Arquivo da tag: Fiat

Exposicao Beleza em Movimento Casa Fiat de Cultura foto Thiago Ventura Carro Esporte Clube DomTotal

Design italiano é celebrado em exposição com carros e objetos de desejo

Exposição Beleza em Movimento – Ícones do Design Italiano exibe superesportivos, móveis, objetos  e filmes que oferecem uma nova estética para o mundo

Exposicao Beleza em Movimento Casa Fiat de Cultura foto Thiago Ventura Carro Esporte Clube DomTotal
Exposicao Beleza em Movimento Casa Fiat de Cultura foto Thiago Ventura Carro Esporte Clube DomTotal

Por Thiago Ventura

A sensualidade das curvas e as linhas que desafiam as formas.  Assim é o design produzido na Itália, referência para a criação de objetos de desejo nas mais variadas aplicações.  Uma imersão nesse mundo é a experiência que o público pode conferir na exposição Beleza em Movimento – Ícones do Design Italiano na Casa Fiat de Cultura, que segue até três de novembro em Belo Horizonte com entrada gratuita. Na mostra, carros, obras de arte, móveis, miniaturas e instalações multimídia que celebram as criações de mestres do design italiano.

A mostra, composta por mais de 100 itens, aborda temas como   futurismo,  tecnologia,  cinema e  neorrealismo e a beleza. O automóvel é o principal protagonista, contudo mesmo quem não é aficionado por carros pode se encantar com superesportivos italianos com suas formas icônicas e imortais.

Assista entrevista exclusiva com o head de design da FCA:

“O design italiano tem um fascínio incrível.  O conjunto do país, bem verdade: arquitetura, culinária e também a capacidade de transformar objetos e artesanato e construir o novo com muita emoção e know how”, afirma Peter Fessbender, head de Design da Fiat Chrysler Automóveis (FCA) na América Latina e curador da exposição.  Alemão, mas apaixonado pelo design italiano, o designer assumiu o desafio inédito de montar a exposição em parceria com a arquiteta  Maddalena D’Alfonso. O trabalho incluiu viagens à Turim para visitar museus de algumas Carrozzerias. 

Na FCA desde 1989, Fessbender foi responsável pela criação de veículos bem conhecidos no Brasil, como o Stilo e Marea. Mais recentemente,  junto com a equipe, criou a picape Toro e o conceito Fastback, também em exibição na Casa Fiat de Cultura.

Exposicao Beleza em Movimento Casa Fiat de Cultura foto Thiago Ventura Carro Esporte Clube DomTotal (1)

A narrativa da mostra se desenvolve a partir de cinco importantes ícones do design de automóveis, responsáveis por pautar novas estéticas entre as décadas de 1910 e 1960: casas Bertone, Touring Superleggera, Pininfarina, GFG Style e Zagato.

Da casa Bertone, por exemplo, o público poderá conferir modelos como  Alfa Romeo Giulia Sprint Speciale (1964),  Alfa Romeo Montreal (1971) e o mítico Lamborghini Miura (1969), assinado por Marcello Gandini.

Outro grande nome do design italiano que ganha o merecido espaço é Giorgetto Giugiaro, criador de modelos como Volkswagen Golf e Passat e  Fiat Uno, dentre vários. Na mostra na Praça da Liberdade está em exibição outra criação célebre:   o DeLorean DMC-12 (1982), usado para viagens no tempo na trilogia De volta para o futuro.

Exposicao Beleza em Movimento -0 (2)

Já da Carrozzeria Pininfarina, são exibidos o Alfa Romeo Giulia Spider (1964), a Ferrari Dino GT 246 (1974), carro criado para homenagear Alfredo Ferrari, filho de Enzo Ferrari  e a Ferrari Testarossa (1988), ícone dos anos 1980, automóvel com componentes de grande presença visual.

Ronco dos motores

Entre as instalações multimídia, destaque para a sala de Ronco dos Motores.  A sonoridade das máquinas soa como música, e é cuidadosamente projetada para provocar sensações únicas. A exposição reproduz os sons das Ferrari 355, F40, F12tdf, 360 Challenge Stradale, e F50; e das Alfa Romeo 8C, 155 V6, 4C, Montreal V8 e Tipo 33 Stradale. É possível perceber a diferença e o poder do ronco de vários blocos de cilindros como  V6 , V8 e V12.

Conceito Fiat Fastback: modelo antecipa as linhas dos próximos produtos da marca.
Conceito Fiat Fastback: modelo antecipa as linhas dos próximos produtos da marca.

SERVIÇO

Exposição Beleza em Movimento – Ícones do Design Italiano na Casa Fiat de Cultura
De 13 de agosto a 3 de novembro de 2019
Curadoria: Peter Fassbender e Maddalena D’Alfonso
Terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h – Entrada gratuita

Casa Fiat de Cultura  Circuito Liberdade Praça da Liberdade, 10 – Belo Horizonte

Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h
Informações (31) 3289-8900
www.casafiatdecultura.com.br

 

Exposicao Beleza em Movimento Casa Fiat de Cultura foto Thiago Ventura Carro Esporte Clube DomTotal (5)
Exposicao Beleza em Movimento Casa Fiat de Cultura foto Thiago Ventura Carro Esporte Clube DomTotal (4)
Exposicao Beleza em Movimento Casa Fiat de Cultura foto Thiago Ventura Carro Esporte Clube DomTotal (2)
Exposicao Beleza em Movimento -0 (5)
Exposicao Beleza em Movimento -0 (4)
Exposicao Beleza em Movimento -0 (2)
Exposicao Beleza em Movimento -0 (1)

 

Criação da nova planta vai gerar 1.2 mil empregos  e terá recursos da Indústria 4.0

Fiat Chrysler anuncia novos motores turbo e R$ 500 mi em investimentos em Minas

Novos motores serão utilizados nos modelos da Fiat, como Argo, Cronos e Toro, além dos modelos Jeep como o Renegade e o Compass

Criação da nova planta vai gerar 1.2 mil empregos e terá recursos da Indústria 4.0
Criação da nova planta vai gerar 1.2 mil empregos e terá recursos da Indústria 4.0 


Por Thiago Ventura

Conforme antecipamos, a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) anunciou um investimento de R$ 500 milhões de reais para construir uma nova fábrica no Brasil A planta será erguida em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte e há promessa de gerar até 1.200 empregos. A fábrica vai produzir novos motores turbo para a linha Fiat e Jeep.

O anúncio foi uma vitória da indústria nacional, pois tanto Betim como o Sudeste asiático disputavam receber esse investimento. Tanto que esteve presente na cerimônia, realizada nessa quarta (22/05) o CEO mundial da FCA, Mike Manley, além do presidente/COO do grupo para a América Latina, Antonio Filosa e o governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo-MG).

“Os sólidos resultados apresentados pela América Latina nos últimos trimestres, o potencial de crescimento do nosso mercado e, em especial, a versatilidade e alta qualificação da mão-de-obra brasileira foram fatores fundamentais para trazer esse investimento ao Brasil, que disputava com outros países a possibilidade de receber a nova fábrica de motores turbo”, comentou Filosa.

Os motores começam a ser entregues no final do ano que vem e também serão exportados para a Europa e outros mercados. Serão cinco novos blocos, turbinados, que receberão o nome de GSE: 1.0 três cilindros GSE T3, 1.3 quatro cilindros GSE T4, ambos flex. A FCA está ainda desenvolvendo o GSE E4, de patente desenvolvida no Brasil, com tecnologia turbo voltada apenas à combustão de etanol.

novos-motores-site

Não foram revelados dados técnicos completos, mas a FCA revelou que os novos motores turbo têm como base o Firefly, mas com alguns diferenciais importantes. Além do turbocompressor com injeção direta, eles terão quatro válvulas por cilindro (Firefly de aspiração natural tem duas), comando de válvulas Mult Air, patente da marca italiana, sistema eletro hidráulico que permite enorme programação na variação de abertura dos conjuntos de válvulas, tanto no grupo de admissão como no de exaustão. O Eles terão também bloco de alumínio.

O novo aporte se soma aos R$ 8 bilhões previstos para o Brasil até 2024, que contemplam veículos e motores. A expectativa com a planta de motores é empregar 300 funcionários diretos e 900 indiretos. Produção começará em no último quadrimestre de 2020 e o lançamento de modelos equipados com os mesmos, só em 2021. Esses novos motores serão utilizados nos modelos da Fiat, como Argo, Cronos Fiat Toro, além dos modelos Jeep como o Renegade e o Compass.\

Novos lançamentos

A FCA planeja produzir três novos modelos em Betim a partir de 2020. Dois deles marcam a entrada da Fiat no segmento de SUVs, que é o que mais cresce no mercado brasileiro. Os modelos serão derivados do Fiat Argo: “serão veículos que vão chamar a atenção pelo design, desempenho, tecnologia embarcada e nível de conectividade”, destaca Filosa. Outro veículo que vem por aí é uma nova picape compacta.

GNV isento em Minas e investimentos em pesquisa

Durante o evento, o governador Romeu Zema anunciou decreto que isenta veículos movidos a gás natural veícular (GNV) de pagar IPVA no Estado de Minas Gerais. A Fiat relançou recentemente o Grand Siena com preparação para Kit Gás. Além disso, o Estado de Minas prevê o lançamento de um programas de residência tecnológica e pesquisa aprofundada para mestrandos e doutorandos na área de engenharia.

Segundo a marca italiana, objetivos principais do programa são estreitar os laços da FCA com a comunidade acadêmica e ajudar a qualificar as novas gerações de engenheiros e técnicos para as constantes evoluções em curso na indústria automotiva.

Indústria 4.0

A linha de produção dos motores GSE T3 e T4 já nascerá em ambiente da Indústria 4.0, de forte conexão entre pessoas, máquinas, dados e inteligência artificial. Os novos motores serão produzidos no mais avançado processo de manufatura e estarão credenciados para competir nos mais exigentes mercados globais.

Com capacidade para fabricar 100 mil propulsores por ano, a nova planta reunirá todas as etapas produtivas do motor, desde a usinagem do bloco e cabeçote até as linhas de montagem. Todo o processo é conectado a uma central de gerenciamento, no melhor exemplo de interação entre pessoas, máquina e dados. (Colaborou Amintas Vidal/Carro Esporte Clube)

Fabrica-da-FCA-Betim-MG

Fiat Chrysler deve anunciar nova fábrica de motores em Betim dia 22

Fábrica na Grande BH vai produzir motores 1.0 e 1.3 turbo para equipar a linha Fiat e Jeep e abrir novas vagas de empregos diretos e indiretos

Fabrica-da-FCA-Betim-MG
Minas Gerais deverá receber um grande aporte de investimentos na próxima semana. Tudo indica que o Brasil venceu a concorrência com o Sudeste Asiático para a construção de uma nova fábrica de motores do grupo Fiat Chrysler Automobiles (FCA). A planta vai fabricar novos motores turbo 1.0 e 1.3 para a linha Fiat e Jeep.

É que a marca programou para a próxima quarta-feira (22) na planta de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o anúncio de novos investimentos na região. Executivos globais da FCA, incluindo CEO, Michael Manley, estarão presentes, o que denota que o plano não se restringe ao mercado local. “Será um anúncio muito importante não só para a cadeia produtiva, mas para Minas e o Brasil”, destaca uma fonte. Procuramos o governo de Minas, que informo que “as tratativas com a Fiat estão avançadas”.

Em fevereiro deste ano, o presidente da FCA na América Latina, Antonio Filosa, revelou que Betim e a Ásia disputavam receber a fábrica. Na ocasião, o executivo destacou que Minas estava com 49% das chances de receber o empreendimento, contra 51% da Ásia. “A competitividade dos asiáticos é maior, mas Betim tem mão de obra qualificada”, declarou Filosa. Pelo visto, o Brasil ganhou a disputa.

Uma vez confirmada a nova planta em Minas Gerais, a FCA estima em 18 meses o tempo para desenvolvimentismo e inauguração. Detalhes como capacidade instalada, volume de produção e quantidade de empregos diretos e indiretos a serem criados devem ser revelados dia 22. A fábrica de motores receberia parte dos R$ 8 bilhões em investimentos anunciados pelo CEO da FCA na América Latin em julho de 2018, durante o aniversário de 42 anos da planta de Betim.

Na Europa, Jeep Renegade já possui opção de motor 1.3 turbo a gasolina.
Na Europa, Jeep Renegade já possui opção de motor 1.3 turbo a gasolina.

Segundo informações do jornalista Marlos Ney Vidal, do AutosSegredos, com a nova fábrica está prevista a produção de cinco blocos. Dois deles, seriam os motores três cilindros Firefly 1.0 12V e quatro cilindros 1.3 16V, ambos Turbo Flex que serão usados pelos Jeep Renegade e Compass e nos Fiat Argo, Cronos e Toro.

Uma vez que serão necessários 18 meses para entrega dos motores, os carros só seriam equipados com os mesmos no fim do próximo ano ou mesmo em 2021, apesar de vários concorrentes já oferecerem blocos turbo em seus modelos. Com isso, a FCA deverá importar motores 1.3 turboflex para equipar Jeep Compass e Fiat Toro num primeiro momento. Esses modelos devem ser reestilizados e chegar ao mercado no começo de 2020.

Fiat-Argo2

Fiat Argo ganha nova versão de entrada por R$ 44,9 mil

Modelo completa um ano de mercado com  quase 50 mil unidades vendidas. Confira a tabela de preços atualizada

Fiat Argo Drive 1.0: carro ganha nova versão básica.
Fiat Argo Drive 1.0: carro ganha nova versão básica.

 Por Thiago Ventura

Prestes a completar um ano de mercado, o compacto da Fiat ganha uma nova nova versão de entrada, a Argo 1.0 ao preço de R$ 44.990. Lançado no final de maio de 2017, o modelo já emplacou quase 50 mil unidades desde então.

Entre os itens de série, a novidade vem com ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, trava elétrica, direção elétrica, sistema Start & Stop, computador de bordo, volante com regulagem de altura, ESS (sinalização de frenagem de emergência) e rodas de aço estampado aro 14”.

Porém, não possui limpador e desembaçador traseiro, o banco do motorista com regulagem de altura, a chave canivete e a pré-disposição para o sistema de som. Também não possui porta-óculos,
alça de segurança e acabamento cromado do difusor de ar.

Interior da versão Drive 1.0 com alguns opcionais, como a central multimídia.

Estão disponíveis ainda dois pacotes de opcionais: Kit Convenience, com retrovisores externos elétricos, luzes indicadoras de direção nos retrovisores, função tilt down, rádio Connect, vidros elétricos traseiros com one touch e anti-esmagamento, e Kit Rádio Connect, com audio streaming, Bluethooth e volante com comandos de rádio.

Computador de bordo é de série em todas as versões.
Computador de bordo é de série em todas as versões.

 

 

Confira a linha completa do Argo:

Fiat Argo 1.0 – R$ 44.990
Fiat Argo Drive 1.0 – R$ 47.790
Fiat Argo Drive 1.3 – R$ 54.990
Fiat Argo Drive 1.3 GSR – R$ 59.990
Fiat Argo Precision 1.8 –  R$ 62.290
Fiat Argo Precision 1.8 AT6 – R$ 68.290
Fiat Argo HGT 1.8 – R$ 65.290
Fiat Argo HGT 1.8 AT6 – R$ 71.390

Versão topo de linha HGT AT6 passa dos R$ 70 mil
Versão topo de linha HGT AT6 passa dos R$ 70 mil

 

Motor 1.0 Firefly de três cilindros rende 72/77 cv (gasolina/etanol)
Motor 1.0 Firefly de três cilindros rende 72/77 cv (gasolina/etanol)

Fiat-Argo-Drive Fiat-Argo2

Na Sala de Realidade Virtual, é possível simular uma linha de produção completa

Fábricas de carros utilizam realidade virtual nas linhas de produção no Brasil

Óculos 3D, joysticks e tela de projeção são utilizados para criar modelos digitais e testar cada etapa da montagem do carro.

Na Sala de Realidade Virtual, é possível simular uma linha de produção completa
Na Sala de Realidade Virtual, é possível simular uma linha de produção completa

Por Thiago Ventura

O que antes parecia aplicação apenas no universo de games e produtos digitais já é realidade na indústria automobilística, inclusive no Brasil. Entre as mudanças do conceito conhecido como ‘Indústria 4.0’,  o uso da realidade virtual facilita a criação de novos processo de produção a cada lançamento.

Um exemplo é da Fiat Chrysler Automóveis (FCA): a montagem de um novo modelo ocorre, primeiro, no ambiente virtual! Nesses espaços, as ferramentas são os óculos 3D, joysticks e a tela de projeção. O objetivo é testar cada etapa da montagem do carro.

“Entre as inovações da Indústria 4.0 está o conceito do Digital Twin, ou seja, gêmeo digital, onde é possível criar e testar processos antes de serem instalados fisicamente”, aponta Fábio Pugliese, especialista de Engenharia de Manufatura da FCA. Um dos softwares utilizado é o IC.IDO, do fornecedor francês ESI. A FCA foi a primeira empresa do setor automotivo no Brasil a utilizar o IC.IDO aplicado à manufatura.

A ferramenta cria uma linha de produção virtual,  idêntica à real, para montagem do modelo. Assim,  é possível antecipar qualquer problema e rever os processos e evitar desperdício de tempo e recursos. O custo para criar a sala de realidade virtual, na planta de Betim (MG),  foi de R$ 1 milhão. Mas a marca afirma que  o investimento já foi recuperado com oito meses de uso!

“É possível mapear todos os movimentos e postura dos operadores na execução das atividades como, por exemplo, a montagem de uma lanterna”, conta Eric Baier, especialista em Simulação Virtual da marca.  Um exemplo de  aplicação recente aconteceu no painel do Fiat Cronos. O processo de montagem da peça foi todo elaborado virtualmente.  Em Goiana (PE), a solução foi aplicada para validação das linhas de produção do Jeep Renegade, Jeep Compass e Fiat Toro.

Através de um óculos, inspetor de qualidade consegue identificar falhas na montagem.
‘Inspetor Robocop’: através de um óculos, funcionário de qualidade consegue identificar falhas na montagem.

Realidade aumentada

Outra exemplo de marca que aplica processo da Indústria 4.0 no Brasil é a Renault. Prestes a completar 20 anos de produção no país, a francesa utiliza em sua planta no Paraná o sistema sistema HTC Vive.

Funcionários da área de Carroceria recebem treinamento em realidade virtual com interatividade em três dimensões. O sistema simula o ambiente de trabalho e todos os processos que serão realizados na linha de produção.

A Renault também utiliza a Realidade Aumentada através de óculos utilizados pelos inspetores de produção. O equipamento exibe imagens com os parâmetros de cada modelo. Ao identificar alguma irregularidade, o óculos exibe sinal visual e sonoro ao inspetor, mostrando o problema.

 

Fiat Cronos Precision

Fiat Cronos surpreende e chega ao mercado por R$ 53,9 mil

Marca italiana cobra menos pelo sedã em relação aos concorrentes. Fiat Cronos tem opção de motor 1.3 e 1.8 e transmissão automática de seis marchas

Fiat-Cronos-01
Por Thiago Ventura

A Fiat revelou os preços do seu mais novo modelo: o sedã compacto premium Cronos. O carro é derivado do Argo e chega para competir com o recém lançado Volkswagen Virtus, além de outros já conhecidos como o Honda City, Chevrolet Prisma e Hyundai HB20S. Em breve essa turma terá ainda a concorrência do Toyota Yaris.

O Fiat Cronos será vendido com uma versão de entrada que tem valor sugerido de R$ 53.990. Tal tabela coloca o modelo com preço inicial bem abaixo dos concorrentes. Em relação ao grande rival, Volkswagen Virtus, no duelo entre as versões topo de linha (Precision AT6 x Highline 200 TSI), o modelo da Fiat custa R$ 10 mil a menos!

Fiat-Cronos-4

São duas opções de motorização flex (1.3 Firefly e 1.8 E.torQ EVO). O Cronos tem  três opções de transmissão (manual de cinco marchas, GSR Comfort automatizada de cinco  e automática de seis velocidades). O Fiat Cronos tem 4,36 metros de comprimento, 2,52 m de entre-eixos, 1,72 m de largura e 1,50 m de altura. O porta-malas comporta 525 litros de bagagem.

Equipamentos de série

De série desde a versão mais básica, o Fiat Cronos oferece ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos (dianteiros), trava elétrica, chave com telecomando, rádio com conexões Bluetooth e USB e computador de bordo.

Fiat-Cronos-interior

No quesito segurança o Fiat Cronos pode vir equipado com  air bags laterais, ESC (controle eletrônico de estabilidade), TC (controle de tração), HH (Hill Holder) e sistema ISOFIX de fixação para cadeirinhas infantis.

Motores

As versões de entrada e Drive do Fiat Cronos são equipadas com o motor o 1.3 Firefly com potência de 101 cv com gasolina e 109 cv com etanol. Diferente do hatch Fiat Argo, o  sistema Start&Stop só está disponível para a versão equipada com câmbio automatizado.

Já as versões Precision serão equipadas com o motor 1.8 E.torQ que rende potência de 135cv com gasolina ou 139 com etanol.

fiat-Cronos-Argentina

Tabela de Preços
Cronos 1.3 (manual) – R$ 53mIL990
Cronos 1.3 Drive (manual) – R$ 55MIL.990
Cronos 1.3 Drive GSR (automatizado) – R$ 60MIL.990
Cronos 1.8 Precision (manual) – R$ 62MIL.990
Cronos 1.8 Precision (automático) – R$ 69MIL.990

Interior da versão Drive GSR, com câmbio automatizado com acionamento por botões.
Interior da versão Drive GSR, com câmbio automatizado com acionamento por botões.

Versões e principais equipamentos

Cronos 1.3 – R$ 53.990
Opção de entrada, é impulsionada pelo motor Firefly quatro cilindros 1.3 de 109 cv de potência e 14,2 kgfm de torque (ambos com 100% etanol). O câmbio é manual de cinco marchas. Como itens de série há ar-condicionado, direção elétrica, vidros elétricos (dianteiros), trava elétrica, chave com telecomando, rádio com conexões Bluetooth e USB, computador de bordo, volante com comandos de rádio e telefone e ISOFIX

Cronos DRIVE 1.3 – R$ 55.990
Tudo da anterior mais sistema multimídia Uconnect Touch 7 polegadas e a segunda porta USB – voltada para os passageiros traseiros.

Cronos DRIVE 1.3 GSR – R$ 60.990
Esta versão é equipada com o motor Firefly 1.3 e câmbio automatizado GSR (Gear Smart Ride) Comfort de cinco marchas com controle por botões no console central, de acionamento simples e intuitivo. Tem ainda controle de velocidade de cruzeiro, apoio de braço para o motorista, vidros elétricos traseiros, retrovisores elétricos com tilt down e repetidores de seta integrados e ainda os seguintes itens de segurança: ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade), Controle de Tração e Hill Holder

Cronos PRECISION 1.8 – R$ 62.990
Com câmbio é manual de cinco marchas, a versão é equipada com motor 1.8 E.torQ Evo VIS de 139 cv de potência e 19,3 kgfm de torque. São equipamentos de série dessa versão, além daqueles da Drive 1.3, faróis com luz de posição em LED, rodas de liga leve de 16 polegadas, faróis de neblina, retrovisores elétricos com tilt down e repetidores de seta integrados, vidros elétricos traseiros, banco traseiro bipartido, sensor de estacionamento traseiro e alarme.

Cronos PRECISION 1.8 AT6 – R$ 69.990
Nessa configuração, o Cronos possui câmbio automático de seis velocidades. Além dos itens da versão Precision 1.8, a versão automática traz como equipamentos de série paddle shifters atrás do volante para troca manual das marchas, controle de velocidade de cruzeiro, Ambient Lights, apoio de braço para o motorista, volante revestido de couro e maçanetas e frisos das portas cromados.

Fiat Cronos Precision
Fiat Cronos Precision

FICHA TÉCNICA: Fiat Cronos Precision 1.8 MT

Motor
Cilindrada total: 1.747 cm³
Taxa de compressão: 12,5:1
Potência máxima (ABNT): 135 cv (gasolina)/ 139 cv (etanol) a 5.750 rpm
Torque máximo (ABNT): 18,8 kgfm (gasolina)/ 19,3 kgfm a 3.750 rpm (etanol)
Combustível: Gasolina/Etanol

Transmissão: 5 marchas manual

Sistema de freios
Dianteiro: A disco ventilado (diâmetro de 284 mm) com pinça flutuante
Traseiro: A tambor (diâmetro de 203 mm) com sapata autocentrante e regulagem automática de jogo

Suspensão dianteira
Tipo: McPherson com rodas independentes, braços oscilantes inferiores transversais com barra estabilizadora

Suspensão traseira
Tipo: Eixo de torção com rodas semi independentes

Direção:  Elétrica com pinhão e cremalheira

Peso do veículo
Em ordem de marcha: 1.248 kg
Capacidade de carga: 400 kg
Carga máxima rebocável (reboque sem freio): 400 kg

Dimensões externas

Comprimento do veículo: 4.364 mm
Largura do veículo: 1.726 mm
Altura do veículo: 1.516 mm
Distância entre-eixos: 2.521 mm
Bitola dianteira: 1.465 mm
Bitola traseira: 1.498 mm
Altura mínima do solo: 165 mm
Volume do porta-malas: 525 litros
Tanque de combustível: 48 litros

Desempenho
Velocidade máxima: 196 km/h (gasolina)/ 198 km/h (etanol)
0 a 100 km/h: 9,6 s (gasolina)/ 9,2 s (etanol)
Consumo
Ciclo urbano: 11,6 km/l (gasolina)/ 8 km/l (etanol)
Ciclo estrada: 13,8 km/l (gasolina)/ 9,6 km/l (etanol)

fiat-Cronos-Painel imagem--Fiat-Cronos Fiat-Cronos-3 Fiat-Cronos-4
Fiat-Cronos-5 Fiat-Cronos

O novo Fiat Cronos chega ao mercado em oito cores. Três são sólidas (Branco Banchisa, Preto Vulcano e Vermelho Alpine), três metálicas (Prata Bari, Cinza Scandium e Preto Vesúvio) e duas perolizadas (Branco Alaska e Vermelho Marsala).

GARANTIA, SERVIÇOS E ACESSÓRIOS MOPAR

O Fiat Cronos conta com garantia de três anos sem limite de quilometragem. Este período pode ser estendido por meio do Mopar Vehicle Protection, o MVP, disponível com a opção de diluição de seu valor nas parcelas do plano de financiamento do veículo.

 

Fiat-Toro-Diesel-2018

Fiat Toro: recall por falha no motor diesel

Picape é convocada devido possível falha no Filtro Particulado de Diesel, que pode provocar acidentes. Mais de 9,6 mil Fiat Toro estão envolvidas
Fiat-Toro-Diesel-2018
Por Thiago Ventura

Marca convoca os proprietários da Toro, exclusivamente na versão de transmissão manual de seis marchas (MT6), com motorização a diesel, ano/modelo 2016 a 2018 para recall relativo problema do sistema de regeneração de DPF (Filtro Particulado de Diesel). Foi constatado que, em algumas unidades desta versão e somente sob determinadas condições de uso frequente em percursos curtos e a baixa velocidade, o sistema poderá apresentar alteração do nível do óleo lubrificante do motor. A variação anormal do nível de óleo pode causar a elevação da rotação do motor, aumentando as chances de acidentes, com consequentes riscos ao motorista, demais ocupantes do veículo e terceiros.

Os veículos envolvidos nesta campanha serão inspecionados quanto ao correto funcionamento do sistema e serão efetuadas a troca gratuita do óleo do motor e do filtro e a atualização da mensagem do quadro de instrumentos do veículo. Os consumidores também receberão cartilha suplementar ao manual do proprietário com instruções de uso e serão orientados. Adicionalmente, a Fiat concederá a extensão da garantia por mais um ano a todos os veículos envolvidos nesta campanha.

fiat-toro-interna

No total, há 9.603 veículos envolvidos nesta convocação, com os finais de números de chassis (não sequenciais) de A50484 a B73045. O tempo estimado para a execução dos serviços é de aproximadamente quatro horas.
Para consulta dos números dos chassis envolvidos e/ou mais informações, acesse o site www.fiat.com.br ou contate a Central de Serviços ao Cliente Fiat pelo telefone 0800 707 1000.

fiat-toro-Freedom-Diesel-2018

Fiat-Argo-Mobi-Recall

Fiat convoca recall de 150 mil Argo, Uno e Mobi

Problema na chave de setas pode fazer com que as luzes não se acendam quando o motorista aciona o comando de virar para esquerda ou direita

Fiat-Argo-Mobi-Recall

Por Thiago Ventura

Marca italiana anunciou um chamado para mais de 150 mil veículos por defeito na chave de seta. O problema é no software da central eletrônica do equipamento: eventual falha do componente poderá acarretar o não funcionamento das luzes das setas de direção sem a ciência do condutor, aumentando o risco de acidente, com consequentes danos físicos e materiais ao condutor, aos passageiros e a terceiros.

O recall envolve 56.371 unidades do Mobi ano/modelo 2016 a 2018; 91.338 Unos, ano/modelo 2014 a 2018; e 3.771 Argos, ano/modelo 2017/2018, informou a Fiat.

Um dos principais lançamentos dos últimos anos da Fiat, o Argo passa pelo segundo recall em menos de uma semana. O modelo foi lançado no início do segundo semestre e já havia sido chamado devido problema no chicote elétrico do volante em cerca de 22 mil unidades do modelo.

Fiat-Argo-Mobi-Recall

O reparo é gratuito e será feita a reprogramação da central. O tempo de reparo é de, aproximadamente, 1 (uma) hora. Agendamento do serviço pode ser feito a partir de 18 de dezembro Para saber mais informações e conferir os números de chassis envolvidos, entre no site da marca ou ligue telefone da Fiat: 0800 707 1000

 

Veículo

 

Ano/Modelo

 

Chassis

(não sequenciais)

 

Unidades envolvidas

 

Mobi

 

2016 a 2018

 

410.168 a 509.791

56.371
 

Argo

 

2017/2018

10.373 a 23.103 3.771
 

Uno

 

2014 a 2018

 

581.806 a 827.256

91.338

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LEIA TAMBÉM:

Nissan-Kicks-teaser

Fiat Cronos

Fiat Cronos: reveladas primeiras imagens do novo sedã

Produzido na Argentina, Fiat Cronos chegará ao Brasil no começo de 2018 com motores 1.3 Firefly três cilindros e 1.8 e.TorQ Evo.

Fiat Cronos
Por Thiago Ventura
Portal DomTotal

A  Fiat revelou as primeiras imagens oficiais de seu novo sedã, o Cronos,  com visual derivado do Argo O modelo será vendido com duas opções de  motores, 1.3 FireFly e 1.8 e.TorQ. O lançamento no mercado está previsto  para o primeiro trimestre de 2018, junto com o rival Volkswagen Virtus.

O  Fiat Cronos é baseado na nova plataforma MP-S (Modular Platform Sedan),  concebida exclusivamente para o modelo e destinada à produção na  Argentina. A plataforma foi desenvolvida para responder às exigências  dinâmicas e construtivas de um automóvel três volumes.

O  novo modelo tem para-choque e grade exclusivos em relação ao Argo. Na  grade, o Cronos vem com uma filete horizontal cromado e padrão de  colmeia ao fundo.

Fiat Cronos 2

Na parte posterior, o sedã tem traseira  curta com lanternas horizontais que invadem as laterais. Esse recurso de  design serve para dar um aspecto mais esportivo ao carro em relação ao  sedã tradicional. As dimensões não foram reveladas, mas pelas imagens o  Cronos terá distância entre-eixos e volume de porta malas bem superior  ao Argo.

Motores

O novo  carro não terá opção de motor 1.0. O Cronos será disponível com o motor  1.3 Firefly com 101(g)/109 (e) cv e torque de 134/139 Nm com opção de  transmissão manual de cinco marchas ou automatizada GSR, também com  cinco marchas.

Nas versões superiores, terá o bloco  1.8 E.torQ  de 135/139 cv e torque de 184/189 Nm. Com esse motor, o  Cronos terá opção de câmbio manual de cinco marchas ou automático de  seis velocidades.

Fiat Mobi Crash Test

Fiat Mobi recebe apenas uma estrela em teste de segurança

Modelo foi mal avaliado pelo LatinNCAP devido falta de itens de segurança e com desempenho estrutural ruim.

Fiat Mobi Crash Test

Por Thiago Ventura
Redação DomTotal

Os  últimos resultados do  Latin NCAP, o Programa de Avaliação de Veículos Novos para a América Latina e o Caribe trouxeram uma má notícia para o mercado brasileiro. O Fiat Mobi ganhou apenas uma estrela para a proteção do ocupante adulto e duas estrelas para a proteção do ocupante criança. Esse resultado é preocupamente, pois o compacto vendeu de janeiro a julho deste ano 29.933 undiades.

No impacto frontal, o Mobi proporcionou proteção boa para cabeça e pescoço dos passageiros dianteiros. No entanto, a proteção ao peito dos adultos foi considerada marginal. No impacto lateral, o LatinNCAP qualificou como fraca a proteção proporcionada ao peito do adulto. O desempenho estrutural do Mobi mostrou uma alta penetração igual que no modelo do Chevrolet Onix, recentemente publicado. Lembrando que o modelo da chevrolet levou nota zero!

A falta de airbags laterais junto com o ruim desempenho estrutural explicam a baixa pontuação obtida. A porta traseira se abriu no teste de batida de impacto lateral, expondo os ocupantes a potenciais riscos.

A falta de cintos de segurança de três pontos em todas as posições dos bancos, bem como o fato de não contar com ISOFIX padrão, preocupa o Latin NCAP, já que isso limita a instalação dos equipamentos de transporte de bebês e crianças.

“É inaceitável que em 2017 os modelos mais populares sejam vendidos com padrões tão baixos de segurança, sendo que os fabricantes oferecem boa segurança padrão para todos os consumidores em mercados como os dos EUAs”, declarou Ricardo Morales Rubio, presidente da Comissão Diretora do Latin NCAP.

Além do Fiat Mobi, também foram avaliados o Kia Rio Sedan e uma minivan Chevrolet N300, que não são vendidos no Brasil. Sem airbags, o Chevrolet recebeu nota zero para adultos e uma para crianças, enquanto o modelo da Kia, equipado com apenas um airbag, levou duas estrelas nas duas modalidades.

Em nota, a Fiat Chrysler Automóveis (FCA), respondeu o má resultado do Mobi: “A Fiat Chrysler Automóveis informa que seus veículos comercializados no Brasil atendem todas as normas técnicas vigentes de segurança”.

Assista ao vídeo: