Cultura Cinema

13/01/2020 | domtotal.com

Indicações ao Oscar destacam 'Coringa' e produções da Netflix

Brasil será representado pelo documentário 'Democracia em vertigem', de Petra Costa

Joaquin Phoenix concorre a melhor ator por seu desempenho em 'Coringa'
Joaquin Phoenix concorre a melhor ator por seu desempenho em 'Coringa' (IMDB)

As duas grandes estrelas no anúncio dos indicados pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood ao Oscar foram Coringa, com o maior número de indicações, 11; e a Netflix, que, depois de conquistar apenas dois prêmios no Globo de Ouro, a plataforma digital somou 24 indicações.

O filme de gângster O irlandês, de Martin Scorsese para a Netflix, o filme de guerra 1917 e Era uma vez ... em Hollywood, a ode de Quentin Tarantino à meca do cinema, se seguem a Coringa, com 10 indicações cada um. A Academia americana novamente excluiu mulheres da categoria de direção, com destaca para a ausência de Greta Gerwig, cujo filme Adoráveis mulheres está sendo amplamente elogiado.

Para o Brasil, a indicação do país, A vida invisível, de Karim Aïnouz, não passou na pré-seleção, mas o documentário Democracia em vertigem, de Petra Costa, vai representar o cinema nacional na festa de 9 de fevereiro. O país também marca uma presença indireta, com a indicação de melhor ator (Jonathan Pryce), melhor ator coadjuvante (Anthony Hoptkins) e melhor roteiro adaptado para Dois papas, produção da Netflix dirigida por Fernando Meirelles.

Nas categorias de atuação, todos os indicados são brancos, com exceção de Cynthia Erivo, indicada como melhor atriz por Harriet. Saoirse Ronan (Adoráveis mulheres), Scarlett Johansson (História de um casamento), Charlize Theron (O escândalo) e a favorita Rene Zellweger (Judy) completam a categoria.

Além de Joaquim Phoenix, considerado o favorito, o espanhol Antonio Banderas foi indicado ao prêmio de melhor ator por Dor e glória, junto com Leonardo DiCaprio (Era uma vez em Hollywood), Adam Driver (História de um casamento) e Jonathan Pryce (Dois papas). A controvérsia de omitir mulheres e minorias, em um setor criticado por sua falta de diversidade, foi despertada nas indicações de Bafta, equivalente ao Oscar na Grã-Bretanha, onde todos os indicados eram homens brancos.

Um membro da Academia Americana havia dito que previa que "este ano seria muito controverso" novamente porque "muitos diretores do sexo masculino foram indicados". "Infelizmente, existem apenas cinco indicados para melhor diretor em um ano incrivelmente forte", disse ele, citando nomes como Scorsese, Tarantino e Sam Mendes (1917), indicados ao lado de Todd Phillips (Coringa) e Bong. "A Academia quer escolher o melhor, mas também quer ser sensível a mulheres e minorias", comentou Chris Beachum, do site de rastreamento de prêmios Gold Derby. Mas estrelas não-brancas como Lupita Nyong'o, Awkwafina e Jennifer Lopez também ficaram de fora da competição, assim como Eddie Murphy.

Netflix

Depois de faturar o Oscar de melhor direção (Alfonso Cuarón) e melhor filme estrangeiro (Roma) no ano passado, a Netflix confirma sua força na festa de Hollywood com 24 indicações distribuídas em seus concorrentes. Além de Democracia em vertigem na lista dos documentários, a empresa disputa na mesma categoria com American factory.

O irlandês recebeu 10 nominações, a grande maioria entre as principais indicações, como filme, direção (Martin Scorsese), ator coadjuvante (Al Pacino e Joe Pesci), fotografia e roteiro adaptado. O grande temor é nenhuma indicação se transformar em premiação.

História de um casamento recebeu seis indicações. O drama sobre a dissolução de um matrimônio garantiu vaga para seu casal de protagonistas (Scarlet Johansson e Adam Driver), além de Laura Dern, que vem faturando todos os prêmios de coadjuvante. O longa é dirigido e foi escrito por Noah Baumbach, que concorre nessas duas categorias, direção e roteiro original. Uma última indicação é para Randy Newman, na trilha sonora.

A votação para a escolha dos indicados ao Oscar, da qual participam os mais de 9 mil membros da Academia, terminou na última terça-feira, dois dias após o Globo de Ouro, que abriu a temporada de premiação em Hollywood. A votação que determinará os vencedores, na qual os membros votam em todas as categorias, começa em 30 de janeiro e termina cinco dias depois.

Confira a lista completa:

Melhor filme

Ford vs. Ferrari
O irlandês
Jojo Rabbit
Coringa
Adoráveis mulheres
História de um casamento
1917
Era uma vez...em Hollywood
Parasita


Melhor Ator

Antonio Banderas, Dor e glória
Leoardo DiCaprio, Era uma vez em... Hollywood
Adam Driver, História de um casamento
Joaquin Phoenix, Coringa
Jonathan Price, Dois papas

Melhor Atriz

Cythia Erivo, Harriet
Scarlett Johansson, História de um casamento
Saoirse Ronan, Adoráveis mulheres
Charlize Theron, O escândalo
Renée Zellweger, Judy

Melhor Ator Coadjuvante

Brad Pitt, Era uma vez...em Hollywood
Al Pacino, O irlandês
Joe Pesci, O irlandês
Anthony Hopkins, Dois papas
Tom Hanks, Um lindo dia na vizinhança

Melhor Atriz Coadjuvante

Laura Dern, História de um casamento
Kathy Bates, O caso Richard Jewell
Scarlett Johansson, Jojo Rabbit
Florence Pugh, Adoráveis mulheres
Margot Robbie, O escândalo

Melhor Direção

Martin Scorsese, O irlandês
Todd Phillips, Coringa
Sam Mendes, 1917
Quentin Tarantino, Era uma vez em... Hollywood
Bong Joon Ho, Parasita

Melhor Roteiro Adaptado

O irlandês
Jojo Rabbit
Coringa
Adoráveis mulheres
Dois papas

Melhor Roteiro Original

Entre facas e segredos
História de um casamento
1917
Era uma vez em... Hollywood
Parasita


Melhor Fotografia

1917
Era uma vez em Hollywood
Coringa
O irlandês
O farol


Melhor Figurino

Arianne Phillips, Era uma vez...em Hollywood
Jacqueline Durran, Adoráveis mulheres
Mark Bridges, Coringa
Mayes C. Rubeo, Jojo Rabbit
Sandy Powell e Christopher Peterson, O irlandês

Melhor Edição

Ford vs Ferrari
O irlandês
JoJo Rabbit
Coringa
Parasita

Melhor Trilha Original

Thomas Newman, 1917
Hildur Guðnadóttir, Coringa
Alexandre Desplat, Adoráveis mulheres
Randy Newman, História de um casamento
John Williams, Star wars: A ascensão Skywalker

Melhor Filme Internacional

Corpus Christi
Honeyland
Os miseráveis
Dor e glória
Parasita


Melhor Documentário

American factory
Learning to skateboard in a warzone (if you're a girl)
The cave
Democracia em vertigem
For Sama
Honeyland


Melhor Canção Original

Toy Story 4, I can't let you throw yourself away
Rocketman, I’m gonna love me again
Breakthrough, I’m standing with you
Frozen II, Into the unknown
Harriet, Stand up


Melhor Cabelo e Maquiagem

O escândalo
Malévola: A dona do mal
Coringa
Judy
1917


Melhores Efeitos Visuais

Vingadores: Ultimato
O irlandês
Star wars: A ascensão Skywalker
Rei Leão
1917


Melhor Design de Produção

1917
Era uma vez em Hollywood
O irlandês
Jojo Rabbit
Parasita

Melhor Animação

Como treinar o seu dragão 3
I Lost my body
Klaus
Link perdido
Toy Story 4

Melhor Curta-Metragem

Brotherhood
Nefta Football Club
The neighbors window
Saria
A sister


Melhor Curta de Animação

Dcera (Daughter)
Hair love
Kitbull
Memorable
Sister


Melhor Edição de Som

Ford vs Ferrari
Coringa
1917
Era uma vez… em Hollywood
Star wars: A ascensão Skywalker

Melhor Mixagem de Som

Ad Astra
Ford vs Ferrari
Coringa
1917
Era uma vez... em Hollywood


AFP/Agência Estado/Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!