Todos os post de thiago.ventura

Fiat Mobi Crash Test

Fiat Mobi recebe apenas uma estrela em teste de segurança

Modelo foi mal avaliado pelo LatinNCAP devido falta de itens de segurança e com desempenho estrutural ruim.

Fiat Mobi Crash Test

Por Thiago Ventura
Redação DomTotal

Os  últimos resultados do  Latin NCAP, o Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe trouxeram uma má notícia para o mercado brasileiro. O Fiat Mobi ganhou apenas uma estrela para a proteção do ocupante adulto e duas estrelas para a proteção do ocupante criança. Esse resultado é preocupamente, pois o compacto vendeu de janeiro a julho deste ano 29.933 undiades.

No impacto frontal, o Mobi proporcionou proteção boa para cabeça e pescoço dos passageiros dianteiros. No entanto, a proteção ao peito dos adultos foi considerada marginal. No impacto lateral, o LatinNCAP qualificou como fraca a proteção proporcionada ao peito do adulto. O desempenho estrutural do Mobi mostrou uma alta penetração igual que no modelo do Chevrolet Onix, recentemente publicado. Lembrando que o modelo da chevrolet levou nota zero!

A falta de airbags laterais junto com o ruim desempenho estrutural explicam a baixa pontuação obtida. A porta traseira se abriu no teste de batida de impacto lateral, expondo os ocupantes a potenciais riscos.

A falta de cintos de segurança de três pontos em todas as posições dos bancos, bem como o fato de não contar com ISOFIX padrão, preocupa o Latin NCAP, já que isso limita a instalação dos equipamentos de transporte de bebês e crianças.

“É inaceitável que em 2017 os modelos mais populares sejam vendidos com padrões tão baixos de segurança, sendo que os fabricantes oferecem boa segurança padrão para todos os consumidores em mercados como os dos EUAs”, declarou Ricardo Morales Rubio, presidente da Comissão Diretora do Latin NCAP.

Além do Fiat Mobi, também foram avaliados o Kia Rio Sedan e uma minivan Chevrolet N300, que não são vendidos no Brasil. Sem airbags, o Chevrolet recebeu nota zero para adultos e uma para crianças, enquanto o modelo da Kia, equipado com apenas um airbag, levou duas estrelas nas duas modalidades.

Em nota, a Fiat Chrysler Automóveis (FCA), respondeu o má resultado do Mobi: “A Fiat Chrysler Automóveis informa que seus veículos comercializados no Brasil atendem todas as normas técnicas vigentes de segurança”.

Assista ao vídeo:

Volkswagen-Golf-2017

Teste | Volkswagen Golf 1.0 TSI 2017 tem desempenho extraordinário

Hatch médio surpreende com motor 1.0 turbo e cesta generosa de itens de série. Mas falta opção de transmissão automática para o Volkswagen Golf 1.0 TSI

Volkswagen-Golf-2017

Por Thiago Ventura

Vamos combinar, caro leitor: carro com motor 1.0 é visto com preconceito pelo consumidor brasileiro. Também pudera, pois os primeiros veículos surgiram fruto de uma medida do governo que priorizou a litragem do bloco em detrimento da melhor eficiência energética. Os tempos são outros, mas a cisma continua. Por isso a desconfiança com um hatch médio com motor 1.0 é geral. Mas ao dirigir o Volkswagen Golf 1.0 TSI, qualquer dúvida cai por terra: o modelo é muito divertido e anda muito!

Lançado em setembro de 2016, o modelo é equipado apenas com a transmissão manual de seis marchas e padrão de acabamento Comfortline. O motor 1.0 turbo é o mesmo do subcompacto up!, mas retrabalhado para render 125 cavalos e bons 200 Nm de torque. O modelo é fabricado em São José dos Pinhais, no Paraná. E o motor, produzido na fábrica de São Carlos (SP). O preço sugerido parte de R$ 77.247. Confira o teste: