Meio Ambiente

01/10/2020 | domtotal.com

Frutas em conversas

Dias melhores por enquanto não virão, talvez só quando os humanos forem extintos

A humanidade tem feito mal à natureza e não é só pelo uso de agrotóxicos
A humanidade tem feito mal à natureza e não é só pelo uso de agrotóxicos (Unsplash/Alina Grubnyak)

Ricardo Soares*

Creme de leite, açúcar, frutas em conversas. Um meme de um letreiro de supermercado onde as frutas conversavam circulou na internet por esses dias e vi muita logica nisso. As frutas conversando e sacudindo suas doces cabeças em puro desalento, não só por conta dos agrotóxicos que jogamos sobre elas, mas por estarem cientes do quanto mal faz à natureza, a humanidade que as planta e colhe.

Mesmo qualquer terraplanista obtuso, se parar um segundo pra refletir, vai perceber que a destruição do planeta segue em ritmo veloz e feroz, sem medir qualquer consequência futura. Simplesmente aniquilam a Terra como se tivéssemos outro lugar para fugir. Isso no mundo todo e no Brasil de Bozonazi em particular. Nunca foi tão flagrante e patente a estratégia mal disfarçada de acabar com tudo o que esteja a frente do que eles chamam de "negócio". Os abjetos Mourão e Salles são apenas torpes instrumentos disso tudo. Não fossem eles, o governo Bozo inventaria algo similar. É uma orquestra de malefícios em franca atividade. Escrevo de Cuiabá nesse momento e sei muito bem o que estou dizendo. Eu sinto no ar todos os dias.

Cada dia mais vejo a utopia exposta no livro O mundo sem nós, de Alan Weisman, tomar corpo, o que pode ser perfeito para o planeta, mas lamentável para a humanidade que parece caminhar celeremente para a extinção. Essa é inclusive a tese de muitos intelectuais respeitáveis, como Noam Chomsky que afirma categoricamente que "estamos reunidos num momento extraordinário, um momento que é, de fato, único na história da humanidade, um momento de mau agouro e, ao mesmo tempo, repleto de esperança por um futuro melhor". Um futuro melhor que não veremos porque a médio prazo estaremos mortos e o que restar de nós talvez ressurja para erguer enfim o tal "admirável mundo novo".

Tudo pode piorar se Trump for reeleito. Tudo pode piorar se Bozo conquistar mais um mandato. E não precisamos de Messias que se oponham a esses boçais, pois, afinal, o  nome Messias está inclusive embutido na identidade Boza e não nos trouxe sorte. Precisamos é de líderes que de fato peguem o touro do desenvolvimentismo na unha e o domem, conduzindo-o ao cercado da economia verde e sustentável de preferência. Como sabemos que isso é improvável e que não há o que coloque freio em tanta destruição, considero legítimo e plausível que frutas conversem nas gôndolas dos supermercados propondo dias melhores que por enquanto não virão. Talvez com a nossa extinção.

*Ricardo Soares é escritor, jornalista e roteirista. Publicou 9 livros, o mais recente "Devo a eles um romance" disponível no site da editorapenalux.com.br

O texto reflete a opinião pessoal do autor, não necessariamente do Dom Total. O autor assume integral e exclusivamente responsabilidade pela sua opinião.



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!