Blog DIREITO / EXAME DA OAB

Exame OAB: a peça Prático Profissional

13/05/2015 12:16:05
teste string(9092) "

 

 

exame_ordem-pec3a7a-pratico-profissional-oab

A segunda etapa do XVI Exame de Ordem está prevista para o próximo domingo, dia 17 de maio,  apenas 4 dias,  e faltando tão pouco tempo vale lembrar que a boa estruturação e estética da peça prático profissional é fundamental para o examinando obter sucesso. Infelizmente a forma como deverá ser elaborada petição muitas vezes é vista com pouca importância, o que é um erro e poderá acarretar com a reprovação no exame de ordem.

Todas as informações de como deverá ser a prova prático – profissional estão contidas no edital, que traz os critérios estéticos visando estabelecer uma ordem na redação da prova do examinando, impedindo-o de extrapolar os parâmetros mínimos estabelecidos, evitando a identificação do candidato e supostas fraudes.

Não observar as regras do edital poderá acarretar a perda de pontos e até mesmo a reprovação no exame.

1-    Identificação da peça

Jamais assine ou rubrique a sua prova o edital é claro no item 3.5.2, caso ocorra sua prova será anulada, da mesma forma evite qualquer outra marca ou sinal, como fugir do espaço destinado a redação, capaz de gerar uma suposta identificação.

3.5.2

 

2-    Redação legível

Para o examinando, a própria letra é legível, mas muitas vezes para o corretor algumas palavras ou até mesmo textos podem ser incompreensíveis, podendo o examinado acertar a pergunta e ou a peça, mas ter uma nota abaixo do necessário justamente pela letra ilegível. Nesse caso, observa-se o que é descrito no item 3.5.4.

3.5.4

 

A recomendação para elaborar respostas e petições legíveis em um curto espaço de tempo, afinal são 5 horas para a realização do exame, é bastante treino.

Mas como treinar?

Nesse sentido, observe os parâmetros de correção do XIV Exame de Ordem, em uma simulação treinando a extensão e a duração da prova.

 Administrativo

 Civil

Penal

 Empresarial

 Trabalho

 Tributário

 Constitucional

Vale dizer ainda que o edital em seu item 3.5.5 atribui nota zero a letra ilegível, uma vez que o corretor poderá não entender o que foi escrito pelo examinando. Trata-se de um aspecto estético que possui importância capital para a aprovação ou reprovação no exame de ordem.

3.5.5

 

3-    Dos Limites

É vital o examinando observar os espaços destinados a elaboração das perguntas, respeitando os limites, condicionando a redação dentro dos espaços corretos, com zelo e atenção. Vale lembrar que, segundo o item 3.5.6 do edital, a extensão máxima do texto para as respostas às questões práticas será de 30 (trinta) linhas para cada questão, sendo que, qualquer fragmento excedente será desconsiderado.

3.5.6

4-    Ordem de transcrição

Segundo o item 3.5.6.1 do edital o examinando deverá responder as questões no espaço adequado, ou seja, a resposta da questão 1 no espaço da questão 1, a resposta da questão 2 no espaço da questão 2, assim sucessivamente, sem jamais ultrapassar o espaço para a resposta de cada questão.

Quanto a peça prático-profissional serão 150 linhas, devendo o candidato adequar o tamanho ao espaço a ela destinado, e novamente a recomendação é bastante treino.

oab 2

5-    Assinatura

Jamais assine sua petição, escreva tão somente a palavra ADVOGADO e nada mais, sem apontar nome ou número fictício da OAB.

3.5.7

6-    Dados da prova.

Responda tão somente o que é perguntado, ignore eventuais lacunas, caso entenda que essas existam.

Em uma pergunta, onde para o examinando, faltam dados ou informações para complementar o raciocínio, como nome do autor ou do réu, ou mesmo localidade, jamais, nunca, invente ou crie dados, ignore a lacuna do enunciado.

Criando ou inventado dados sua prova poderá ser zerada, já que é possível uma suposta identificação do candidato. Observe o item 3.5.8

3.5.8

LEMBRE-SE:

Ofereça ao corretor uma petição organizada, esteticamente apresentável.

"

 

 

exame_ordem-pec3a7a-pratico-profissional-oab

A segunda etapa do XVI Exame de Ordem está prevista para o próximo domingo, dia 17 de maio,  apenas 4 dias,  e faltando tão pouco tempo vale lembrar que a boa estruturação e estética da peça prático profissional é fundamental para o examinando obter sucesso. Infelizmente a forma como deverá ser elaborada petição muitas vezes é vista com pouca importância, o que é um erro e poderá acarretar com a reprovação no exame de ordem.

Todas as informações de como deverá ser a prova prático – profissional estão contidas no edital, que traz os critérios estéticos visando estabelecer uma ordem na redação da prova do examinando, impedindo-o de extrapolar os parâmetros mínimos estabelecidos, evitando a identificação do candidato e supostas fraudes.

Não observar as regras do edital poderá acarretar a perda de pontos e até mesmo a reprovação no exame.

1-    Identificação da peça

Jamais assine ou rubrique a sua prova o edital é claro no item 3.5.2, caso ocorra sua prova será anulada, da mesma forma evite qualquer outra marca ou sinal, como fugir do espaço destinado a redação, capaz de gerar uma suposta identificação.

3.5.2

 

2-    Redação legível

Para o examinando, a própria letra é legível, mas muitas vezes para o corretor algumas palavras ou até mesmo textos podem ser incompreensíveis, podendo o examinado acertar a pergunta e ou a peça, mas ter uma nota abaixo do necessário justamente pela letra ilegível. Nesse caso, observa-se o que é descrito no item 3.5.4.

3.5.4

 

A recomendação para elaborar respostas e petições legíveis em um curto espaço de tempo, afinal são 5 horas para a realização do exame, é bastante treino.

Mas como treinar?

Nesse sentido, observe os parâmetros de correção do XIV Exame de Ordem, em uma simulação treinando a extensão e a duração da prova.

 Administrativo

 Civil

Penal

 Empresarial

 Trabalho

 Tributário

 Constitucional

Vale dizer ainda que o edital em seu item 3.5.5 atribui nota zero a letra ilegível, uma vez que o corretor poderá não entender o que foi escrito pelo examinando. Trata-se de um aspecto estético que possui importância capital para a aprovação ou reprovação no exame de ordem.

3.5.5

 

3-    Dos Limites

É vital o examinando observar os espaços destinados a elaboração das perguntas, respeitando os limites, condicionando a redação dentro dos espaços corretos, com zelo e atenção. Vale lembrar que, segundo o item 3.5.6 do edital, a extensão máxima do texto para as respostas às questões práticas será de 30 (trinta) linhas para cada questão, sendo que, qualquer fragmento excedente será desconsiderado.

3.5.6

4-    Ordem de transcrição

Segundo o item 3.5.6.1 do edital o examinando deverá responder as questões no espaço adequado, ou seja, a resposta da questão 1 no espaço da questão 1, a resposta da questão 2 no espaço da questão 2, assim sucessivamente, sem jamais ultrapassar o espaço para a resposta de cada questão.

Quanto a peça prático-profissional serão 150 linhas, devendo o candidato adequar o tamanho ao espaço a ela destinado, e novamente a recomendação é bastante treino.

oab 2

5-    Assinatura

Jamais assine sua petição, escreva tão somente a palavra ADVOGADO e nada mais, sem apontar nome ou número fictício da OAB.

3.5.7

6-    Dados da prova.

Responda tão somente o que é perguntado, ignore eventuais lacunas, caso entenda que essas existam.

Em uma pergunta, onde para o examinando, faltam dados ou informações para complementar o raciocínio, como nome do autor ou do réu, ou mesmo localidade, jamais, nunca, invente ou crie dados, ignore a lacuna do enunciado.

Criando ou inventado dados sua prova poderá ser zerada, já que é possível uma suposta identificação do candidato. Observe o item 3.5.8

3.5.8

LEMBRE-SE:

Ofereça ao corretor uma petição organizada, esteticamente apresentável.

Comentários