Engenharia Ensaios em Engenharia, Ciência e Sustentabilidade

19/03/2019 | domtotal.com

Por que não comem brioches?

Enquanto a nação brasileira tem fome e clama pelo pão da justiça, da retidão e da decência alguns poderosos agem como Maria Antonieta.

Estes líderes parecem não ter conhecimento de uma muito interessante frase encontrada no alcorão: 'Deus é o maior dos conspiradores'.
Estes líderes parecem não ter conhecimento de uma muito interessante frase encontrada no alcorão: 'Deus é o maior dos conspiradores'. (Nelson Jr./SCO/STF)

Por Jose Antonio de Sousa Neto*

À medida que vamos vivendo e ganhando experiência temos a impressão, pelo menos em relação à natureza humana, que até o novo é totalmente velho.  Aliás, na Bíblia, entre inúmeras partes, basta ler o Eclesiastes para entender de gente. No advento de um eventual contato futuro com possíveis civilizações extraterrestres, se quisermos nos fazer conhecer, basta dar aos nossos visitantes uma Bíblia. Poderia ser até perigoso, pois estaríamos incorrendo no risco de eles acabarem por saber de nós mais do que nós mesmos ou pelo menos mais do que estamos dispostos a reconhecer sobre nós.

Que o poder corrompe e o poder absoluto corrompe absolutamente ou que a história sempre se repete estamos não só cansados de ouvir, mas cansados de constatar.  O interessante é que se por um lado temos uma percepção direta dos riscos e consequências desta combinação, deixamos com frequência para um segundo plano a percepção das inevitáveis armadilhas inerentes ao percurso que é pautado pelo vício inebriante do poder e das ilusões proporcionadas pela visão turvada da arrogância.

Neste contexto, enquanto a nação brasileira tem fome e clama pelo pão da justiça, da retidão e da decência alguns poderosos tem ido além de se perguntar o porquê de não nos contentarmos com brioches. Na verdade, indo além de Maria Antonieta, algumas de nossas lideranças têm proposto elas mesmas a produzir e a distribuir a todos,  brioches de fabricação própria e com receitas exclusivas por elas mesmas criadas. Quanto ao fato do paladar destes brioches ser de gosto no mínimo extremamente duvidoso (para ser gentil), não resta a menor dúvida.

Pelo menos enquanto e se a censura oficial não voltar a ser tragicamente imposta à nação e aos seus cidadãos e cidadãs fico a refletir sobre a profundidade e o significado do comentário feito por uma das mais altas e reputadas autoridades da república em momento bem recente e decisivo de nossa história: "Todo mundo sabe o que está acontecendo aqui".

Volto aqui à Bíblia e a uma pergunta que costumo fazer aos meus alunos: qual o personagem da bíblia que mais fracassou e teve o mais trágico dos destinos? A resposta, eu argumento, é instigante: O anjo caído.  E esta resposta nos conduz a uma inevitável pergunta: mas caiu por quê? A resposta por mais simples que pareça tem uma enorme profundidade e consequência: porque foi arrogante!  Para as autoridades que com o coração duro insistem no erro, as feridas da alma tragicamente se multiplicam mutilando profundamente a si mesmos e causando males que se multiplicam por toda uma sociedade. Um custo altíssimo que acabarão por constatar em algum momento. Mas antes deste momento muito provavelmente mais distante, retorno às armadilhas mencionadas anteriormente. A arrogância e a ilusória certeza da inimputabilidade conduzem a erros primários. Que é possível enganar a alguns o tempo todo, a muitos durante um certo tempo, mas não a todos o tempo todo também estamos cansados de saber, embora muitos se iludam de que, aproveitando-se do véu da ignorância de muitos, o engano de muitos possa ser perpetuado.

Estes líderes não estão percebendo o enorme risco e talvez até mesmo a enorme possibilidade de metaforicamente acabarem como Maria Antonieta. Exemplos deste tipo de destino metafórico na história bem recente de nosso país estão aí e parecem se multiplicar apesar da inevitável resistência. Além de tudo estes líderes parecem não ter conhecimento de uma muito interessante frase encontrada no alcorão, se não me engano em mais de uma ocasião: "Deus é o maior dos conspiradores". Com minha cabeça de engenheiro não consigo deixar de pensar que com valores e projetos equivocados em alguma hora a casa cai.

*Professor da EMGE (Escola de Engenharia de Minas Gerais)

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Mais Lidas
Instituições Conveniadas