Brasil Eleições 2018

01/11/2018 | domtotal.com

A repressão bolsonarista

As eleições de 2018 foram marcadas por violência e perseguição a LGBTs.

A Human Rights Watch monitorará de perto o governo do presidente eleito
A Human Rights Watch monitorará de perto o governo do presidente eleito (E-commerce)

Por Flávia Leão*

É notícia no mundo inteiro. A organização internacional Human Rights Watch (HRW) – Patrulha dos Direitos Humanos, em tradução livre –, entidade da ONU, afirmou que “monitorará de perto” o governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

Segundo reportagem divulgada pela Agência Brasil no site da Uol, essa semana (dia 29/10/2018), a Patrulha dos Direitos Humanos disse, em nota, que, no domingo passado o “capitão reformado venceu eleições marcadas por violência de cunho político. Muitas vítimas eram pessoas lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros (LGBT), mulheres e negros…”, acrescentando ainda que “a entidade também referencia declarações abertamente racistas, homofóbicas e machistas de Bolsonaro, além de perseguição e ameaças sofridas por, ao menos, 140 jornalistas durante a cobertura eleitoral, segundo casos documentados pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji).

Pois é, Patrulha. Olha o que foi preciso para que você finalmente olhasse para nós. Nós não precisamos da sua vigilância a partir do ano que vem, quando o novo presidente eleito tomará posse. Precisávamos de vocês há muito mais tempo que isso. Em 2017, por exemplo, segundo dados do Ministério dos Direitos Humanos, “ os canais administrados pela pasta receberam um total de 142.665 denúncias, com média de 390 por dia. Entre os públicos considerados mais vulneráveis após a análise de dados estão Crianças e Adolescentes, Pessoas Idosas, Pessoas com deficiência e a população LGBT.” (Matéria publicada pelo Ministério dos Direitos Humanos em 03/05/2018). Bolsonaro ainda nem era candidato.

Lembro-lhe, assim, Patrulha, que em 2017, tínhamos acabado de tirar do poder, através de impeachment, Dilma Roussef, integrante de um partido que se perpetuava no poder havia trezes anos, liderado por Luiz Inácio Lula da Silva, que hoje se encontra preso, e que afundou o país em uma das piores crises da história. Onde estava você então, quando o desemprego aumentou 90%, deixando mais de 13 milhões na rua, sem emprego? Onde estava você enquanto há tempos as pessoas estão morrendo nas filas de hospitais públicos que não possuem estrutura alguma? Será que a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo não te contou isso?

A violência de cunho político acontece há anos, não começou agora, na campanha eleitoral. Deixe que cuidamos de nós mesmos, nós aprendemos isso, nós abrimos o olho e nós sim estamos vigilantes. Estamos cansados de sermos feitos de bobos. Vá ajudar a Venezuela de Maduro, eles sim estão em situação mais do que desumana. Por aqui, nós damos conta.

*Flávia Leão é advogada e jornalista

TAGS


EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!



Outros Artigos

Não há outras notícias com as tags relacionadas.

Não há artigos para exibir do dia 01/11/2018

Comentários