Blog DIREITO / EXAME DA OAB

Peça Prático Profissional

19/12/2014 15:58:59
teste string(2754) "

Durante a segunda etapa do Exame de Ordem uma das dúvidas que constantemente surge é a elaboração da peça prático-profissional! Algumas são simples, outras nem tanto, algumas podem incorrer em erros que fatalmente eliminarão os candidatos, outras poderão apenas gerar decote na nota!

Mas quais são essas dúvidas?

Nesse sentido observemos a mais importante de todas, qual seja, a indicação correta da peça.

Segundo o item 4.2.6 e 4.2.6.1 do edital trata-se de parte FUNDAMENTAL da prova.

4.2.6

O ideal é apontar o nome das partes com os dados de identificação (não criando informações, mas utilizando apenas aquelas presentes no enunciado), indicando o correto o completo fundamento legal, e finalmente a identificação da peça.

Trata-se de uma regra severa no edital, caso ocorra o erro será atribuída nota zero.

Acertando a identificação peça prático profissional passa-se para a exposição do fato e do direito, mas como fazê-lo? O candidato deverá usar letra de forma? Se errar uma palavra como deverá proceder? Deverá pular linhas do endereçamento da peça para a qualificação das partes? Tem espaçamento antes do parágrafo?

1-      O candidato deverá usar letra de forma?

Fica a escolha do candidato, poderá ser letra de forma ou cursiva. A recomendação, como vimos em posts anteriores, é que a letra seja legível.

2-      Se errar uma palavra como deverá proceder?

Basta apenas um risco sobre a parte errada.

3-      Deverá pular linhas do endereçamento da peça para a qualificação das partes?

Não há uma regra, é apenas recomendável, porém o candidato deverá usar o bom senso, analisando se haverá espaço para a conclusão de sua peça.

4-      Tem espaçamento antes do parágrafo?

É recomendável, da mesma forma é necessário bom senso para que não falte espaço na conclusão de sua petição.

"

Durante a segunda etapa do Exame de Ordem uma das dúvidas que constantemente surge é a elaboração da peça prático-profissional! Algumas são simples, outras nem tanto, algumas podem incorrer em erros que fatalmente eliminarão os candidatos, outras poderão apenas gerar decote na nota!

Mas quais são essas dúvidas?

Nesse sentido observemos a mais importante de todas, qual seja, a indicação correta da peça.

Segundo o item 4.2.6 e 4.2.6.1 do edital trata-se de parte FUNDAMENTAL da prova.

4.2.6

O ideal é apontar o nome das partes com os dados de identificação (não criando informações, mas utilizando apenas aquelas presentes no enunciado), indicando o correto o completo fundamento legal, e finalmente a identificação da peça.

Trata-se de uma regra severa no edital, caso ocorra o erro será atribuída nota zero.

Acertando a identificação peça prático profissional passa-se para a exposição do fato e do direito, mas como fazê-lo? O candidato deverá usar letra de forma? Se errar uma palavra como deverá proceder? Deverá pular linhas do endereçamento da peça para a qualificação das partes? Tem espaçamento antes do parágrafo?

1-      O candidato deverá usar letra de forma?

Fica a escolha do candidato, poderá ser letra de forma ou cursiva. A recomendação, como vimos em posts anteriores, é que a letra seja legível.

2-      Se errar uma palavra como deverá proceder?

Basta apenas um risco sobre a parte errada.

3-      Deverá pular linhas do endereçamento da peça para a qualificação das partes?

Não há uma regra, é apenas recomendável, porém o candidato deverá usar o bom senso, analisando se haverá espaço para a conclusão de sua peça.

4-      Tem espaçamento antes do parágrafo?

É recomendável, da mesma forma é necessário bom senso para que não falte espaço na conclusão de sua petição.

Comentários