Brasil

08/04/2020 | domtotal.com

Bolsonaro muda o tom com governadores e volta a defender uso de cloroquina contra Covid-19

A defesa da aplicação da cloroquina, sem restrições, contraria o que diz o ministro da Saúde

Bolsonaro em novo pronunciamento em rede nacional
Bolsonaro em novo pronunciamento em rede nacional (Carolina Antunes/Divulgação)

Em mais um pronunciamento de rádio e televisão, o presidente Jair Bolsonaro defendeu, na noite desta quarta-feira (8), o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina como possibilidade de tratamento da Covid-19 no Brasil, embora não haja estudos conclusivos sobre a eficácia do medicamento.

Bolsonaro citou o caso do cardiologista Roberto Kalil, diretor-geral do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês, que usou o remédio e outros medicamentos  no tratamento.

"Após ouvir médicos, pesquisadores e chefes de Estado de outros países, passei a divulgar, nos últimos 40 dias, a possibilidade de tratamento da doença desde sua fase inicial", afirmou o presidente. Kalil admitiu hoje ter tomado a cloroquina e disse que recomendaria a seus pacientes. "Essa decisão poderá entrar para a história como tendo salvo milhares de vidas no Brasil. Nossos parabéns ao Dr. Kalil."

A defesa da aplicação da cloroquina, sem restrições, contraria o que diz o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. A recomendação da pasta tem sido de adotar a substância apenas em casos mais graves. A cloroquina ou a sua variação, a hidroxicloroquina, é usada para o tratamento da malária e de doenças autoimunes.

Países que contabilizam milhares de mortos, como Espanha, Itália e Estados Unidos não administram a cloroquina como defende Bolsonaro. Se os estudos, em andamento em todo mundo, já tivessem apontado a cloroquina como cura da doença, o número de mortos nesses países não seria tão elevado.

Bolsonaro também disse que o governo federal não foi consultado sobre as medidas de quarentena adotadas pelos estados e municípios e reforçou preocupação com o receio com a situação econômica do país. Ele tratou  novamente do pagamento de auxílio emergencial de R$ 600.



Agência Estado/Redação



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.