Esporte Seleção Brasileira

30/05/2018 | domtotal.com

Danilo credita presença na Copa à troca do Real Madrid pelo City


Quando decidiu trocar, cerca de um ano atrás, o poderoso e consagrado Real Madrid pelo novo rico Manchester City, treinado por Pep Guardiola, Danilo tinha em mente voltar à seleção brasileira e disputar a Copa da Rússia. Conseguiu. Apesar de um período difícil de adaptação ao futebol inglês, ele está realizando seu sonho e larga na frente na briga com Fagner pela lateral direita. Palavra do próprio Tite.

O lateral falou da mudança nesta quarta-feira, após o treinamento da seleção no CT do Tottenham, sem esconder o tom de comemoração pela decisão. "A minha volta à seleção foi bastante trabalhada e pensada quando decidi deixar o Real, foi uma mudança muito grande para a minha família, também de país, cultura e a língua, que é uma barreira", disse. "Mas estava confiante que mudando de clube e num projeto em que tivesse mais tempo de jogo poderia voltar à seleção. Acho que foi acertado, um ano em que tive mais confiança para exercer o futebol que sempre joguei."

Trabalhar com Guardiola, diz Danilo, ajudou na evolução do seu futebol. "Acho muito importante para o meu estilo jogar numa equipe em que o padrão de movimentação é mais ou menos sempre o mesmo, você sabe onde seus companheiros vão estar durante o jogo. Ele é um cara que cobra um padrão tático perto da excelência, marcação pressão e jogar em linhas altas, o que potencializa meu jogo", comemorou Danilo.

Lamentando o corte de Dani Alves por tudo o que ele representa para a seleção, Danilo agora quer se firmar como titular, mas sabe que terá uma dura disputa com Fagner. Para isso, vai procurar fazer na seleção exatamente o que faz no City. "Eu não tenho que fazer nada diferente do que faço no meu clube no dia a dia. Certamente, foi isso que fez o Tite me convocar. Tenho certeza que assim é a melhor maneira de jogar e poder conquistar meu espaço aqui dentro."

Danilo vive a expectativa de ser titular contra a Croácia, domingo, em Liverpool. "O Tite conversou comigo já, como imagino que tenha feito com quase todos os jogadores. Ele tenta manter um padrão de jogo. Ele me mostrou vídeos e situações, assim como tenho certeza que também conversou com Fagner e com outros jogadores para todos ficarem cientes do que têm que fazer em campo."

Crise

Filho de caminhoneiro, Danilo observa de longe a crise existente no Brasil, mas defende a opinião de quem conhece o problema. "Ontem, troquei mensagem com meu pai. Ele falou que a greve continua e que eles (caminhoneiros) estão certos. Para nós que moramos longe há muitos anos, é muito difícil expressar opinião sobre, mas o que vejo é que o que a população paga e transforma em impostos, ela não recebe em benefícios. Então, acho que estão certos em protestar em relação a isso", encerrou o lateral-direito.



Agência Brasil

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas