Blog DIREITO / EXAME DA OAB

Exame de Ordem: A prova é amanhã!

16/05/2015 12:12:58
teste string(2920) "

Restando apenas um dia para a segunda etapa do XVI Exame de Ordem a recomendação para hoje é descansar! Isso mesmo! Nada de ficar ansioso, nada de querer estudar o não conseguiu durante este período todo. Descanse bastante, relaxe, vá ao cinema, veja um bom filme e durma cedo porque amanhã você certamente precisará de muita atenção!

Porém, visando o sucesso na prova de amanhã alguns cuidados são importantes:

1- Cuide para não incorrer na tentação de assinar, rubricar ou identificar de qualquer forma sua peça profissional/questão. Se a peça requer ao final a assinatura, indique apenas “ADVOGADO” e não assine!! NÃO ASSINE! (Foi só pra reforçar que ficou claro! Dêem uma olhada no que diz o item 3.5.8 “3.5.8 Na elaboração dos textos da peça profissional e das respostas às questões práticas, o examinando deverá incluir todos os dados que se façam necessários, sem, contudo, produzir qualquer identificação além daquelas fornecidas e permitidas no caderno de prova. Assim, o examinando deverá escrever o nome do dado seguido de reticências (exemplo: “Município…”, “Data…”, “Advogado…”, “OAB…”, etc.). A omissão de dados que forem legalmente exigidos ou necessários para a correta solução do problema proposto acarretará em descontos na pontuação atribuída ao examinando nesta fase.”).
Qualquer indício de que o examinando tentou identificar o caderno de questões terá como consequência a anulação da prova! E não é o que queremos, certo? Importante também é não escrever além das margens da folha, os corretores podem não interpretar muito bem isso!

2- Como não é possível pedir outra folha de respostas, abuse (sem perder a noção do tempo) do rascunho (este caderno – de rascunho) poderá ser levado por você no final da prova, se obedecido o tempo mínimo de permanência em sala. Passe para a folha de respostas apenas a resposta convicta, não fique rasurando. Pode zerar sua questão.

3– Capriche na letra! Não precisa ser um convite de casamento com fonte Times New Roman… mas dá uma caprichada. Letras arredondadas e que não dê muita dificuldade ao corretor. Pense bem… são muitas provas a serem corrigidas, uma letra legível e com o mínimo necessário de capricho é como um oásis para o corretor no meio de um deserto de garranchos rs. E convenhamos, vamos deixa-lo feliz em não nervoso com a letra. O conteúdo é sim o mais importante, mas a forma, neste caso é importantíssimo. Certamente será um fator a seu favor.

4- Se não sabe a questão, dê uma refletida rápida, busque no código (material permitido), mas seja objetivo, não “encha linguiça”!

 

"

Restando apenas um dia para a segunda etapa do XVI Exame de Ordem a recomendação para hoje é descansar! Isso mesmo! Nada de ficar ansioso, nada de querer estudar o não conseguiu durante este período todo. Descanse bastante, relaxe, vá ao cinema, veja um bom filme e durma cedo porque amanhã você certamente precisará de muita atenção!

Porém, visando o sucesso na prova de amanhã alguns cuidados são importantes:

1- Cuide para não incorrer na tentação de assinar, rubricar ou identificar de qualquer forma sua peça profissional/questão. Se a peça requer ao final a assinatura, indique apenas “ADVOGADO” e não assine!! NÃO ASSINE! (Foi só pra reforçar que ficou claro! Dêem uma olhada no que diz o item 3.5.8 “3.5.8 Na elaboração dos textos da peça profissional e das respostas às questões práticas, o examinando deverá incluir todos os dados que se façam necessários, sem, contudo, produzir qualquer identificação além daquelas fornecidas e permitidas no caderno de prova. Assim, o examinando deverá escrever o nome do dado seguido de reticências (exemplo: “Município…”, “Data…”, “Advogado…”, “OAB…”, etc.). A omissão de dados que forem legalmente exigidos ou necessários para a correta solução do problema proposto acarretará em descontos na pontuação atribuída ao examinando nesta fase.”).
Qualquer indício de que o examinando tentou identificar o caderno de questões terá como consequência a anulação da prova! E não é o que queremos, certo? Importante também é não escrever além das margens da folha, os corretores podem não interpretar muito bem isso!

2- Como não é possível pedir outra folha de respostas, abuse (sem perder a noção do tempo) do rascunho (este caderno – de rascunho) poderá ser levado por você no final da prova, se obedecido o tempo mínimo de permanência em sala. Passe para a folha de respostas apenas a resposta convicta, não fique rasurando. Pode zerar sua questão.

3– Capriche na letra! Não precisa ser um convite de casamento com fonte Times New Roman… mas dá uma caprichada. Letras arredondadas e que não dê muita dificuldade ao corretor. Pense bem… são muitas provas a serem corrigidas, uma letra legível e com o mínimo necessário de capricho é como um oásis para o corretor no meio de um deserto de garranchos rs. E convenhamos, vamos deixa-lo feliz em não nervoso com a letra. O conteúdo é sim o mais importante, mas a forma, neste caso é importantíssimo. Certamente será um fator a seu favor.

4- Se não sabe a questão, dê uma refletida rápida, busque no código (material permitido), mas seja objetivo, não “encha linguiça”!

 

Comentários