Ciência e Tecnologia

19/03/2020 | domtotal.com

Em meio a pandemia do novo coronavírus, Europa se refugia no humor

Redes sociais têm sido grandes aliadas para lidar com a quarentena

Rua deserta em Lyon, França
Rua deserta em Lyon, França (AFP)

Os europeus, confinados em suas casas, tentam tirar o melhor das consequências da pandemia do novo coronavírus, rindo de si mesmos e de sua situação dolorosa com memes, vídeos no TikTok e tuítes repletos de piadas.

Embora o Covid-19 já tenha causado mais de 9 mil mortes em todo o mundo, os sintomas e as medidas de prevenção tornaram-se assunto para piada para os europeus, que encontraram no humor um caminho para seguir em frente, tão bem quanto possível. "Notícia de última hora! Chuck Norris contaminado. Coronavírus colocado em quarentena por 15 dias", diz uma imagem, parodiando um canal de informações.

O Whatsapp na Espanha também se encheu de piadas, memes e até áudios, como o de um homem que conta ironicamente que, ao fazer um pedido on-line, perguntaram a que horas ele estaria em casa, quando na realidade não pode deixá-la.

Na Grécia, viralizou um vídeo no qual um homem faz compras no mercado, ao ar livre, na pequena cidade de Rafina, leste de Atenas, com uma fralda na cabeça para se proteger.

"Tussam juntos!", diz um adesivo colado nas ruas francesas, em resposta aos pedidos de solidariedade lançados pelo presidente Emmanuel Macron.

O humor ácido dos britânicos também atacou as medidas governamentais, menos draconianas que as de outros países europeus, embora nos últimos dias tenham endurecido. "Lave as mãos. Volte para casa. Morra", diz uma caricatura que imita um pôster de campanha do primeiro-ministro Boris Johnson.

Leia também:

Seguindo o conselho do líder conservador, que pediu aos britânicos que lavassem as mãos pelo tempo necessário para cantar "Parabéns a você" duas vezes, um programador criou o site "WashYourLyrics", que permite gerar instruções para lavar as mãos "acompanhado da música de sua escolha".

Tráfico de álcool em gel

A falta de lojas abertas também se tornou uma fonte inesgotável de humor.

Um vídeo viral no TikTok mostra, por exemplo, um homem que paga seu café com folhas de papel higiênico, com a melodia de "Money" do grupo Abba. No Kosovo, um vídeo mostrando traficantes vendendo álcool em gel foi visto mais de 50 mil vezes no Instagram.

Os russos, que costumam rir dos absurdos do dia-a-dia desde os tempos soviéticos, também se inspiraram na escassez: "Urgente! Jovem homem com estoques de farinha e macarrão procura jovem mulher com estoques de açúcar e papel higiênico", diz um falso anúncio compartilhado no Facebook.

"O apocalipse, o que esperávamos: anarquia, zumbis. O que realmente é: home office, falta de papel higiênico", resumiu um gráfico amplamente compartilhado no Twitter.

Os russos compararam as medidas de confinamento à vida após a queda da União Soviética. "Não há nada de especial nessa quarentena. Vi tudo isso nos anos 1990. Nada de entretenimento. Nada de comida nas lojas. Pessoas que preferem não sair de casa. E ninguém tem o direito de pegar o avião", publicou, ironicamente, um internauta no Twitter.

Fora da Rússia, as medidas semelhantes adotadas por vários governos europeus também foram uma fonte de inspiração para todos os tipos de piadas. Um vídeo explica como criar uma esteira em casa, espalhando sabão no chão; em outro, um homem é visto praticando todos os tipos de esportes em ambientes fechados, de nadar a andar de skate ou de bicicleta.

E como muitos pais precisam cuidar dos filhos e trabalhar ao mesmo tempo, inúmeros memes mostram crianças amarradas, amordaçadas ou enjauladas.

"Faz apenas 30 minutos que ajudo meu filho de seis anos a estudar. Todos os professores devem receber um milhão de euros por ano, a partir de agora", brincava um tuíte.


AFP/Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.

DomTotal é mantido pela EMGE - Escola de Engenharia e Dom Helder - Escola de Direito.

Engenharia Cívil, Ciência da Computação, Direito (Graduação, Mestrado e Doutorado).

Saiba mais!