DomTotal
Data:
DNA Inovador para o Mercado Jurídico
Autor: Cassiana Schiavon
Período: Graduada em Direito pela Escola Superior Dom Helder Câmara

 

Vivemos a nova era do mercado jurídico e um dos segredos para se destacar em meio a grande concorrência é adaptar a sua vitrine com a realidade atual e desenvolver novos produtos baseados na necessidade da sua carteira de clientes, as quais podem ser estrategicamente analisadas pelas pesquisas de campo e pesquisas qualitativas.

Esse mapeamento será base de ferramenta na criação de um plano estratégico de destaque comercial para o escritório de advocacia e ajudará na análise dos pontos fracos e ameaças a serem trabalhadas para garantir a fidelização de clientes atuais.

O mais importante na adaptação e criação desses produtos e que eles sejam difíceis de copiar e para isso é necessário utilizar a especialidade da empresa.

Além do mais, como as estratégias de marketing para o seguimento jurídico são limitadas pelo Código de Ética da OAB, a publicidade merece análise cuidadosa e ações certeiras e sensatas. É analisando esse viés que os esforços de P&D (pesquisa e desenvolvimento) são grandes aliados e podem trazer lucros maiores.

Empresas bem-sucedidas e que possuem domínio no mercado traçam suas estratégias baseadas em sete caminhos que, juntos geram uma inovação com mais retornos, maiores crescimentos e que dificulta a cópia por parte da concorrência.

Tecnologia: a modernidade dos campos de atuação requer cada vez mais a modernização tecnológica do produto oferecido e da estrutura que o escritório está inserido;

Benefícios comprovados: a eficácia do produto oferecido e o serviço personalizado juntamente com a demonstração da segurança evidenciam com clareza os benefícios e diferenciais.

Marca: a identificação imediata da especialidade da empresa deve ser trabalhada para que o cliente/potencial cliente identifique-a no momento em que pensar na demanda ou quando pensar na confiança do serviço. 

Características únicas: produtos e serviços personalizados trazem consigo a identidade desejada e abre portas para novas oportunidades no mercado.

Experiência com o produto: produtos e serviços de sucesso conectam o cliente com a ponte da segurança, tornando-os parte de seu cotidiano.

Embalagem: a identidade visual é muitas vezes vista como um item de inovação. Enfatizar as características únicas e os diferenciais do modelo de negócio ajuda no destaque da experiência.

Integração horizontal eficaz: demonstra a eficácia na qualidade, foco na especialidade e segmentação bem planejada. Exemplo claro desse caminho no viés jurídico é parceria baseada na indicação entre escritórios de especialidades distintas.

Alternativas que desafiam o convencional para inovar o portfólio e a marca no mercado jurídico são a base de produtos customizados e competitivos para o mercado atual.

 

 

 

 A Autora é Gestora Jurídica do Escritório Pedersoli Rocha Advogados, Graduada em Direito pela  Dom Helder Câmara e Especialista em Gestão Estratégica de Negócios, pela Uni-BH, com ênfase em gestão e marketing jurídico."