Arquivo da tag: Peugeot

pp

Peugeot 208 2021: nova geração terá equipamentos avançados de segurança

pp

A despeito de não ser vendido no Brasil com os modernos motores turbo da PSA, a marca francesa anuncia que o novo 208 terá equipamentos avançados de segurança.  A Peugeot não revelou se a lista abaixo será de série em todas as versões ou apenas na topo de linha. Como não falou, também não descartamos ser um pacote de opcionais…  Mas de concreto, será um modelo compacto com recursos até então disponíveis em veículos de categorias superiores!

Segundo a PSA, com a utilização da plataforma CMP (Common Modular Platform), o  208 teve a possibilidade  de incorporar os recursos Peugeot Driver Assist, Confira a lista de equipamentos que estarão disponíveis no modelo:

Alerta de colisão: avisa o condutor em caso de risco de colisão com o veículo à frente ou com um pedestre atravessando a rua. Dependendo da situação detectada e do nível de alerta configurado pelo motorista, diferentes tipos de avisos podem ser acionados e exibidos no painel de instrumentos.

PEUGEOT_208_2019_470_FR_PT_NOVO_208
Frenagem de Emergência:
 o sistema automático entra em ação para reduzir a velocidade de impacto ou evitar uma colisão caso o motorista não tenha a ação esperada após os alertas de colisão, ou no caso de uma situação súbita de risco de choque. Baseado nas imagens captadas por uma câmera na parte superior do para-brisa, a frenagem automática de emergência atua diretamente nos freios do veículo caso seja detectado o risco de atropelamento ou de batida contra outro carro (rodando na mesma direção ou estacionado).

PEUGEOT_208_2019_126_FR_NOVO_208

Alerta e correção de mudança de faixa: o veículo é equipado com uma câmera na parte superior do para-brisa capaz de reconhecer as linhas (contínuas ou seccionadas) da estrada. É com base no processamento dessas imagens que um alerta é emitido no caso de transposição involuntária das demarcações – tanto das faixas de rolagem como das bordas da via.

O sistema funciona em velocidades superiores a 60 km/h e o alerta é do tipo sonoro e visual. Mais do que o aviso, o sistema promove uma correção na trajetória do veículo: assim que o sistema identifica risco de ultrapassagem involuntária da sinalização de solo, a direção é automaticamente corrigida para manter o carro dentro dos limites da faixa de rolamento.

PEUGEOT_208_2019_465_FR_PT_NOVO_208-(3)

Auxílio de farol alto: a câmera de vídeo situada no alto do para-brisa também é utilizada no sistema de ativação automática do facho alto dos faróis. Com ela, o dispositivo tem a capacidade de captar, processar, interpretar e diferenciar as mais variadas fontes luminosas à frente do carro. Assim, o sistema de iluminação alterna automaticamente entre luz alta e luz baixa em função do ambiente. Na prática, ele desativa o farol alto ao detectar veículos no sentido da via ou oposto, voltando a elevar o facho quando a situação assim permitir.

Reconhecimento de placas de velocidade: a câmera de vídeo situada no alto do para-brisa efetua a leitura das placas de velocidade máxima permitida na via. O sistema, então, exibe uma apresentação gráfica da placa no painel de instrumentos (em paralelo, ele também utiliza as informações sobre limites de velocidade contidas nos mapas do sistema de navegação). De alta precisão, o recurso difere as sinalizações destinadas a automóveis (veículos leves) daquelas específicas para veículos pesados.

PEUGEOT_208_2019_461_FR_SANS_PIETON_NOVO_208

Detector de fadiga: o sistema avalia o tempo ininterrupto de condução, a velocidade e o comportamento dinâmico do carro. Se o sistema entender que o motorista está desatento ou viajando por mais de duas horas em velocidades superiores a 65 km/h, um alerta é deflagrado orientando o condutor a fazer uma pausa.

VisioPark 180°: quando engatada a marcha à ré, o sistema multimídia mostra na tela imagens captadas pela câmera de ré, instalada na traseira do carro. Para permitir uma manobra fácil, precisa, rápida e segura, estas imagens são exibidas em três diferentes modos de visualização: Zoom, Standard e 180°, que se revezam de maneira complementar e automática nas diferentes fases da manobra.

PEUGEOT_208_2019_016_FR_PT_NOVO_208

 

Grupo Stellantis deve ser criado oficialmente em 2021

Stellantis: grupo vai gerenciar a Fiat Chrysler e a Peugeot

Fusão entre a FCA e PSA vai gerar novo conglomerado Stellantis, controlando 14 marcas da indústria automobilística

Grupo Stellantis deve ser criado oficialmente em 2021
Grupo Stellantis deve ser criado oficialmente em 2021

Dando sequência ao processo de fusão 50/50, a Peugeot SA (Groupe PSA) e Fiat Chrysler Automobiles NV (FCA) revelaram nesta quarta qual será o nome corporativo a ser criado: Stellantis. O logotipo é esse que você vê; o símbolo ainda está sendo definido.

‘Stellantis’ é a junção do verbo latino “stello”, que significa “iluminar com estrelas”. O conceito deles é que o nome representa o audacioso projeto de integração de empresas e culturas diferentes, com marcas italianas, francesas, americanas e inglesa, dentre outras.

“As origens latinas do nome homenageiam a rica história de suas empresas fundadoras, enquanto a evocação da astronomia captura o verdadeiro espírito de otimismo, energia e renovação que impulsionam essa fusão que está mudando o setor”, diz o comunicado.

O nome Stellantis será usado exclusivamente para se referir ao Grupo, como uma marca corporativa. Os nomes e os logotipos das marcas constituintes do Grupo permanecerão inalterados.
O projeto é que a fusão seja concluída no primeiro trimestre de 2021. Contudo,essa data pode ser alterada de acordo com a crise da pandemia do novo coronavírus. O processo inclui a aprovação pelos acionistas de ambas as empresas em suas respectivas Assembleias Gerais Extraordinárias e a satisfação de análises antitruste e outros requisitos regulatórios.

O novo conglomerado reúne as marcas marcas Abarth, Fiat, Jeep, Dodge, Lancia, Ram, Chrysler, Alfa Romeo, Maserati, Peugeot, Citroën, DS, Opel e Vauxhall, além de Comau e Teksid. O agora quarto maior grupo automotivo cobre praticamente todos os segmentos-chave de veículos, desde automóveis de luxo, premium e de passageiros, até SUVs e picapes & veículos utilitários leves.

Segundo a companhia, o novo grupo tem 46% das receitas derivadas da Europa e 43% da América do Norte, com base nos dados agregados de 2018 de cada empresa. A partir da união, as estratégias para as outras regiões serão reformuladas.

Peugeot-2008-2020-2

Peugeot 2008 2020: SUV reestilizado chega por R$ 69,9 mil

Lançamento do novo 2008 é um ponto chave da reestruturação da Peugeot no mercado nacional

Peugeot-2008-2020-2

Por Thiago Ventura

Marca do leão lança no mercado brasileiro o SUV 2008 reestilizado, num trabalho de design feito pela equipe Latam. Na prática, o que mudou foi a dianteira, com desenho exclusivo para a América Latina. O 2008 ficou com visual mais próximo de seus “irmãos” maiores 3008 e 5008.

Além disso, o carro teve uma alteração importante em se portfólio de powertrain: agora o modelo é vendido apenas com transmissão automática de seis velocidades. Isso corrige uma escolha no-sense do passado, em que a versão topo de linha com motor turbo era oferecida apenas com câmbio manual…

Peugeot-2008_INTERIOR_N3_GRIFFE_THP_BRA_AT

O lançamento do novo 2008 também é um ponto chave da reestruturação da empresa no mercado nacional, no plano chamado “Virada Brasil”. Iniciado em 2015, promoveu uma ampla modernização dos produtos no país, além da completa reestruturação do modelo de negócios, passando pela rede de concessionários, serviços e relacionamento com os clientes. Na prática, contudo, tendo em vista o imbróglio com o grupo SHC, resultou no fechamento de revendas da PSA.

“Oferecemos veículos modernos, anunciamos a expansão da rede de concessionárias e passamos a oferecer um compromisso único no mercado: agora, cliente que não estiver satisfeito com o serviço, não paga pelo valor da mão de obra” diz Ana Theresa Borsari, presidente da Peugeot no Brasil.

Peugeot-2008-2020

Disponível em duas configurações de motorização, 1.6 EC5 VTI, de 118 cv a 5.750 rpm (com etanol) e 1.6 THP, de 173 cv a 6.000 rpm (com etanol), ambas com câmbio automático EAT6 de seis velocidades, produzido pela japonesa AISIN AW, os propulsores contam com torque máximo de 16,1 kgfm a 4.750 e 24,5 kgfm a 4.000 rpm, respectivamente.

Na versão Griffe THP, vem ccom o Grip Control, dispositivo que tem por objetivo auxiliar o motorista na direção ao otimizar a motricidade em diferentes e acidentados terrenos, como neve, areia ou lama. O Grip Control está disponível com 5 ajustes manuais (padrão, areia, neve, lama ou ESP OFF).

PREÇOS E VERSÕES:

Allure (R$ 69.990): central multimídia com tela de 7 polegadas e conexão com Android Auto e Apple CarPlay, ar-condicionado manual, faróis com leds diurnos, retrovisores elétricos, vidros elétricos nas quatro portas, piloto automático, volante multifuncional, 4 airbags, ancoragem de cadeirinhas infantis (Isofix) e rodas de 16 polegadas com calotas.

Allure Pack (R$ 79.990): itens anteriores mais faróis de neblina, volante revestido de couro, câmera de ré, alarme e rodas de liga leve aro 16.

Griffe (R$ 89.990): itens anteriores mais ar-condicionado digital de duas zonas, rodas diamantadas, teto de vidro panorâmico, sensor de chuva e faróis automáticos.

Griffe THP (R$ 99.990): itens anteriores mais seletor de modos de condução (Grip Control) e motorização turbo.

Peugeot-2008-2020-3

Peugeot-308-e-408-saem-de-linha

Peugeot 308 e 408 deixam o mercado brasileiro

Modelos franceses patinavam nas vendas e foram engolidos pela moda dos SUVs

Peugeot-308-e-408-saem-de-linha

Marca francesa decidiu interromper a venda dos médios 308 e 408 no mercado brasileiro. Ambos os modelos vinham patinando em vendas, já há algum tempo.  Segundo a Peugeot, o foco agora será nos veículos utilitários-esportivos (SUVs).

Para variar, a Peugeot também decidiu investir apenas em SUVs: 2008, 3008 e 5008. O compacto premium 208 também segue no showroom. Outra frente de negócios que a marca confia para se manter no Brasil são dos utilitários leves: Partner, o Expert e o Boxer.

Em 2018, o hatch médio vendeu apenas 434 unidades, enquanto o sedã emplacou 739. Os carros eram importados da Argentina.

Peugeot 308: apenas 434 unidades vendidas em 2018.
Peugeot 308: apenas 434 unidades vendidas em 2018.

Nos últimos anos, os carros era ofertados no Brasil apenas com o motor turbo 1.6 THP flex de 165 cavalos, associado ao câmbio automático de seis velocidades.

Além da queda de competitividade ante os rivais e da ‘onda dos SUVs’, os modelos também ficaram com design defasado. Ao invés de oferecer no Brasil na nova geração (lançada em 2013) do hatch, a Peugeot optou por fazer uma reestilização na dianteira, que lembra o modelo europeu, mas mantendo o interior antigo (de 2008).  Pelo visto, o consumidor não gostou da ideia.

Interior ganhou detalhes ao longo dos anos, mas era o mesmo desde 2008.
Interior ganhou detalhes ao longo dos anos, mas era o mesmo desde 2008.

A Peugeot informa que os proprietários dos modelos 308 e 408 seguirão  com suporte completo na rede de concessionárias da marca, dos programas PEUGEOT TOTAL CARE e RENOVA PEUGEOT, e da linha de peças originais PEUGEOT ADVANTAGE.
Peugeot-408