Esporte Futebol Internacional

30/11/2019 | domtotal.com

Liverpool tem Alisson expulso, mas bate o Brighton e abre 11 pontos na liderança

Líder isolado, o Liverpool não dá brechas a seus rivais, são 13 vitórias e um empate em 14 jogos no torneio

Van Dijk liderou a vitória do Liverpool aproveitando duas assistências do lateral inglês Alexander-Arnold na etapa inicial
Van Dijk liderou a vitória do Liverpool aproveitando duas assistências do lateral inglês Alexander-Arnold na etapa inicial (Paul Ellis/AFP)

Líder isolado e único invicto do Campeonato Inglês, o Liverpool sofreu, mas conseguiu vencer o Brighton por 2 a 1 neste sábado (30), em casa, no Anfield Road. A estrela do jogo foi o zagueiro holandês Van Dijk, autor dos dois gols da equipe da casa na partida que se tornou difícil especialmente depois da expulsão do goleiro brasileiro Alisson.

Mesmo que o nível de atuação não tenha sido o melhor possível, a fase continua esplêndida e o Liverpool não dá brechas a seus rivais. Agora, abriu 11 pontos para o vice-líder Manchester City, que tropeçou mais cedo ao empatar com o Newcastle. São 13 vitórias e um empate em 14 jogos no torneio.

Van Dijk liderou a vitória do Liverpool aproveitando duas assistências do lateral inglês Alexander-Arnold na etapa inicial. Primeiro, aos 18 minutos, o defensor apareceu na segunda trave para cabecear por cima do goleiro Mat Ryan. Seis minutos depois, após escanteio cobrado da esquerda, o holandês subiu mais alto do que a zaga adversária e usou a cabeça novamente para ampliar o marcador.

Os comandados de Jürgen Klopp se encaminhavam para vencer com tranquilidade até que Alisson foi expulso por colocar a mão em saída de bola fora da área, parando uma chance clara de gol do Brighton. O brasileiro foi expulso e, na cobrança da falta, Dunk aproveitou a desatenção de Adrián, que entrará no lugar de Alisson.

O goleiro não percebeu que o juiz havia autorizado a cobrança e ainda armava a barreira quando o zagueiro adversário chutou para o gol vazio. Os visitantes pressionaram em busca do empate, mas os donos da casa sustentaram a vantagem contra o 15º colocado do Inglês, com 15 pontos.

Outros jogos

A recuperação do Tottenham sob o comando de José Mourinho foi ampliada com mais uma vitória. Desta vez, o time londrino superou o Bournemouth por 3 a 2 em casa e, com isso, subiu para o quinto lugar, agora com 20 pontos.

Algo comum nos últimos jogos, a equipe do técnico português abriu uma vantagem grande no placar e quase colocou tudo a perder ao levar dois gols no final do duelo. O meia Dele Alli, um dos jogadores que mais cresceu de produção com a chegada de Mourinho, foi o nome da partida. Ele marcou os dois primeiros gols antes de o volante francês Sissoko fazer o terceiro. O galês Harry Wilson balançou as redes duas vezes pelo Bournemouth, que é o 12º, com 16 pontos.

Em casa, o Chelsea foi surpreendido pelo West Ham em duelo londrino ao perder por o 1 a 0 e desperdiçou a chance de colar no Leicester e no Manchester City - ficou com 26 pontos, no quarto lugar. A equipe do técnico Frank Lampard jogou mal e não foi capaz de furar o bloqueio defensivo armado pelos visitantes, que contaram com grande atuação do goleiro David Martin, estreante no Campeonato Inglês, aos 33 anos.

Depois da partida, o goleiro não conteve as lágrimas após a excelente exibição. O lateral-esquerdo Aaron Cresswell marcou o gol que decretou o triunfo do West Ham, 13º, com 16 pontos. Em outro jogo disputado neste sábado, o Crystal Palace (décimo) derrotou o Burnley (oitavo) por 2 a 0 fora de casa. O marfinense Wilfried Zaha e o ganês Jeffrey Schlupp foram às redes.


Agência Estado/Dom Total

EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!



Comentários