Esporte

29/11/2021 | domtotal.com

Em 2 a 1, Atlético-MG vira sobre o Fluminense, que critica o VAR

Com ampla vantagem, time de Belo Horizonte é o provável campeão brasileiro depois de 50 anos

Clube mineiro buscou a virada e venceu por 2 a 1, com dois de Hulk
Clube mineiro buscou a virada e venceu por 2 a 1, com dois de Hulk Foto (Pedro Souza/Atlético)

O Fluminense saiu na frente, mas não resistiu ao líder Atlético-MG, neste domingo, no Mineirão, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em duelo com pênalti polêmico para o Galo, após indicação do VAR, o clube mineiro buscou a virada e venceu por 2 a 1, com dois de Hulk. Assim, o Atlético-MG fica ainda mais perto do título do Brasileirão.

Com a vitória deste domingo, o Galo pode ser campeão já nesta terça-feira, caso o Flamengo não vença o Ceará, no Maracanã. Agora, a vantagem do Atlético-MG é de 11 pontos. Faltam quatro jogos para o Fla.

O Fluminense, por sua vez, continua o drama fora do Rio de Janeiro. Foi a quinta derrota seguida do Tricolor Carioca como visitante. Na briga por vaga para a Libertadores, o Flu está na sétima colocação, com 51 pontos.

O duelo entre Atlético-MG e Fluminense

O Fluminense assustou logo no primeiro minuto. André arriscou de fora da área e obrigou Everson a defender. A resposta do Galo foi com Diego Costa. Ele recebeu na área, mas chutou para fora. O Flu, então, deu o bote. Aos 13, Marlon cobrou falta e achou Manoel livre. Ele cabeceou no canto e fez 1 a 0.

Fred obrigou Everson a trabalhar de novo, em finalização de fora da área. Marcos Felipe apareceu na sequência, em chute de Hulk. Ele mandou para escanteio. O Galo passou a pressionar o Fluminense. O gol de empate saiu em gol de pênalti polêmico. O VAR, comandado Jose Claudio Rocha Filho (SP), recomendou revisão em lance envolvendo Diego Costa e Marlon, em que a bola bateu no ombro do lateral. Teve confusão na ida do árbitro Marielson Alves Silva (BA) à cabine do VAR. Fred se estranhou com Jair e Diego Costa. Marielson deu pênalti. Hulk cobrou e empatou, aos 37.

Keno quase virou, mas a cabeçada dele foi para fora. Já Jair isolou, após erro de saída de bola do Fluminense. O Tricolor Carioca segurou o empate no primeiro tempo.

O Atlético-MG buscou a virada no segundo tempo. Aos 14 minutos, Hulk cobrou falta, a bola desviou em Wellington e tirou Marcos Felipe do lance: 2 a 1. Yago Felipe quase surpreendeu Everson, que mandou para fora.  

Marcão fez três alterações no Fluminense. Ele colocou Arias, Cazares e Bobadilla. Saíram André, Caio Paulista e Fred. O jogo continuou truncado. O Galo segurou a vitória e está cada vez mais perto do título brasileiro.

Fluminense critica o VAR

O VAR voltou a chamar atenção no Campeonato Brasileiro. O Fluminense ficou na bronca com a intervenção de Jose Claudio Rocha Filho (SP), que acionou o árbitro Marielson Alves Silva (BA). O juiz marcou um pênalti polêmico para o Atlético-MG, que chegou ao empate. No segundo tempo, o Galo virou e venceu.

No lance, Diego Costa disputa pelo alto com Marlon, que estava de costas. A bola bate na altura do ombro do lateral do Fluminense. O VAR e o árbitro consideraram pênalti. Hulk bateu e empatou o duelo, no Mineirão.

O zagueiro David Braz disparou contra o VAR e apontou a quantidade de erros de arbitragem neste Campeonato Brasileiro.

"Viemos com o intuito de conquistar os três pontos. Começamos até muito bem, mas depois da pressão do Atlético ainda teve o erro do árbitro, na minha opinião. Do VAR, principalmente. É um absurdo a gente conseguir trazer a tecnologia para o futebol para agregar, para ajudar e ela ainda está atrapalhando. Continuam os erros dos árbitros", criticou Braz.

"Como ele não percebe que a bola não pegou no braço do Marlon? Nós vimos ali no intervalo. Não é desculpa pela derrota de hoje. O Atlético mereceu, jogou melhor depois que fizemos o gol e nos pressionou, mas o erro ali também dificultou muito para gente. A gente veio para segurar o primeiro tempo sem tomar gol, mas depois daquele pênalti que ele marcou ficou difícil. E foi erro no campeonato todo. Teve a troca na Comissão de Arbitragem, Gaciba (ex-presidente da comissão) saiu, e nada mudou. O VAR continuou errando, como errou hoje. O VAR está aparecendo muito, por tanto erro que cometeu neste Brasileiro",  completou.

O Fluminense está na sétima colocação do Brasileiro, com 51 pontos. Na próxima rodada, o Tricolor Carioca visita o Bahia.

ATLÉTICO-MG 2X1 FLUMINENSE

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 28/11/2021, domingo
Horário: 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Cartão amarelo: Nathan Silva, Allan, Keno, Junior Alonso, Diego Costa e Jair (Atlético-MG) e Samuel Xavier, David Braz e Matheus Martins (Fluminense)
Cartão vermelho:
Gols:
Atlético-MG: Hulk, aos 37' do 1ºT e aos 14' do 2ºT
Fluminense: Manoel, aos 13' do 1ºT

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Tchê Tchê), Jair e Zaracho; Keno (Nacho Fernández), Diego Costa (Vargas) e Hulk (Sasha). Técnico: Cuca.

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, David Braz e Marlon; Wellington (Alexandre Jesus), André (Cazares) e Yago Felipe; Luiz Henrique (Matheus Martins), Caio Paulista (Arias) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão.


Gazeta Esportiva



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.