Religião

15/10/2019 | domtotal.com

Canonização de Irmã Dulce mostra que santos são pessoas próximas diz dom Murilo

Arcebispo de Salvador afirma após Santa Dulce dos Pobres, será mais fácil explicar que santidade não é um privilégio de poucos ou de pessoas especiais.

Dom Murilo Krieger, SCJ presidiu missa em homenagem à santa em Roma.
Dom Murilo Krieger, SCJ presidiu missa em homenagem à santa em Roma. (Jorge Gauthier/Arquidiocese de Salvador)

A primeira Missa em ação de graças pela canonização da Santa Dulce dos Pobres foi celebrada nessa segunda (14), presidida pelo arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, SCJ. A celebração Eucarística aconteceu na Igreja San’Andrea della Vale, em Roma, e foi concelebrada pelo bispo da Diocese de Irecê (BA), dom Tommaso Cascianelli, pelo bispo emérito da Diocese de Janaúba (MG), dom Ricardo Guertino Brusati, pelo bispo da Diocese de Nova Iguaçu (RJ), dom Gilson Andrade da Silva, pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Niterói (RJ), dom Luiz Ritchie, pelo Vigário Episcopal para os Institutos de Vida Consagrada, Sociedades de Vida Apostólica, Movimentos Eclesiais e Novas Comunidades, e Delegado Arquiepiscopal para a Causa dos Santos do Rio de Janeiro, dom Roberto Lopes, e por padres de várias partes de mundo.

Em entrevista, dom Murilo Krieger, SCJ, arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, falou sobre a canonização de Irmã Dulce.

Qual a importância, sobretudo para as comunidades de Salvador, da canonização de Irmã Dulce?

Para muitos, falar de um santo ou uma santa parecia uma referência a quem morou na Europa e em séculos passados, já que a maioria dos santos conhecidos tem essas características. De repente, a comunidade baiana está descobrindo que os santos não são seres angelicais, distantes, mas pessoas próximas, que muitos conheceram ou das quais se ouve diariamente testemunhos. Tenho certeza de que, a partir da canonização de Irmã Dulce dos Pobres, será mais fácil explicar a todos que santidade não é um privilégio de poucos ou de pessoas especiais, mas está ao alcance de todos, e é obrigação de todos buscar a santidade.

Quais são os valores de vida de Irmã Dulce que mais devem ser lembrados pelos católicos?

Sua simplicidade, seu foco em Jesus Cristo, sua capacidade de vê-lo no necessitado e a capacidade que teve de esquecer-se de si mesma para responder às necessidades que se apresentavam e se multiplicavam a sua frente.

Podemos afirmar que o Brasil terá ainda muito mais santos?

Em 1991, João Paulo II disse que "o Brasil precisa de santos". Começou, então, uma corrida em torno de tais modelos; abriram-se dezenas de processos e, com surpresa, se percebeu que o que nunca faltou no Brasil foi a presença de pessoas extraordinárias - de verdadeiros santos.



Agência Estado

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!

Comentários


Outras Notícias

Não há outras notícias com as tags relacionadas.

Instituições Conveniadas