Blog Veículos

BMW X3 híbrido faz 31,7 km/l e custa R$ 18 mil a mais que versão de entrada

18/08/2020 14:24:25

Marca alemã lança SUV híbrido em duas versões. BMW X3 xDrive30e tem conjunto plug-in híbrido com 290 cv de potência e 420 Nm de torque

bmw-x3

 

Thiago Ventura

Marca bávara anunciou nessa segunda (17) a chegada de duas versões plug-in híbridas do X3 ao mercado brasileiro. O SUV será oferecido a partir de setembro nas configurações BMW X3 xDrive30e e BMW X3 xDive30e X Line, ambas fabricadas na planta de Spartanburg, Estados Unidos.  Os interessados já podem comprar na a pré-venda, inclusive no Facebook e Instagram oficial da marca.  Os modelos têm preço de R$ 342.950 (xDrive 30e) e R$ 367.950 (versão X Line).

Considerando a versão de entrada a gasolina do carro, a X3 xDrive20i X-Line, modelo 2020,  que tem preço sugerido de R$ 324.920, a novidade chega com um acréscimo de aproximadamente R$ 18 mil. Uma diferença não tão elevada para o público de alto padrão, que pode ser atraído em levar versão híbrida. Nos testes de consumo do Inmetro, o veículo apresentou 29,04 km/le no ciclo urbano e 31,74 km/le no ciclo estrada. Esse ‘km/le’ é a a autonomia por litro equivalente ao combustível utilizando mais de uma fonte de energia, no caso, combustível e eletricidade.

Os novos modelos, que a BMW chama de SAV (Sport Activity Vehicle), vem com motor 2.0  a combustão de quatro cilindros que opera em conjunto com um elétrico, resultando em potência combinada e torque combinado de 420 Nm. O modelo X Line é calçado com rodas de liga leve Y-Spoke 20 polegadas e pneus 245×45 na frente e 275×40 atrás. Já a xDrive30e utiliza modelos V-spoke 19 polegadas que rodam envoltas por pneus BMW Star com tecnologia Run-Flat que medem 245×50.

De acordo com a situação o X3 híbrido pode rodar somente com motor elétrico ou em apoio ao bloco a combustão.  No modo max eDrive, que pode ser ativado por meio do botão eDrive no console central, o novo BMW X3 atinge uma velocidade máxima de 135 km/h com uma unidade de propulsão silenciosa e livre de emissões. Já na configuração Auto eDrive, a direção totalmente elétrica é possível a velocidades de até 110 km/h. O motor de combustão só liga em velocidades mais altas ou quando há uma necessidade de aceleração particularmente elevada.

A bateria  pode ser carregada em tomadas domésticas convencionais por intermédio da utilização de um cabo de carregamento padrão. Desta forma, a bateria pode ser totalmente carregada em menos de seis horas. Já com uma BMW Wallbox de 22kW (incluso sem custo nos novos BMW X3), o mesmo processo de carregamento pode ser concluído em cerca de três horas e meia. A tomada de carregamento está localizada sob um compartimento na parede frontal esquerda do carro.

A autonomia do  X3 híbrido no modo puramente elétrico de até 55 quilômetros (ciclo NEDC) e até 46 km (ciclo WLTP). O consumo combinado de energia está entre 17,2 e 16,4 kWh a cada 100 quilômetros percorridos.

Entre os recursos de série nos modelos, carregador de celular sem fio (wireless charging), Android Auto e a preparação para Apple Car Play, que transfere a interface do iPhone por meio de conexão sem fio. Vem ainda com assistentes de condução semiautônoma: o BMW Driving Assistant permite a direção inteligente em situações como congestionamentos, trânsito lento ou viagens longas. Já o Parking Assistant dispõe de câmera de ré e sensores dianteiros e traseiros que medem os espaços para estacionar automaticamente. Na versão X Line a versão embarcada é o Driving Assistant Plus, que além de todos os recursos, oferece ainda assistente para realização de manobras evasivas, assistente ativo de proteção contra colisão lateral, alerta de tráfego em cruzamentos em casos de visibilidade restrita e assistente auxiliar de troca de faixa
.

O SUV oferece 450 litros de volume do porta-malas, uma redução de 100 litros em relação ao X3 convencional, já que a bateria está  sob o banco traseiro, enquanto o tanque de combustível foi posicionado acima do eixo traseiro. Ao rebater o banco traseiro, o espaço de armazenamento pode ser aumentado para até 1.500 litros.

Os novos SUVs vêm com ar condicionado automático digital com controle de três zonas, bancos dianteiros esportivos com ajustes elétricos – e de lombar – para motorista e passageiro dianteiro. O banco traseiro é tripartido. Volante esportivo em couro e tapetes em veludo são os outros requintes. Na versão X Line, o painel de instrumentos é revestido em Sensatec e há acabamentos em alumínio com detalhes em Pearl Chrome.

O X3 xDrive30e  tem ainda teto solar elétrico panorâmico nas duas versões e será oferecido em seis opções de cores: Branco Alpino, Preto Safira, Prata Glacier, Cinza Sophisto, Branco Mineral e Azul Phytonic. Na versão X Line, rack e moldura da janela têm acabamentos em alumínio satinado. Para as duas versões a fabricante alemã reserva quatro opções de revestimento interno, todas elas em couro Vernasca: Preto / Preto; Mocha / Preto com costura Mocha; Oyster / Preto; Bege / Preto.

 

 

Comentários