Mundo

12/11/2019 | domtotal.com

Quais os custos do Brexit para a União Europeia?

'Os Europeus cairão e os britânicos também'

As negociações comerciais ainda deverão acontecer e serão penosas para ambas as partes
As negociações comerciais ainda deverão acontecer e serão penosas para ambas as partes (Pixabay)

Lev Chaim*

Foi uma pergunta que eu já fiz há alguns anos, quando tudo teve início. Lembro-me muito bem. Estava de férias na Ilha da Madeira e fiz essa pergunta a um dos hóspedes do mesmo hotel, um diplomata alemão, que trabalhava em Bruxelas para a União Europeia. A sua resposta foi clara: “Os Europeus cairão e os britânicos também. Mas os europeus cairão em cima de um colchão e os britânicos no cimento duro".

Em uma recente entrevista a um grupo de jornalistas europeus, o ex-presidente do Parlamento britânico, o famoso John Bercow, o homem que colocava "ordem" na casa, disse que o Brexit foi o maior erro já cometido desde a Segunda Guerra Mundial. Não que ele ache que a União Europeia (UE) seja perfeita, mas a Grã-Bretanha, dentro da UE, faz parte de um grupo político importante e de um grupo de comércio importante e só vai perder ao se retirar desse acordo.

Mas voltando à nossa pergunta (Quais os custos do Brexit para a União Europeia?), temos uma ótima resposta dada pelo professor de Estudos Europeus da Universidade Britânica de Oxford, Jan Zielonka, em um artigo do jornal holandês NRC Handelsblad. Para ele, um dos preços claríssimos é a incerteza geral. Ele relembra que esse acordo para a saída da Grã-Bretanha da União Europeia (Brexit) não é um acordo comercial, mas político. As negociações comerciais ainda deverão acontecer e serão penosas para ambas as partes.

Zielonka enfatizou que, além disso, a Grã-Bretanha está envolvida em cerca de 20 mil leis concernentes à União Europeia e em 750 acordos comerciais com países de fora da União. E tudo isso acaba por gerar uma grande incerteza e preocupações em relação à questão de segurança dos países envolvidos. “Sem dizer ainda que o Brexit não é um acontecimento que enaltece a União Europeia, muito pelo contrário”, afirmou Zielonka.

Ao avaliar todas essas opiniões, chego à conclusão de que todos os três acima citados têm razão: o Brexit foi realmente o maior erro já cometido desde a Segunda Guerra Mundial e ele pode ser o causador de um angustiante distúrbio nas pessoas de ambos os lados do Canal da Mancha. De qualquer forma, temos que estar atentos para não acreditar naqueles que espalham dúvidas sobre as vantagens de uma Europa unida e forte. Como disse o professor Zielonka, é bem melhor estar dentro da União, mesmo que ela não seja perfeita, do que ficar de fora e passar por todos esses pesadelos e catástrofes.

Curioso que ao terminar a reflexão acima sobre o Brexit, recebi um telefonema de um amigo inglês que também me fez uma pergunta angustiante: “O que deu no Supremo de seu país para soltar o maior bandido de sua história?” Triste e angustiado, tive que concordar com o seu espanto.    

*Lev Chaim é jornalista, colunista, publicista da FalaBrasil e trabalhou mais de 20 anos para a Radio Internacional da Holanda, país onde mora até hoje. Ele escreve todas as terças-feiras, para o Domtotal.

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!



Comentários