Brasil

12/07/2019 | domtotal.com

Bolsonaro diz que pretende indicar o filho a embaixador nos EUA


O presidente Jair Bolsonaro (D) e seu filho, Eduardo.
O presidente Jair Bolsonaro (D) e seu filho, Eduardo. (AFP/Arquivos)

O presidente Jair Bolsonaro declarou nesta quinta-feira (11) que poderia nomear o filho e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) como embaixador nos Estados Unidos.

Eduardo "é amigo dos filhos do Trump, fala inglês, fala espanhol, tem uma vivência muito grande de mundo e, no meu entender, poderia ser uma pessoa adequada, que daria conta do recado perfeitamente em Washington", declarou o presidente à imprensa após um evento oficial em Brasília.

A decisão depende de seu filho, acrescentou, porque para assumir o cargo em Washington, teria que desistir de seu mandato como deputado federal. A nomeação também está sujeita à aprovação do Senado.

"Não chegou nada oficial", afirmou Eduardo Bolsonaro a jornalistas, mas acrescentou: "Se o presidente Jair Bolsonaro me confiar essa missão, eu estaria disposto a renunciar ao mandato".

O mais jovem dos três filhos do presidente que se dedicam à política se mostrou otimista, apesar de reconhecer que nunca pertenceu à escola diplomática.

"Fico imaginando, do lado de lá, o povo americano olhando o presidente de um país enviando seu filho para trabalhar lá. Falo inglês, falo espanhol, sou o deputado mais votado da história do Brasil, sou presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara. Eu acredito que as credenciais me dão uma certa uma qualificação", garantiu.

A possibilidade foi revelada um dia após Eduardo Bolsonaro completar 35 anos, idade mínima exigida para ser embaixador do Brasil no exterior.

Em uma transmissão ao vivo pelo Facebook, Bolsonaro comentou com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, sobre a possibilidade. Entre risos, o ministro respondeu: "Excelente nome".

Durante a campanha e os primeiros meses de governo, Eduardo Bolsonaro foi um ativo articulador do governo com os representantes da onda neoconservadora mundial, operando em muitos casos como uma espécie de chanceler informal.

Acompanhou o pai em viagens internacionais e durante a visita oficial a Estados Unidos, em março, foi o único representante brasileiro que participou ao lado do pai durante a reunião privada com Donald Trump no Salão Oval da Casa Branca, apesar de Araújo também integrar a comitiva.


AFP

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!

Comentários


Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.

Instituições Conveniadas