Esporte Futebol Internacional

07/12/2019 | domtotal.com

United domina City fora de casa e vence dérbi de Manchester

Apesar da pressão no final do jogo, os anfitriões não conseguiram evitar a derrota

Com gols de Rashford e Martial, os Diabos Vermelhos venceram o dérbi por 2 a 1
Com gols de Rashford e Martial, os Diabos Vermelhos venceram o dérbi por 2 a 1 (AFP)

Manchester é vermelha. Neste sábado, o City recebeu o United no Etihad Stadium, pela 16ª rodada do Campeonato Inglês. Desde o começo, os visitantes foram mais agudos e efetivos para construir uma vantagem confortável logo no primeiro tempo. Apesar da pressão no final do jogo, os anfitriões não conseguiram evitar a derrota. Com gols de Rashford e Martial, os comandados por Ole Gunnar Solskjaer venceram o dérbi por 2 a 1. Otamendi diminuiu.

Com o resultado, os Diabos Vermelhos conheceram sua segunda vitória consecutiva e passaram a ocupar a quinta colocação, com 24 pontos somados. Os Citizens , por sua vez, conheceram sua quarta derrota da competição e seguem estacionados na terceira posição, com 32 pontos somados.

Querendo confirmar a primeira colocação do Grupo L na Liga Europa, o United volta a campo nesta quinta-feira. A partida contra o AZ Alkmaar está prevista para as 17 horas (de Brasilia), no Old trafford.

Do outro lado, o City já tem sua vaga confirmada para a próxima fase da liga dos Campeões e só vai cumprir tabela contra o Dinamo Zagreb, nesta quarta-feira, às 14h55 (de Brasília).

A peleja começou eletrizante. Sem se abalar com a pressão da torcida dos Citizens, que compareceu em peso, o United teve sua primeira chance com menos de um minuto no relógio. Sempre com muita velocidade pelas pontas, Daniel James deixou a marcação para trás, recebeu um bom passe e exigiu boa defesa de Ederson. Momentos depois, o brasileiro voltou a aparecer em mais um bom contra-ataque dos visitantes.

Em nova ofensiva, com 19 minutos jogados, Rashford foi derrubado na área por Bernardo Silva. Após rápida checagem do VAR, o árbitro apontou para a marca penal. O atacante inglês pediu a bola, deslocou o goleiro e abriu o placar.

Nos dois lances seguintes, o camiseta 10 teve boas oportunidades de ampliar, mas parou no travessão. Aos 29, foi a vez de Martial voltar a marcar pelo Untied. Após boa jogada individual de Daniel James, o francês recebeu dentro da grande área e, mesmo desequilibrado, acertou o canto esquerdo. Destaque negativo para Kyle Walker, que se encolheu e deixou a bola passar.

Desde o segundo gol, o Manchester City liberou mais os laterais para o campo de ataque e começou a propor mais o jogo. No entanto, De Gea fez a diferença. Na volta do vestiário, os 15 primeiros foram de domínio total de posse de bola e chances criadas pelo City. A melhor delas saiu dos pés de De Bruyne. O maestro belga mandou um foguete e o zagueiro Linfelof se atirou para salvar em cima da linha.

Pep Guardiola promoveu a entrada de Rihad Mahrez e os adversários se fecharam no campo defensivo. Apostando nos contra-ataques e faltas pontuais, os Diabos Vemelhos cozinharam o jogo e a atuação de Aaron Wan-Bissaka, principalmente, garantiu o zero no placar do Manchester City até os 40 minutos. Após o gol de cabeça de Otamendi, os Citizens insistiram para chegar ao empate, mas pararam nas mãos de De Gea.


Gazeta Esportiva



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!