Esporte Futebol Nacional

07/10/2019 | domtotal.com

Com pênalti polêmico, CSA vence Avaí e afunda o Cruzeiro na zona de rebaixamento

Na difícil luta contra a Série B, quem se deu bem foi o CSA que ficou a um ponto de sair da ZR.

O CSA conseguiu a terceira vitória seguida em casa neste Campeonato Brasileiro.
O CSA conseguiu a terceira vitória seguida em casa neste Campeonato Brasileiro. (Francisco Cedrim / MyPhoto Press/Gazeta Press)

A luta contra o rebaixamento continua acirrada no Campeonato Brasileiro. Foi neste contexto que CSA e Avaí se enfrentaram no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL), pelo fechamento da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o time de Alagoas levou a melhor com a terceira vitória seguida em casa, agora por 3 a 1. Com o resultado, o CSA chegou a 22 pontos, no 17º lugar. Os catarinenses, por sua vez, estagnaram nos 16 pontos e estão na vice-lanterna da competição nacional. O Cruzeiro também se deu mal, já que foi ultrapassado pelo clube de Alagoas e agora aparece em 18.º lugar, com 20 pontos. O Ceará é o primeiro time fora do Z4 e soma 23 pontos.

E a vitória do CSA foi com um gol marcado após pênalti polêmico assinalado em um momento fundamental da partida. Como o duelo valia muito na briga contra o rebaixamento, as duas equipes fizeram um primeiro tempo bastante aberto.

O CSA chegou ao gol aos 13 minutos. Bustamante recebeu com liberdade e cruzou. A bola passou por Betão e sobrou para Ricardo Bueno, que se esticou para desviar para as redes.

Pênalti polêmico

Toda superioridade do CSA no primeiro tempo caiu por terra após o intervalo. Isto porque o Avaí empatou logo aos dois minutos. Após cruzamento, a bola ficou viva dentro da área. Carlinhos não conseguiu cortar, Léo aproveitou e Jonatan só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes.

O empate fez o CSA se mexer em busca da reação no ataque. A defesa do Avaí reagiu bem a pressão imposta pelo time alagoano, mas a arbitragem viu um pênalti em cima de Ricardo Bueno após consultar o VAR. Um leve empurrão nas costas, num movimento muito discutível. Aos 25 minutos, Jonatan Gómez foi para a bola, deslocou Vladimir e recolocou o time alagoano na frente.

Em desvantagem, o Avaí foi obrigado a ir para cima no fim. Mas no meio do desespero catarinense, o CSA encaixou um contra-ataque e ampliou com Apodi, aos 49 minutos.

O CSA volta a campo contra o Internacional, na quarta-feira (9), às 19h15, novamente no Rei Pelé, em Maceió. O Avaí, por sua vez, encara o Vasco, na quinta-feira (10), no mesmo horário, na Ressacada, em Florianópolis.

FICHA TÉCNICA

CSA 3 X 1 AVAÍ

CSA
Jordi; Apodi, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, Dawhan e Jonatan Gomez; Bustamante (Jean Cléber), Ricardo Bueno (Alisson Safira) e Bruno Alves (Warley). Técnico: Argel Fucks.

AVAÍ
Vladimir; Léo, Betão, Ricardo e Igor Fernandes; Mosquera (Vinícius Araújo), Richard Franco (Matheus Barbosa) e Douglas (Brenner); Caio Paulista, Jonathan e João Paulo. Técnico: Alberto Valentim.

GOLS - Ricardo Bueno, aos 13 minutos do primeiro tempo. Jonathan, aos 3, Jonatan Gomez, aos 25 e Apodi, aos 49 do segundo.

ÁRBITRO - Anderson Daronco (RS).

CARTÕES AMARELOS - Alan Costa, Jean Cléber e Alisson Safira (CSA); Mosquera, Betão e João Paulo (Avaí).

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).


Agência Estado /Gazeta Esportiva / Dom Total

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!

Comentários


Instituições Conveniadas