Economia

18/03/2019 | domtotal.com

IPC-S sobe 0,57% na 2ª quadrissemana de março ante 0,45% na anterior

Na leitura da inflação ao consumidor na segunda quadrissemana do mês, cinco das oito classes de despesas analisadas registraram aceleração.

A maior contribuição para o avanço do IPC-S foi do grupo Transportes, que passou de 0,20% para 0,66%, na passagem da primeira para a segunda quadrissemana.
A maior contribuição para o avanço do IPC-S foi do grupo Transportes, que passou de 0,20% para 0,66%, na passagem da primeira para a segunda quadrissemana. (Marcello Casal Jr/ABr)

O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) subiu 0,57% na segunda quadrissemana de março, conforme divulgou na manhã desta segunda-feira, 18, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado ficou 0,12 ponto porcentual acima da taxa da última leitura de fevereiro, de 0,45%.

Na leitura da inflação ao consumidor na segunda quadrissemana do mês, cinco das oito classes de despesas analisadas registraram aceleração, sendo que a maior contribuição para o avanço do IPC-S foi do grupo Transportes, que passou de 0,20% para 0,66%, na passagem da primeira para a segunda quadrissemana. Dentro do grupo, o destaque foi o item gasolina, cuja taxa passou de uma queda de 0,79% para uma taxa positiva de 0,40%.

As outras classes de despesa que registraram acréscimo da primeira para a segunda quadrissemana de março foram: Educação, Leitura e Recreação (-0,36% para 0,07%), Vestuário (0,08% para 0 32%), Comunicação (0,00% para 0,32%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,47% para 0,48%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: show musical (-1,26% para 2,11%), roupas (0,11% para 0,38%), pacotes de telefonia fixa e internet (0,00% para 1,49%) e artigos de higiene e cuidado pessoal (0,58% para 0,89%).

Em contrapartida, os grupos Habitação (0,37% para 0,30%) e Despesas Diversas (-0,01% para -0,14%) apresentaram variações menos intensas. Nestas classes de despesa, vale citar os itens: tarifa de eletricidade residencial (1,00% para 0,62%) e cigarros (-0,31% para -0,46%). O grupo Alimentação repetiu a taxa de variação de 1,18%, registrada na última apuração.


Agência Estado

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas