Esporte Seleção Brasileira

22/06/2019 | domtotal.com

Seleção aposta em Everton para superar Peru e convencer na Copa América

Por mais que o Brasil possa se classificar para as quartas até mesmo com uma derrota, a situação de Tite não é confortável, pois a seleção não vem apresentando um bom futebol.

Everton, do Grêmio, deve ser uma das novidades no time titular
Everton, do Grêmio, deve ser uma das novidades no time titular (Lucas Figueiredo/CBF)

Depois de não fazer nenhum gol contra a Venezuela e encerrar uma sequência de 20 jogos nos quais o Brasil sempre balançou as redes ao menos uma vez, a seleção deve ter mudanças no ataque para a partida deste sábado, às 16 horas, contra o Peru, na Arena Corinthians. Everton "Cebolinha" é o mais cotado para assumir a vaga de David Neres. Existe também a possibilidade de Gabriel Jesus substituir Richarlison. Tite fez mistério no último treino e não quis antecipar a escalação da equipe.

Por mais que o Brasil possa se classificar às quartas de final da Copa América até mesmo com uma derrota, a situação de Tite não é confortável. A seleção não vem apresentando um bom futebol e foi vaiada nos dois jogos que disputou até aqui no torneio, no Morumbi e em Salvador. Antes do empate por 0 a 0 com a Venezuela na terça-feira, a última vez que a seleção tinha amargado um jogo inteiro sem marcar um único gol havia sido em novembro de 2017, em amistoso com a Inglaterra. Desde então, foram 45 gols em 21 partidas.

A aposta de Tite para aumentar o poder de fogo da seleção e avançar sem sobressaltos na Copa América deve ser Everton, que entrou bem nos jogos contra Bolívia e Venezuela. Diante dos bolivianos, por exemplo, ele ficou apenas dez minutos em campo, mas foi o suficiente para fazer um belo gol.

Ele atua pelo lado esquerdo do ataque e tem como principal arma as jogadas em profundidade, abrindo espaços na defesa. A faixa do campo é a mesma utilizada por Neymar, cortado às vésperas da Copa América depois de romper os ligamentos do tornozelo direito.

Everton foi o primeiro escolhido por Tite para a vaga de Neymar. No amistoso contra o Catar, depois que o craque se machucou, foi ele que o substituiu. Mas o atacante do Grêmio não jogou bem e, na partida seguinte, contra Honduras, o treinador escalou David Neres como titular em seu lugar. O ex-são-paulino soube aproveitar a oportunidade, marcou um gol no Beira-Rio, mas não vem fazendo uma boa Copa América e, por isso, pode perder o lugar na equipe para Everton.

Já com a possível troca de Richarlison por Gabriel Jesus tem como objetivo melhorar as finalizações de média e longa distância da seleção. O próprio Tite admite que o time precisa arriscar mais chutes e deu ênfase a esse tipo de jogada nos últimos treinos. “Se abrir, chuta”, foi a ordem. Jesus foi elogiado pela comissão técnica pela pontaria nos arremates de longe, enquanto Richarlison tem falhado justamente neste fundamento.

O desafio de Tite para a partida deste sábado será fazer o Brasil atacar mais sem deixar a defesa tão exposta. Assim, o treinador insiste que o time tem de ter equilíbrio tático. A principal preocupação de Tite é com o atacante Paolo Guerrero, com quem trabalhou no Corinthians (ambos foram campeões mundiais em 2012).

“É um grande jogador, já o enfrentei. Tem grande movimentação, aguda. Temos de fazer o melhor, ele vai estar defendendo a seleção do Peru, e eu, o Brasil. Vamos travar uma boa luta dentro de campo”, comentou o zagueiro Marquinhos.

FICHA TÉCNICA

BRASIL X PERU

BRASIL:
Alisson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Filipe Luís; Casemiro, Arthur e Philippe Coutinho; Richarlison, Roberto Firmino e David Neres (Everton). Técnico: Tite.

PERU
Pedro Gallese; Luís Advincula, Miguel Araujo (Carlos Zambrano), Luis Abram e Miguel Trauco; Yoshimar Yotún, Renato Tapia, Andy Polo e Christian Cueva; Jefferson Farfán e Paolo Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 22 de junho de 2019, sábado

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)

Assistentes: Hernan Maidana (ARG) e Eduardo Cardozo (PAR)

VAR: Andres Rojas (COL)


Agência Estado/Dom Total

TAGS




Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!



Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.