Esporte Futebol Mineiro

12/06/2019 | domtotal.com

Em meio à crise, Cruzeiro tenta encerrar jejum contra o Fortaleza

O clube passa por turbulência constante dentro e fora de campo. Com cobranças de dívidas e processos, Cruzeiro enfrenta o Fortaleza nesta quarta-feira, às 21h, no estádio Castelão.

Treinamento no CT do Floresta em Fortaleza.
Treinamento no CT do Floresta em Fortaleza. (Bruno Haddad/Cruzeiro)

O Cruzeiro não vive seus melhores dias na temporada. Longe disso. O clube passa por turbulência constante dentro e fora de campo. Com cobranças de dívidas e processos pipocando na sede do Barro Preto, o time azul quitou os vencimentos dos jogadores, mas os salários dos funcionários estão atrasados. É neste contexto que o Cruzeiro encerra sua participação no Campeonato Brasileiro na noite desta quarta-feira (12), às 21h, no estádio Castelão, contra o Fortaleza, tentando colocar fim a um jejum de oito jogos sem vitória.  

Classificado para as quartas de final da Copa do Brasil com dois empates diante do Fluminense e com a segunda melhor campanha da fase de grupos da Libertadores, o Cruzeiro ainda está muito longe de ser protagonista no Campeonato Brasileiro.

São cinco partidas pelo Brasileirão sem vencer desde a terceira rodada, quando bateu o Goiás, em casa, por 2 a 1, mais duas pela Copa do Brasil e uma pela Libertadores. Nos torneios de mata-mata, conseguiu se manter inabalável e seguiu adiante, mas o mau desempenho no Brasileirão deixou a equipe com apenas oito pontos em oito rodadas e uma 14ª posição que não pode ser considerada nada satisfatória para quem ainda sonha com o título.

Time

O zagueiro Dedé, no entanto, faz uma leitura otimista do momento e procurou analisar as atuações do time sob outro aspecto. "Os últimos jogos, apesar dos empates, foram muito bons. Contra o São Paulo, mostramos um jogo diferente, em que poderíamos ter saído com a vitória. Por detalhes não saímos. Contra o Corinthians, o próprio goleiro deles foi o destaque do jogo. Contra o Fluminense, um torneio diferente (Copa do Brasil), ainda mais que tomamos um gol antes, foi um jogo mais exposto", explicou o camisa 26.

Para retomar o caminho das vitórias no Castelão, o defensor aposta na experiência do elenco diante de um adversário forte dentro de seus domínios. “Teremos que lidar com isso, jogar com essa pressão, mas nosso time é maduro e vai saber jogar contra isso”, apontou Dedé, após o último treino da equipe mineira, no CT do Floresta, na capital cearense.

Além dos comandados de Rogério Ceni, o técnico cruzeirense Mano Menezes terá de lidar con muitos desfalques. Os laterais Edilson (ainda com edema na panturrilha direita)e Egídio (com dengue), o volante Lucas Silva (dores na coxa), o meia Rodriguinho (dor lombar) e o atacante Fred (edema na coxa) estão de fora e sequer viajaram ao Ceará.

Fortaleza

Pelo lado do Fortaleza há muita confiança. A equipe precisa vencer para sair da zona de rebaixamento e os jogadores estão concentrados para contribuir da melhor maneira possível.

"O time está pronto para conseguir essa vitória. Viemos trabalhando forte. Quarta, queremos ir com tudo diante do nosso torcedor. Todo time sabe que jogar diante da gente no Castelão é difícil. Vamos ter de nos doar ao máximo e fazer o nosso melhor para conquistar os três pontos", finalizou.

FICHA TÉCNICA
FORTALEZA X CRUZEIRO

Local: Estádio Castelão, Fortaleza
Data: 12 de junho (Quarta-feira)
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Eder Alexandre (SC)

CRUZEIRO – Fábio; Lucas Romero, Dedé, Léo e Dodô; Henrique e Ariel Cabral; Robinho, Thiago Neves e Marquinhos Gabriel (Pedro Rocha); Sassá.
Técnico: Mano Menezes

FORTALEZA – Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Nathan, Carlinhos; Felipe, Juninho; Marlon, Romarinho, Marcinho e Kieza.
Técnico: Rogério Ceni


Agência Estado/Gazeta Esportiva/DomTotal.com

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas