Brasil Cidades

07/06/2019 | domtotal.com

Neymar depõe no Rio por divulgar fotos íntimas de mulher que o acusa de estupro

A divulgação de fotos íntimas sem o consentimento é crime cibernético, punido com até cinco anos de prisão.

Após depoimento, Neymar agradece apoio que está recebendo após ser acusado de estupro.
Após depoimento, Neymar agradece apoio que está recebendo após ser acusado de estupro. (AFP)

O jogador de futebol Neymar prestou depoimento nesta quinta-feira na Delegacia de Repressão de Crimes de Informática no Rio de Janeiro por ter divulgado fotos íntimas da modelo Najila Trindade que o acusa de estupro e, ao fim da audiência, agradeceu aos fãs pelo apoio que tem recebido. Ao sair da delegacia, apoiando-se em muletas e após mais de uma hora de audiência, o atacante do clube francês PSG não respondeu as perguntas dos jornalista e fez apenas um agradecimento aos fãs.

"Só quero agradecer todo apoio, a mensagem que todo mundo mandou, meus amigos, fãs, todo mundo que está acompanhando. Só agradecer, obrigado pelo carinho, e dizer que me senti muito amado, então é só agradecer o carinho de todos", disse o jogador.

O atacante, de 27 anos, entrou de cadeira de rodas na delegacia localizada na Cidade da Polícia, devido à lesão no tornozelo direito sofrida na quarta-feira durante o jogo amistoso entre a Seleção Brasileira e o Catar, que o tirou da Copa América. Tentando provar sua inocência, Neymar divulgou no sábado numa rede social a conversa e a troca de fotos íntimas que manteve através do Whatsapp durante dois com Najila Trindade Mendes de Souza, que o acusou na sexta-feira passada de ter cometido estupro em 15 de maio em um hotel de Paris.

A divulgação de imagens íntimas sem consentimento é considerado um "crime virtual", segundo a lei, e pode ser punida com até cinco anos de prisão. Pouco antes do amistoso contra o Catar, a jovem rompeu o silêncio numa entrevista ao canal SBT, e reiterou que foi forçada pelo jogador a ter relações sexuais sem preservativos e de forma violenta. "Fui vítima de estupro", afirmou.

Ao fim do depoimento, a advogada do jogador Maira Freitas disse à imprensa que o "processo está sob sigilo". "Nós viemos prestar depoimento para esclarecer tudo que era devido. Confiamos plenamente que vamos provar a inocência do meu cliente. O processo é sigiloso, mas ele prestou todos os esclarecimentos que eram devidos. Assim que possível iremos agendar o depoimento de São Paulo", disse a advogada, citada pelo site G1.

Danilo Garcia Andrade, advogado de Najila Trinidade, revelou aos jornalistas que sua cliente "sofre ameaças, ela esta a base de remédios, tem dificuldade para dormir e, claro, ela está com medo". Nesta sexta-feira, Najila deve prestar depoimento na delegacia em São Paulo que investiga as acusações de estupro.


AFP

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!

Comentários


Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.

Instituições Conveniadas