Brasil Política

07/11/2019 | domtotal.com

Lava Jato investiga pagamento de propina para anular operação contra empreiteira

A chamada Operação Appius teve origem em informações fornecidas pelo ex-ministro Antonio Palocci em acordo de delação premiada

Carro da PF durante ação da Lava Jato em São Paulo
Carro da PF durante ação da Lava Jato em São Paulo (Reuters)

A Polícia Federal e o Ministério Público Federal realizam operação nesta quinta-feira para aprofundar as investigações sobre supostos crimes praticados com o intuito de anular uma ação penal contra empreiteira acusada de cometer diversas irregularidades, informou o MPF.

A chamada Operação Appius teve origem em informações fornecidas pelo ex-ministro Antonio Palocci em acordo de delação premiada no âmbito da operação Lava Jato, e investiga suspeita de pagamento de propina por uma empreiteira a agentes públicos com o objetivo de anular a operação Castelo de Areia, acrescentou o Ministério Público em comunicado.

Deflagrada em março de 2009, a Castelo de Areia teve como principal alvo a empreiteira Camargo Corrêa, que teve diretores presos por suspeita de fraude à licitação, corrupção e lavagem de dinheiro, dentre outros crimes.

Fatos revelados pela operação, como irregularidades na construção da refinaria Abreu e Lima, da Petrobras, em Pernambuco, foram posteriormente investigados também pela Lava Jato.

No entanto, a Castelo de Areia foi anulada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 2011, após ser suspensa em 2010.

Na ação desta quinta-feira, a PF cumpre quatro mandados de busca e apreensão em São Paulo e Fortaleza expedidos pela 6ª Vara Federal Criminal de São Paulo. Os alvos não foram identificados, uma vez que a investigação está sob segredo de Justiça.

A Camargo Corrêa informou, em nota, que ainda não teve acesso às informações que embasam a operação, e disse ter sido "a pioneira, em seu setor, em firmar acordos de leniência e que permanece comprometida a colaborar".


Reuters

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!

Comentários


Instituições Conveniadas