Blog DIREITO / EXAME DA OAB

Exame de Ordem: Atenção na 2ª etapa!

11/09/2015 15:40:48
teste string(8040) "

Faltando apenas 2 dias para a 2ª etapa do XVII Exame de Ordem o examinando imagina que não há muito o que fazer, não há mais o que estudar, e ainda não há dicas ou regras a serem seguidas.

De fato não há muito o que fazer com os estudos, a hora é manter a calma, a concentração e sobretudo a atenção, principalmente aos detalhes na hora da prova, vez que alguns erros podem prejudicar sua pontuação e até mesmo resultar em sua exclusão do certame.

  A primeira dica é não riscar a prova.

O examinando receberá dois cadernos: O primeiro o caderno de respostas, contendo espaço as assertivas, para as respostas. Neste apenas aponte as respostas das perguntas, não faça nenhuma marcação, ou riscos, isso poderá ser interpretado como forma de identificação da prova e o examinando ser eliminado do certame. O segundo caderno será o rascunho, nesse fique a vontade, risque, rabisque, afinal não será recolhido no fim da prova.

 

A segunda dica é utilizar o espaço destinado às repostas.

Isso mesmo, utilizem apenas o espaço demarcado, não saindo das linhas e margens. Observem dois exemplos de como não se deve fazer:

Erros 1-a
Erros 1-b

Não fujam dos espaços destinados à resposta. Mantenham a redação dentro dos parâmetros impostos pela prova. Sempre!

A terceira dica é clara, todo examinando dever saber por motivos óbvios, qual seja, não assine a prova.

Caso o examinando assine, será excluído do certame, sem qualquer possibilidade de recurso.

Observem como é forma correta de encerrar sua petição no exame de ordem:

Erros 2-a

A quarta dica é , antes de iniciar a prova, ler a folha de instruções . Uma vez que contém todas as recomendações.  Recomendo ainda observar as seguintes regras do edital:

3.5.2. O caderno de textos definitivos da prova prático-profissional não poderá ser assinado, rubricado e/ou conter qualquer palavra e/ou marca que o identifique em outro local que não o apropriado (capa do caderno), sob pena de ser anulado. Assim, a detecção de qualquer marca identificadora no espaço destinado à transcrição dos textos definitivos acarretará a anulação da prova prático-profissional e a eliminação do examinando.
)
3.5.5 O examinando receberá nota zero nas questões da prova prático-profissional em casos de nào atendimento ao conteúdo avaliado, de não haver texto, de manuscrever em letra ilegível ou de grafar por outro meio que não o determinado no subitem anterior.

3.5.7 Para a redaçào da peça profissional, o examinando deverá formular texto com a extensão máxima definida na capa do caderno de textos definitivos; para a redaçào das respostas às questões práticas, a extensão máxima do texto será de 30 (trinta) linhas para cada questão. Será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou que ultrapassar a extensão máxima permitida.

3.5.7.1 O examinando deverá observar atentamente a ordem de transcrição das suas respostas quando da realização da prova prático-profissional, devendo iniciá-la pela redação de sua peça profissional, seguida das respostas às quatro questões práticas, em sua ordem crescente. Aquele que nào observar tal ordem de transcrição das respostas, assim como o número máximo de páginas destinadas à redação da peça profissional e das questões práticas, receberá nota O (zero), sendo vedado qualquer tipo de rasura e/ou adulteração na identificação das páginas, sob pena de eliminação sumária do examinando do exame.

3.5.8 Quando da realização das provas prático-profissionais, caso a peça profissional e/ou as respostas das questões práticas exijam assinatura, o examinando deverá utilizar apenas a palavra “ADVOGADO…”. Ao texto que contenha outra assinatura, será atribuída nota O (zero), por se tratar de identificação do examinando em local indevido.

3.5.9 Na elaboração dos textos da peça profissional e das respostas às questões práticas, o examinando deverá incluir todos os dados que se façam necessários, sem, contudo, produzir qualquer identificação além daquelas fornecidas e permitidas no caderno de prova. Assim, o examinando deverá escrever o nome do dado seguido de reticências (exemplo: “Município…”, “Data…”, “Advogado…”, “OAB…”, etc.). A omissão de dados que forem legalmente exigidos ou necessários para a correta solução do problema proposto acarretará em descontos na pontuação atribuída ao examinando nesta fase.

Mas e se errar a grafia? O que fazer?

É normal, afinal trata-se de um exame de ordem e acontece com qualquer um, mas como proceder? Nesse caso observe o  exemplo abaixo:
Erros 4-a

É recomendável ainda inteirar-se da quantidade de folhas para escrever a peça prático-profissional , isso para evitar estourar os limites de páginas do caderno de respostas.  Ultrapassar o espaço, na pior das hipóteses, poderá ser considerado como identificação do examinando, causando-lhe a desclassificação, no melhor cenário terá a perda de muitos pontos que certamente resultará na reprovação. É uma simples questão de atenção. Delimitar bem o espaço para o total da redação é uma medida absolutamente necessária.

"

Faltando apenas 2 dias para a 2ª etapa do XVII Exame de Ordem o examinando imagina que não há muito o que fazer, não há mais o que estudar, e ainda não há dicas ou regras a serem seguidas.

De fato não há muito o que fazer com os estudos, a hora é manter a calma, a concentração e sobretudo a atenção, principalmente aos detalhes na hora da prova, vez que alguns erros podem prejudicar sua pontuação e até mesmo resultar em sua exclusão do certame.

  A primeira dica é não riscar a prova.

O examinando receberá dois cadernos: O primeiro o caderno de respostas, contendo espaço as assertivas, para as respostas. Neste apenas aponte as respostas das perguntas, não faça nenhuma marcação, ou riscos, isso poderá ser interpretado como forma de identificação da prova e o examinando ser eliminado do certame. O segundo caderno será o rascunho, nesse fique a vontade, risque, rabisque, afinal não será recolhido no fim da prova.

 

A segunda dica é utilizar o espaço destinado às repostas.

Isso mesmo, utilizem apenas o espaço demarcado, não saindo das linhas e margens. Observem dois exemplos de como não se deve fazer:

Erros 1-a
Erros 1-b

Não fujam dos espaços destinados à resposta. Mantenham a redação dentro dos parâmetros impostos pela prova. Sempre!

A terceira dica é clara, todo examinando dever saber por motivos óbvios, qual seja, não assine a prova.

Caso o examinando assine, será excluído do certame, sem qualquer possibilidade de recurso.

Observem como é forma correta de encerrar sua petição no exame de ordem:

Erros 2-a

A quarta dica é , antes de iniciar a prova, ler a folha de instruções . Uma vez que contém todas as recomendações.  Recomendo ainda observar as seguintes regras do edital:

3.5.2. O caderno de textos definitivos da prova prático-profissional não poderá ser assinado, rubricado e/ou conter qualquer palavra e/ou marca que o identifique em outro local que não o apropriado (capa do caderno), sob pena de ser anulado. Assim, a detecção de qualquer marca identificadora no espaço destinado à transcrição dos textos definitivos acarretará a anulação da prova prático-profissional e a eliminação do examinando.
)
3.5.5 O examinando receberá nota zero nas questões da prova prático-profissional em casos de nào atendimento ao conteúdo avaliado, de não haver texto, de manuscrever em letra ilegível ou de grafar por outro meio que não o determinado no subitem anterior.

3.5.7 Para a redaçào da peça profissional, o examinando deverá formular texto com a extensão máxima definida na capa do caderno de textos definitivos; para a redaçào das respostas às questões práticas, a extensão máxima do texto será de 30 (trinta) linhas para cada questão. Será desconsiderado, para efeito de avaliação, qualquer fragmento de texto que for escrito fora do local apropriado ou que ultrapassar a extensão máxima permitida.

3.5.7.1 O examinando deverá observar atentamente a ordem de transcrição das suas respostas quando da realização da prova prático-profissional, devendo iniciá-la pela redação de sua peça profissional, seguida das respostas às quatro questões práticas, em sua ordem crescente. Aquele que nào observar tal ordem de transcrição das respostas, assim como o número máximo de páginas destinadas à redação da peça profissional e das questões práticas, receberá nota O (zero), sendo vedado qualquer tipo de rasura e/ou adulteração na identificação das páginas, sob pena de eliminação sumária do examinando do exame.

3.5.8 Quando da realização das provas prático-profissionais, caso a peça profissional e/ou as respostas das questões práticas exijam assinatura, o examinando deverá utilizar apenas a palavra “ADVOGADO…”. Ao texto que contenha outra assinatura, será atribuída nota O (zero), por se tratar de identificação do examinando em local indevido.

3.5.9 Na elaboração dos textos da peça profissional e das respostas às questões práticas, o examinando deverá incluir todos os dados que se façam necessários, sem, contudo, produzir qualquer identificação além daquelas fornecidas e permitidas no caderno de prova. Assim, o examinando deverá escrever o nome do dado seguido de reticências (exemplo: “Município…”, “Data…”, “Advogado…”, “OAB…”, etc.). A omissão de dados que forem legalmente exigidos ou necessários para a correta solução do problema proposto acarretará em descontos na pontuação atribuída ao examinando nesta fase.

Mas e se errar a grafia? O que fazer?

É normal, afinal trata-se de um exame de ordem e acontece com qualquer um, mas como proceder? Nesse caso observe o  exemplo abaixo:
Erros 4-a

É recomendável ainda inteirar-se da quantidade de folhas para escrever a peça prático-profissional , isso para evitar estourar os limites de páginas do caderno de respostas.  Ultrapassar o espaço, na pior das hipóteses, poderá ser considerado como identificação do examinando, causando-lhe a desclassificação, no melhor cenário terá a perda de muitos pontos que certamente resultará na reprovação. É uma simples questão de atenção. Delimitar bem o espaço para o total da redação é uma medida absolutamente necessária.

Comentários