Brasil Eleições 2018

24/10/2018 | domtotal.com

Carta ao meu presidente

O Brasil precisa urgentemente empregar, empreender, investir e crescer.

'Presidente Bolsonaro, você está com faca (não aquela) e o queijo nas mãos'
'Presidente Bolsonaro, você está com faca (não aquela) e o queijo nas mãos' (Adriano Machado/ Reuters)

Por Carlos Eduardo Leão*

É, Bolsonaro, sua situação... Sei não. Já vimos esse filme antes por duas vezes. E os dois “longas” contavam a mesma história de “salvadores da pátria”. Embora estrelados por atores diferentes, Collor e Lula, o enredo era o mesmo deste em que você está 99% cotado a estrelar.

Você, como eles foram, é a nossa máxima esperança. Reveja atentamente estes filmes, meu caro. Veja onde eles erraram e tire proveito dos seus mais terríveis equívocos. Transforme os erros em acertos e entre para a história como o maior estadista brasileiro.

Não perca essa oportunidade que a vida e o milagre recente estão lhe proporcionando. Encare com humildade que nem todos que votam em ti gostam de ti. Eles esperam em ti. Não os decepcione. Agarre o Paulo Guedes e comece arrumar a economia. Arrume, logo de cara, a segurança, não deixe mais ninguém esperando na fila do SUS e imobilize a corrupção. Você tem seis meses pra fazer isso e construir a sua história e com ela conseguir a confiança dos desconfiados. Esqueça, por enquanto, machismo, homofobismo, racismo, feminismo, fascismo, LGBTismo, sexismo e outras pendências de igual importância, diga-se de passagem, e atenha-se a colocar a pátria no trilho.

O Brasil precisa urgentemente empregar, trabalhar, empreender, investir, girar o dinheiro e crescer. Estamos sufocados, Capitão.

Feito isso, parta para os “ismos” e mostre a nação que você não é nada do que pinta a esquerda ardilosa e demoníaca. Escancare aos seus ferrenhos opositores o seu zelo e total compromisso com a  manutenção da família, da moral, do civismo, das boas maneiras, da educação e da ética, pilares inquestionáveis da democracia.

Aquela facada lhe transformou, Bolsonaro. Você amadureceu, mudou o semblante, adequou o tom e a palavra, está mais ponderado e verdadeiro, reconhece os erros, desculpa-se por eles. Você se aproxima a passos largos da maior patente que um político pode almejar, a de estadista.

Você está com faca (não aquela) e o queijo nas mãos apesar de todas as dificuldades que sabemos que vai encontrar quando sentar naquela cadeira. Lembre-se, porém, que o estadista tem força, tem fé, tem determinação, tem amor pátrio, tem esperança, tem projeto para sua nação, tem vontade e, sobretudo, conhece o caminho e está no caminho junto aos que nele confiam. Tenho certeza que você encarna tudo isso e nós confiamos no seu taco.

Na remota hipótese do 1% acontecer, algo metafísico, algo que nem Freud explicará, aí eu terei que fazer uma outra carta. Que fique entre nós, mas não saberia por onde começar.

Que o Brasil esteja acima de tudo e Deus acima de todos. E te ajudando muito, meu presidente!


*Carlos Eduardo Leão é médico e cronista

TAGS


EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!



Outros Artigos

Não há outras notícias com as tags relacionadas.

Não há artigos para exibir do dia 24/10/2018

Comentários