Blog ACONTECE

Museu Mineiro – Exposição “Estadia 2”

30/05/2019 07:00:17
teste string(2784) "

Bom dia a todas e todos!

O Museu Mineiro abriu suas portas para receber a primeira exposição do Coletivo Grassar em Belo Horizonte. A mostra “Estadia 2:” apresenta 12 trabalhos e coloca em pauta as discussões sobre como a arte contemporânea dialoga com as obras de acervos permanentes de museus, evidenciando as tensões entre passado, presente e futuro. Participam da mostra os artistas Rodrigo Borges, Elisa Campo, Liliza Mendes, Roberto Bethônico e Daisy Turrer.

Em exibição na Galeria de Exposições Temporárias II, e com intervenções artísticas no acervo de longa duração do museu, a exposição traz em seu corpo o trabalho “O tapete vermelho”, de Liliza Mendes. A criação estabelece uma conexão com a cadeira remanescente do antigo Senado Mineiro, em exposição na Sala das Sessões. O “tapete”, elaborado a partir de cerâmicas e costurado com linha vermelha, busca estabelecer uma noção de continuidade entre os objetos como forma de demonstrar a fragilidade dos caminhos percorridas pela política.

Outro destaque da mostra é a obra de Rodrigo Borges, intitulada “Tecido de fita”. O trabalho utiliza fitas adesivas para produzir superfícies planas a partir de papéis, papelões e outros materiais.

main_Obra_de_Rodrigo_Borges_Divulgação_Coletivo_Grassar

A exposição acontece até o dia 14/06 com visitação de terça a sexta-feira , 10h às 19h e sábado, domingos e feriados das 12h às 19h no Museu Mineiro (Avenida João Pinheiro, 342, Funcionários. A entrada é gratuita.

Bom proveito a todos!

"

Bom dia a todas e todos!

O Museu Mineiro abriu suas portas para receber a primeira exposição do Coletivo Grassar em Belo Horizonte. A mostra “Estadia 2:” apresenta 12 trabalhos e coloca em pauta as discussões sobre como a arte contemporânea dialoga com as obras de acervos permanentes de museus, evidenciando as tensões entre passado, presente e futuro. Participam da mostra os artistas Rodrigo Borges, Elisa Campo, Liliza Mendes, Roberto Bethônico e Daisy Turrer.

Em exibição na Galeria de Exposições Temporárias II, e com intervenções artísticas no acervo de longa duração do museu, a exposição traz em seu corpo o trabalho “O tapete vermelho”, de Liliza Mendes. A criação estabelece uma conexão com a cadeira remanescente do antigo Senado Mineiro, em exposição na Sala das Sessões. O “tapete”, elaborado a partir de cerâmicas e costurado com linha vermelha, busca estabelecer uma noção de continuidade entre os objetos como forma de demonstrar a fragilidade dos caminhos percorridas pela política.

Outro destaque da mostra é a obra de Rodrigo Borges, intitulada “Tecido de fita”. O trabalho utiliza fitas adesivas para produzir superfícies planas a partir de papéis, papelões e outros materiais.

main_Obra_de_Rodrigo_Borges_Divulgação_Coletivo_Grassar

A exposição acontece até o dia 14/06 com visitação de terça a sexta-feira , 10h às 19h e sábado, domingos e feriados das 12h às 19h no Museu Mineiro (Avenida João Pinheiro, 342, Funcionários. A entrada é gratuita.

Bom proveito a todos!

Comentários