Esporte Futebol Mineiro

10/01/2019 | domtotal.com

Por Libertadores, Igor Rabello mira disputa sadia na zaga do Atlético

Jogador terá concorrência direta com Maidana, Léo, Mancini e Réver, outro reforço do clube para 2019.

Rabello brincou com o apelido de
Rabello brincou com o apelido de "general". "Vou pedir ao Donizete para passar a permissão para que eu possa ser o General do Galo", declarou. (Bruno Cantini / Atlético)

Um dos reforços do Atlético para a nova temporada, o zagueiro Igor Rabello foi apresentado pelo clube nesta quarta-feira. Vindo do Botafogo, o jogador de 23 anos admitiu que terá dificuldades para conquistar uma vaga de titular na equipe, numa concorrência direta com Maidana, Léo, Mancini e Réver, outro reforço do clube para 2019.

"Temos ótimos zagueiros aqui, que como eu são bons em jogadas de bola aérea. Não só o Maidana, mas também o Réver, o Léo, o Mancini e o Stockl", disse Rabello, destaque do Botafogo na última temporada na defesa e também no ataque, em razão das boas investidas de cabeça. "Vai ser uma disputa sadia entre nós e isso tudo para ajudar o Atlético."

Rabello elogiou a recepção que teve no seu novo clube. "A receptividade foi maravilhosa. Só tenho a agradecer aos funcionários e atletas que me receberam super bem. Já está tendo conversas, resenhas. O grupo é muito forte, unido e espero que a gente conquiste títulos no ano", declarou.

O zagueiro admitiu que optou pela transferência ao Atlético pela chance de disputar novamente a Copa Libertadores. "O interesse do Atlético pesou e também o meu interesse em vir para o Atlético e jogar uma Libertadores. A expectativa para o ano de 2019 é maravilhosa. Temos bastante campeonatos no ano. Temos um grupo muito forte para todas as competições e vamos buscar vitórias e conquistas."

Rabello brincou com o apelido de "general". É a mesma forma como era tratado Leandro Donizete quando defendia o Atlético. O zagueiro disse que vai pedir permissão a Donizete para poder usar o apelido também no time mineiro, como fez em suas passagens pelo Botafogo e pelo Náutico.

"O apelido de 'general' surgiu no Náutico. Eu tinha visto uma comemoração do Emerson, que jogou aqui no Atlético, e fiz a comemoração. O apelido pegou e levei para o Botafogo. Vou pedir ao Donizete para passar a permissão para que eu possa ser o General do Galo", declarou. 


Agência Estado

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Mais Lidas
Instituições Conveniadas