link rel="stylesheet" href="/css/responsive.css"-->

Blog DIREITO Social

Jacques Alfonsin

Procurador do Estado do Rio Grande do Sul (Aposentado). Mestre em Direito pela Unisinos. Professor de Direito Civil da Unisinos. Advogado e assessor jurídico de movimentos populares como o MST e ONGs ligadas aos direitos humanos: catadores e sem-teto, que defendem alimentação, moradia e ambiente saudável para o povo pobre. É coordenador da ONG "Acesso – Cidadania e Direitos Humanos", em Porto Alegre e integrante da RENAP. Publicou vários estudos sobre função social da propriedade e da posse, reforma agrária e solo urbano, assessoria jurídica popular e direitos humanos. Autor dos livros: "Das Legalidades Injustas às (I)Legalidades Justas: Estudos Sobre Direitos Humanos, Sua Defesa por Assessoria Jurídica Popular em Favor de Vítimas do Descumprimento da Função Social da Propriedade" pela editora Armazém Digital; "O Acesso à Terra como Conteúdo de Direitos Humanos Fundamentais à Alimentação e à Moradia" (Sergio Fabris, 2003).

últimos Posts

30/10 2018

Por Jacques Alfonsin Dia 29 deste outubro pode ser considerada como a data em que, finalmente, depois de anos de insegurança e incerteza, a vida de várias centenas de famílias pobres da Ilha Grande dos Marinheiros do rio Guaíba, vai mudar e, talvez, para bem melhor. As obras de construção da nova ponte que atravessa […]

Leia Mais...
16/10 2018

Por Jacques Alfonsin A relação entre fé e política se encontra em causa atualmente, no Brasil, pela intensa campanha que os partidos e as/os seguidoras/es dos candidatos vitoriosos no primeiro turno das eleições estão fazendo junto a autoridades religiosas na disputa de votos. Por uma coincidência notável, o Papa Francisco reconheceu como santos, no domingo […]

Leia Mais...
09/10 2018

Por Jacques Alfonsin Guardar armas em casa, mesmo sob o risco de um/a filho/a  desavisada/o acabar com a própria vida, tratar a mulher, negras/os, pobres, indígenas, como seres humanos inferiores aos homens brancos, não confiar em ninguém, mesmo sob  risco de receber tratamento idêntico,  considerar cada adversária/o como inimiga/o, mesmo sob o risco de  viver […]

Leia Mais...