Blog CULTURA

Colagem natalina

25/12/2015 06:00:29

Drummond: ainda atual no Natal.
Drummond: ainda atual no Natal.

Por Carlos Ávila

Natal [do lat. natale] Adj. 2 g. 1. Relativo ao nascimento. 2. Onde ocorreu o nascimento: terra natal; cidade natal; “Oh! Que saudades tamanhas/das montanhas,/Daqueles campos natais!” (Casimiro de Abreu, Obras, p. 57). ~ V. família –, terrae torrão –. S. m. 3. Dia do nascimento. 4. Restr. Dia em que se comemora o nascimento de Cristo (25 de dezembro). [Com cap., nesta acepç.] 5. Mús. Qualquer canção de caráter popular inspirada nos festejos ou nos personagens natalinos.

(Mestre Aurélio, no “pai dos burros”).

*****

Meu outro eu angustiado desloca o curso dos astros, atravessa os espaços de fogo e toda a orla do manto divino.

O Ser dos seres envia seu Filho para mim, para que os outros que O pedem e para os que O esquecem.

Uma criança dançando segura uma esfera azul com a cruz:

Vêm adorá-la brancos, pretos, portugueses, turcos, alemães, russos, chineses, banhistas, beatas, cachorros e bandas de música.

(O grande Murilo Mendes, no seu “Tempo e eternidade” – 1935).

*****

Pois para isso fomos feitos:

para a esperança e o milagre

para a participação da poesia

para ver a face da morte –

de repente nunca mais esperaremos…

Hoje a noite é jovem; da morte, apenas

nascemos, imensamente.

(Nosso velho, e bom, Vinicius, no seu “Poema de Natal” – Antologia Poética, de 1960).

*****

Adia-se outra vez

a instauração do amor,

o advento da paz?

Mesmo assim, mesmo em sonho,

outra vez se deseja

a instauração da paz,

o advento do amor.

(O sábio Drummond, poeta-gauche, no Natal de 1975 – ou seja, há exatos quarenta anos atrás; mas ainda atualíssimo. Mudou o Natal, mudamos nós?).

Comentários