ESDHC

10/10/2019 | domtotal.com

Pesquisadores apontam o feminino como resposta à crise da modernidade

4º Seminário Internacional Emmanuel Levinas foi encerrado nesta quinta-feira (10), na Dom Helder Escola de Direito.

Lucila Lang Patriani de Carvalho faz palestra durante a mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
Lucila Lang Patriani de Carvalho faz palestra durante a mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Jonas Samudio durante mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
Jonas Samudio durante mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Jonas Samudio durante mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
Jonas Samudio durante mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Ângela Cristina Salgueiro Marques durante mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
Ângela Cristina Salgueiro Marques durante mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Ângela Cristina Salgueiro Marques durante mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
Ângela Cristina Salgueiro Marques durante mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
IV Seminário Emmanuel Lévinas: Mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Lucila Lang Patriani de Carvalho faz palestra durante a mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'.
Lucila Lang Patriani de Carvalho faz palestra durante a mesa-redonda 'Linguagem, feminino e literatura'. Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Conferência 'Ética radical como fundamento da crítica da razão idolátrica', com Ricardo Timm de Souza (PUC-RS).
Conferência 'Ética radical como fundamento da crítica da razão idolátrica', com Ricardo Timm de Souza (PUC-RS). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Conferência 'Ética radical como fundamento da crítica da razão idolátrica', com Ricardo Timm de Souza (PUC-RS).
Conferência 'Ética radical como fundamento da crítica da razão idolátrica', com Ricardo Timm de Souza (PUC-RS). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Conferência 'Ética radical como fundamento da crítica da razão idolátrica', com Ricardo Timm de Souza (PUC-RS).
Conferência 'Ética radical como fundamento da crítica da razão idolátrica', com Ricardo Timm de Souza (PUC-RS). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Conferência 'Ética radical como fundamento da crítica da razão idolátrica', com Ricardo Timm de Souza (PUC-RS).
Conferência 'Ética radical como fundamento da crítica da razão idolátrica', com Ricardo Timm de Souza (PUC-RS). Foto (Thiago Ventura/DomTotal)
Diogo Villas Boas Aguiar, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM),  participa da conferência de encerramento.
Diogo Villas Boas Aguiar, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), participa da conferência de encerramento. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Diogo Villas Boas Aguiar, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).
Diogo Villas Boas Aguiar, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professores Nilo Ribeiro Júnior, Felipe Rodolfo de Carvalho e Gregory Rial.
Professores Nilo Ribeiro Júnior, Felipe Rodolfo de Carvalho e Gregory Rial. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professores Nilo Ribeiro Júnior e Felipe Rodolfo de Carvalho.
Professores Nilo Ribeiro Júnior e Felipe Rodolfo de Carvalho. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Nilo Ribeiro Júnior discursa na conferência de encerramento.
Professor Nilo Ribeiro Júnior discursa na conferência de encerramento. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)
Professor Nilo Ribeiro Júnior discursa na conferência de encerramento.
Professor Nilo Ribeiro Júnior discursa na conferência de encerramento. Foto (Patrícia Azevedo/Dom Total)

Por Gilmar Pereira

Feminino, linguagem e literatura. Essa foi a temática com a qual foi aberto o 4º Seminário Internacional Emmanuel Levinas, na manhã de quinta-feira (10), na Dom Helder Escola de Direito. A mesa-redonda contou com os professores Jonas Samudio, doutor em Estudos Literários; Ângela Cristina Salgueiro Marques, coordenadora do Programa de Pós-graduação em Comunicação da UFMG; e Lucila Lang Patriani de Carvalho, doutora em Filosofia.

A sessão matinal do evento discutiu a categoria do feminino em Levinas e sua relação com a literatura e a linguagem. Na apresentação, foi posto que há uma construção do masculino baseado em valores ligados aos ideais de caça e guerra, venatórios e bélicos. Tal noção liga ao uso da razão instrumental que, em vez de abrir a humanidade para um tempo de paz e prosperidade, culminou em experiências de totalitarismo e degradação humana. Em contraposição, de acordo com os palestrantes, os valores baseados no feminino apontam para a acolhida do outro e do afeto e se ligam à metáfora da hospedagem.

Leia também:

Dialogando literatura e o pensamento de Levinas, Jonas Samudio tratou da independência do texto em relação ao autor, constituindo um outro, inclusive para ele mesmo. Ângela Marques estabeleceu um diálogo com as imagens do feminino em Levinas, as representações fotográficas das mulheres na mídia e a linguagem feminina na literatura. Lucila, por sua vez, trabalhou a diferença da relação entre o eu e o outro em Sartre e Levinas. De acordo com a visão dos especialistas, enquanto o primeiro parte de uma relação de objetificação de um pelo outro, o segundo trata da relação entre sujeitos como acolhida mútua, o que faz surgir a categoria do “si mesmo”, uma figura que se pode dizer, levinasianamente, feminina.

A segunda parte da manhã foi marcada pela palestra do professor Ricardo Timm de Souza, que desenvolveu sua conferência com o tema “Ética radical como fundamento da crítica da razão idolátrica”, apresentado o contraponto levinasiano à ética com a qual a modernidade estruturou seu desenvolvimento e, no entanto, não logrou os benefícios prometidos nos ideias iluministas.

No período da tarde, foi realizada assembleia do Centro Brasileiro de Estudo Levinasianos (Cebel). Em seguida, os professores Marcelo Fabri e Diogo Villas Boas Aguiar, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Gregory Rial e Nilo Ribeiro Júnior, da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (Faje), e Felipe Rodolfo de Carvalho, da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), ministraram conferência de encerramento com o tema “Levinas no Brasil: legados e perspectivas”.

Com colaboração de Patrícia Azevedo.


Redação DomTotal

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!

Comentários


Instituições Conveniadas