Esporte Futebol Mineiro

07/08/2019 | domtotal.com

América-MG derrota Londrina, deixa a lanterna e sai da zona da degola da Série B


Em jogo de sete gols, o América Mineiro deixou a zona de rebaixamento ao derrotar o Londrina por 4 a 3, em partida realizada na noite desta terça-feira, no Independência, pela 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o América-MG saiu da lanterna e pulou para a 16ª colocação, com 14 pontos, passando São Bento, Guarani e Criciúma, todos com 13, e Vitória, com 11. Já o Londrina estacionou na terceira posição, com 24, deixando o Bragantino isolado na liderança, com 27.

O jogo começou muito aberto no Independência, com boas chances de ambos os lados. O Londrina foi mais eficaz e abriu o marcador aos 11 minutos. Em bela jogada de contra-ataque, Anderson Leite tabelou com Paulinho Moccelin, invadiu a área e chutou de bico para colocar a bola no fundo das redes.

O América não sentiu o gol e continuou ameaçando, mas as tentativas paravam em Matheus Albino, até que, aos 47 minutos, João Paulo cobrou falta na cabeça do zagueiro Paulão. Ele ganhou dos defensores do time rival e cabeceou para deixar tudo igual.

Mas não deu tempo nem de o América comemorar. O Londrina saiu na pressão e buscou o gol aos 49 minutos. Após cobrança de falta de Breno, Safira chutou em cima da defesa adversária. A bola bateu em Willian Maranhão e acabou enganando o goleiro Jori.

Segundo tempo

No segundo tempo, o América voltou melhor e precisou de apenas oito minutos para empatar. Marcondes derrubou Júnior Viçosa dentro da área, e o árbitro assinalou pênalti. O próprio atacante foi para a cobrança e marcou.

O time mandante acabou anulando a saída de bola do Londrina e começou a crescer na partida. A superioridade deu resultado aos 28 minutos. Neto Berola mandou para dentro da área. Júnior Viçosa antecipou Raí Ramos e mergulhou para fazer o gol de virada.

A resposta do Londrina, no entanto, veio no minuto seguinte. Logo na saída de bola, Higor Leite acionou Paulinho Moccelin. O atacante deu de cobertura para surpreender o goleiro Jori. Mas o América ainda conseguiu reagir para buscar a vitória. Aos 39, Matheusinho achou Zé Ricardo dentro da área. O volante deu de bico para fazer o quarto do clube mineiro.

No fim, o clima esquentou no Independência, de ambos os lados. Bruno Paulista era um dos mais exaltados e, mesmo após o encerramento do jogo, tentou partir para cima do árbitro e acabou expulso.

Na próxima rodada, o Londrina enfrentará o Criciúma em 16 de agosto (sexta-feira), às 19h15, no Estádio do Café. No dia seguinte, às 19h, o América receberá o Cuiabá, no Independência, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 4 X 3 LONDRINA

AMÉRICA-MG

Jori; Diego Ferreira, Paulão, Pedrão e João Paulo (Sávio); Willian Maranhão, Zé Ricardo, Juninho e Matheusinho; Júnior Viçosa (Luiz Fernando) e Felipe Azevedo (Neto Berola). Técnico: Felipe Conceição.

LONDRINA
Matheus Albino; Raí Ramos, Augusto, Marcondes (Sílvio) e Breno; Anderson Leite (França), Denner (Bruno Paulista) e Higor Leite; Paulinho Moccelin, Anderson Oliveira e Alisson Safira. Técnico: Alemão.

GOLS - Anderson Leite, aos 11, Paulão, aos 47, e Willian Maranhão, contra, aos 49 minutos do primeiro tempo. Júnior Viçosa, aos 8 e aos 28, Paulinho Moccelin, aos 29, e Zé Ricardo, aos 39 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Sávio Pedrão (América); Augusto Anderson Leite, França e Paulinho Moccelin (Londrina).

CARTÃO VERMELHO - Bruno Paulista (Londrina).

RENDA - R$ 7.996,00.

PÚBLICO - 1.329 pagantes.

LOCAL - Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).


Agência Estado/DomTotal.com

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC. Saiba mais!

Comentários

Instituições Conveniadas