Arquivo da tag: Formula 1

Sebastian-Vettel

Sebastian Vettel anuncia saída da Ferrari ao final da temporada 2020

Piloto alemão teve uma  péssima temporada em 2019 na Fórmula 1 com o brilho da nova estrela Charles Leclerc; Vettel pode ir para Renault ou McLaren

Sebastian-Vettel

A Scuderia Ferrari e Sebastian Vettel decidiram em conjunto não estender o contrato atual para além da data de vencimento atual do final da temporada de Fórmula 1 de 2020. Ou seja, o alemão deixa a Ferrari na próxima temporada: “Meu relacionamento com a Scuderia Ferrari terminará no final de 2020. Para obter os melhores resultados possíveis neste esporte, é vital que todas as partes trabalhem em perfeita harmonia. Eu e a equipe percebemos que não há mais um desejo comum de permanecer juntos ao final desta temporada. Questões financeiras não tiveram parte nesta decisão conjunta. Essa não é a forma que considero certa para fazer boas escolhas e nunca será”, disse o piloto em comunicado. “O que está acontecendo nos últimos meses levou muitos de nós a refletir sobre quais são nossas verdadeiras prioridades na vida. É preciso usar a imaginação e adotar uma nova abordagem para uma situação que mudou. Eu mesmo reservarei o tempo necessário para refletir sobre o que realmente importa quando se trata do meu futuro”, completa.

O diretor da equipe, Mattia Binotto, lamentou a decisão e agradeceu o trabalho de Vettel na equipe até o momento. “Não foi uma decisão fácil, considerando o valor de Sebastian como piloto e como pessoa. Não havia nenhuma razão específica que levou a essa decisão, além da crença comum e amigável de que chegara a hora de seguirmos caminhos separados para alcançar nossos objetivos”, declarou.

Vettel acumula 14 vitórias em Grandes Prêmios, tornando-o o terceiro piloto mais bem-sucedido da Ferrari, além do que mais pontuou. Em cinco anos, o alemão ficou três vezes no terceiro lugar no mundial de pilotos.

A temporada de 2019 foi a pior de Vettel pela Ferrari, ao ter encerrado a temporada com a quinta posição e atrás do companheiro de equipe, o monegasco Charles Leclerc. Os dois, inclusive, tiveram uma série de desentendimentos ao longo do ano. Um dos momentos mais tensos foi a batida entre ambos durante o GP do Brasil, quando ambos abandonaram a prova.

Aos 32 anos, Vettel já passou pelas equipes BMW Sauber, Toro Rosso e Red Bull, pela qual faturou quatro títulos. Chegou à Ferrari em 2015 para substituir Fernando Alonso contratado a peso de ouro. Porém, não conseguiu o sonhado quinto título pela escuderia italiana.

Vettel deve procurar uma nova equipe a partir de 2021 e  Renault e McLaren já sinalizaram interesse no piloto. Charles Leclerc, por sua vez, pode ter a companhia de Daniel Ricciardo, da Renault, ou Carlos Sainz, da McLaren.

E agora? Para qual equipe vai? E quem será o seu substituto?

Formula-1-2021-Brasil

Bolsonaro e Doria disputam sede da Fórmula 1 no Brasil

Rio de Janeiro e São Paulo querem receber o Grande Prêmio em 2021, mas CEO da F1 diz que nada está decidido

Formula-1-2021-Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ) resolveu comprar briga com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB-SP),  na disputa pela  sede do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1. Nesta semana, os dois receberam o CEO mundial da Fórmula 1, Chase Carey.

Bolsonaro afirmou ter 99% de chances da etapa brasileira na temporada 2021 da Fórmula 1 ser realizada no Rio de Janeiro, num autódromo que será construído na região de Deodoro.  O presidente foi desmentido na mesma hora por Carey (veja o vídeo!)

Assista ao vídeo:

Segundo Chase Carey, para a Fórmula 1, o mercado brasileiro tem uma enorme importância. O CEO reconhece que as provas realizadas em Interlagos sempre foram as mais interessantes do campeonato e espera que neste ano, em novembro, possa continuar esta tradição.

O Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1 acontece todos os anos, desde 1972, no Autódromo José Carlos Pace, mais conhecido como Autódromo de Interlagos, com exceção de 1978 e 1981 a 1989, quando as corridas foram disputadas no Autódromo de Jacarepaguá (Autódromo Internacional Nelson Piquet), demolido em 2012. Desde 1973, o prêmio faz parte do campeonato de Fórmula 1 e, desde 1990, é realizado em São Paulo de forma ininterrupta.

Segundo o piloto da Fórmula E Lucas di Grassi, os custos para construção de um novo autódromo são elevados o que não é atrativo para investidores privados.  O atleta defende a manutenção do GP em São Paulo.  “É melhor manter a F1 em Interlagos, que está muito bem para uma categoria desse porte e, com esse incentivo federal, podemos trazer a Fórmula E para o Rio de Janeiro. Eu desenhei uma pista na Marina da Glória, desenhei também no Parque do Ibirapuera, em São Paulo”, sugeriu.