Religião

08/06/2018 | domtotal.com

O medo e a fé, três chaves de interpretação

'Não tenham medo' é o convite do ressuscitado

Jesus é nossa companhia e a fé supõe não ficarmos parados, mas caminhar!
Jesus é nossa companhia e a fé supõe não ficarmos parados, mas caminhar! Foto (Reprodução/ Pixabay)

Por Ramón Eduardo Lara Mogollón*

Sim, o medo e a fé vão de mãos dadas na vida das pessoas. De fato, quando pensamos no medo - coisa que não fazemos com muita frequência - pensamos também em coisas como a angústia, a coragem, a superação, a morte, etc. Nem sempre pensamos que o medo é uma porta que se abre em qualquer momento, mas quem decide atravessar somos nós.

Leia também:

Há muitos tipos de medo, desde os mais específicos, como medo a alguns animais, de pessoas, de máquinas, passando pelo medo a coisas estranhas como a algumas cores ou peças de roupa, até medos mais comuns como de altura, espaços fechados, etc. O medo existe até nos animais que, movidos por ele, podem atacar ou fugir. O medo é livre, essa é a primeira chave de interpretação. Ele tem suas próprias regras, espaços e tempos. Nunca é igual de um ser humano a outro, está atrelado a nossa história e ao mais profundo de nossas vidas. Por isso, dificilmente ajuda julgá-lo.

O que pode ajudar mais é acolhê-lo, sim, acolher e reconhecer, dialogar com ele e com o que nos faz sentir, mas não caindo na armadilha de ficarmos com medo, ele não é companhia, é só uma alerta, uma passagem. Essa é a segunda chave, o medo não é companhia. E o que nos permite atravessar e não ficarmos com ele é a fé. Em algumas culturas é chamada de coragem, de animo, de vontade, de convite, etc. Os cristãos a chamamos de fé e a fé é companhia. Companhia de quem? Vejamos.

Em várias passagens bíblicas se alude ao medo:

  • "Isto é uma ordem: sê firme e corajoso. Não te atemorizes, não tenhas medo, porque o Senhor está contigo em qualquer parte para onde fores. (Js 1, 9)"
  • "Todos os meus temores se realizam, e aquilo que me dá medo vem atingir-me. (Jó 3, 25)"
  • "Príncipes temíveis estarão cheios de medo ao ouvirem falar de mim; mostrar-me-ei bom para com o povo e valoroso no combate. (Sab 8, 15)"
  • "Não se desfaleça o vosso coração. Não tenhais medo das notícias que se farão ouvir na terra. Durante um ano um rumor far-se-á ouvir e outro rumor no ano seguinte: Violências na terra, tirano contra tirano. (Jer 51, 46)"
  • "E Jesus perguntou: Por que este medo, gente de pouca fé? Então, levantando-se, deu ordens aos ventos e ao mar, e fez-se uma grande calmaria. (Mt 8, 26)"
  • "Quando os discípulos o perceberam caminhando sobre as águas, ficaram com medo: É um fantasma! disseram eles, soltando gritos de terror. Mas Jesus logo lhes disse: Tranquilizai-vos, sou eu. Não tenhais medo! (Mt 14, 26-27)"
  • "Ele lhes falou: Não tenhais medo. Buscais Jesus de Nazaré, que foi crucificado. Ele ressuscitou, já não está aqui. Eis o lugar onde o depositaram. (Mc 16, 6)"
  • "Digo-vos a vós, meus amigos: não tenhais medo daqueles que matam o corpo e depois disto nada mais podem fazer. (Lc 12, 4)"
  • "Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, os discípulos tinham fechado as portas do lugar onde se achavam, por medo dos judeus. Jesus veio e pôs-se no meio deles. Disse-lhes ele: A paz esteja convosco! (Jo 20, 19)"

Aqui só ofereço algumas citações bíblicas em que aparece o medo. Contudo, gostaria de destacar a mudança entre o Antigo e o Novo Testamento. No AT as pessoas sentem medo de Deus, da guerra, dos inimigos, da violência, mas no NT o eixo muda e o medo é colocado em um contexto mais personificado, o de Jesus, é claro, e passa a representar tudo aquilo que nos afasta de Deus. O convite de Jesus e dos apóstolos é incontestável, o medo nos afasta de Jesus, de Deus. E a única coisa que pode nos tirar dessa situação de medo é aceitar o convite de Jesus para nos aproximarmos dele.

Ninguém diz que é algo fácil e sem perigos, porém, como diria Guimarães Rosa: viver é muito perigoso! Acreditar também, supõe caminhar no escuro, caminhar sobre as águas, mas sempre caminhar. Nunca ficarmos parados no medo, porque o medo não é companhia, quem é companhia verdadeira é Jesus e ele, através da fé, faz o convite para caminharmos. Essa é a terceira chave, a companhia é Jesus e a fé supõe não ficarmos parados, mas caminhar!

Não tenham medo é o convite do ressuscitado, o mesmo que nos provoca medo porque não acreditamos que possa estar conosco depois de ter sido morto, ou porque caminha sobre as águas, ou porque está escuro e acreditamos que é um fantasma; o problema é pensarmos desta forma, no medo das coisas e não em nós mesmos e no convite cristão, isso nos faz cair direto na armadilha. Pensarmos em Jesus, olhar fixamente para ele e acreditar, faz-nos sair e caminhar. Andar com e na fé significa acreditar naquele pode nos tirar do medo, Jesus. O medo é livre sim, mas nós também somos livres de respondermos perante o convite de Jesus: “Coragem. Sou Eu. Não tenha medo... Venha!” (Mt 14, 27-29).

TAGS




Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.