tomada 12V no console central e para-sol com espelho para motorista e passageiro. Vêm com rodas aro 14 (modelo 1.0 utiliza pneus 185/65 R14) e aro 15 (motor 1.6 traz pneus 195/55 R15) com novas calotas, antena de teto e faróis com máscara negra.

Tabela de Preços

Gol 1.0: R$44.990
Gol 1.6: R$50.780
Voyage 1.0: R$52.640
Voyage 1.6: R$56.640

Gol_e_Voyage_2019__8_ Gol_e_Voyage_2019__11__6

Chevrolet Cruze 2019: versão reestilizada do sedã foi apresentada nos EUA e chega ao Brasil no próximo ano.

General Motors anuncia 20 lançamentos para o Mercosul até 2022

Marca americana vai renovar completamente sua gama de veículos no continente, com novas gerações e produtos inéditos

Chevrolet Cruze 2019: versão reestilizada do sedã foi apresentada nos EUA e chega ao Brasil no próximo ano.
Chevrolet Cruze 2019: versão reestilizada do sedã foi apresentada nos EUA e chega ao Brasil no próximo ano.

Por Thiago Ventura

A americana General Motors anunciou nesta semana que vai  lançar 20 novos veículos no Mercosul até 2022. Objetivo é manter a liderança em mercados como o Brasil, renovando completamente sua gama.

A General Motors não confirmou quais serão os modelos, mas já temos alguns candidatos. A Chevrolet deve oferecer novas gerações de Onix e Prisma, além um SUV compacto abaixo do Tracker. Também são esperados substitutos da Spin, do Cruze e da S10.

O Cruze com visual renovado já foi revelado nos EUA e deve chegar aqui em 2019.  Outro modelo que deve chegar no ano que vem será o elétrico Bolt, exibido no Salão do Automóvel de São Paulo em 2016.

Bolt será uma das novidades no Mercosul. Em 2017, foram vendidas mais de 22.000 unidades do elétrico foram vendidas nos EUA.
Bolt será uma das novidades no Mercosul. Em 2017, foram vendidas mais de 22.000 unidades do elétrico foram vendidas nos EUA.

“Esta é a maior renovação da linha Chevrolet na história da marca na região, reforçando o nosso compromisso em colocar o cliente no centro de tudo o que fazemos. Os novos produtos vão surpreender o mercado com conteúdo e tecnologias inéditas”, diz Carlos Zarlenga, presidente da GM Mercosul.

Alguns dos novos modelos no continente serão construídos a partir da nova plataforma GEM (Global Emerging Market). Essa plataforma foi criada em parceria com a chinesa SAIC. Será a base para a nova geração de Onix, Prisma, Cobalt, Spin e de um novo SUV compacto no lugar do Tracker

Fiat-Argo2

Fiat Argo ganha nova versão de entrada por R$ 44,9 mil

Modelo completa um ano de mercado com  quase 50 mil unidades vendidas. Confira a tabela de preços atualizada

Fiat Argo Drive 1.0: carro ganha nova versão básica.
Fiat Argo Drive 1.0: carro ganha nova versão básica.

 Por Thiago Ventura

Prestes a completar um ano de mercado, o compacto da Fiat ganha uma nova nova versão de entrada, a Argo 1.0 ao preço de R$ 44.990. Lançado no final de maio de 2017, o modelo já emplacou quase 50 mil unidades desde então.

Entre os itens de série, a novidade vem com ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, trava elétrica, direção elétrica, sistema Start & Stop, computador de bordo, volante com regulagem de altura, ESS (sinalização de frenagem de emergência) e rodas de aço estampado aro 14”.

Porém, não possui limpador e desembaçador traseiro, o banco do motorista com regulagem de altura, a chave canivete e a pré-disposição para o sistema de som. Também não possui porta-óculos,
alça de segurança e acabamento cromado do difusor de ar.

Interior da versão Drive 1.0 com alguns opcionais, como a central multimídia.

Estão disponíveis ainda dois pacotes de opcionais: Kit Convenience, com retrovisores externos elétricos, luzes indicadoras de direção nos retrovisores, função tilt down, rádio Connect, vidros elétricos traseiros com one touch e anti-esmagamento, e Kit Rádio Connect, com audio streaming, Bluethooth e volante com comandos de rádio.

Computador de bordo é de série em todas as versões.
Computador de bordo é de série em todas as versões.

 

 

Confira a linha completa do Argo:

Fiat Argo 1.0 – R$ 44.990
Fiat Argo Drive 1.0 – R$ 47.790
Fiat Argo Drive 1.3 – R$ 54.990
Fiat Argo Drive 1.3 GSR – R$ 59.990
Fiat Argo Precision 1.8 –  R$ 62.290
Fiat Argo Precision 1.8 AT6 – R$ 68.290
Fiat Argo HGT 1.8 – R$ 65.290
Fiat Argo HGT 1.8 AT6 – R$ 71.390

Versão topo de linha HGT AT6 passa dos R$ 70 mil
Versão topo de linha HGT AT6 passa dos R$ 70 mil

 

Motor 1.0 Firefly de três cilindros rende 72/77 cv (gasolina/etanol)
Motor 1.0 Firefly de três cilindros rende 72/77 cv (gasolina/etanol)

Fiat-Argo-Drive Fiat-Argo2

Lamborghini-do-Papa

Lamborghini Huracán RWD do Papa Francisco é leiloada

Pontífice ganhou superesportivo italiano em novembro de 2017 e decidiu doá-lo para obras de caridade

Lamborghini-do-Papa

Superesportivo que o Papa Francisco ganhou da marca foi vendido no último sábado em leilão feito pela Sotheby, em Mônaco,  por 715.000 euros, cerca de R$ 3,1 milhões. O Santo Padre, ao aceitar o presente em novembro de 2017, quis que todo o dinheiro recolhido com a venda fosse destinado a obras de caridade.

Parte do dinheiro arrecadado será destinado aos projetos de Ajuda a Igreja que Sofre para as comunidades cristãs do Iraque: comunidades que, depois da derrota militar do Daesh, estão retornando às aldeias da Planície de Nínive de onde foram expulsas pelos terroristas.

Lamborghini-do-Papa-2

A Ajuda a Igreja que Sofre está particularmente comprometida para que os cristãos retornem ao norte do Iraque, por isso lançou um “Plano Marshall” para a reconstrução e contribuiu para a estruturação do Ninive Reconstruction Committee, envolvendo todas as Igrejas do Iraque. Portanto, receber a oferta generosa do Papa Francisco – escreve em comunicado AIS – conforta-nos e fortalece a esperança de tantos nossos irmãos cristãos perseguidos no Oriente Médio.
A outra parte do dinheiro será dividida entre a Comunidade Papa João XXIII, organização dedicada a ajudar mulheres vítimas do tráfico sexual, e entre duas
 associações italianas que desenvolvem atividades principalmente na África: o GICAM, chefiado pelo Dr. Marco Lanzetta, e o “Amici per the Centrafrica” (Amigos da África Central), trabalham há muitos anos na região em iniciativas dedicadas principalmente ao auxílio para mulheres e crianças necessitadas.

Lamborghini-do-Papa-4 Lamborghini-do-Papa-5