Religião

20/05/2020 | domtotal.com

Morre Adolfo Nicolás, último espanhol a comandar a Companhia de Jesus

Ex-padre geral dos jesuítas vivia em uma casa de saúde em Tóquio, onde recebia cuidados por uma doença degenerativa

Nicolás foi 30º geral da Companhia de Jesus desde sua fundação em 1540 por Inácio de Loyola
Nicolás foi 30º geral da Companhia de Jesus desde sua fundação em 1540 por Inácio de Loyola (Reprodução/ Jesuítas)

O padre Adolfo Nicolás, superior geral dos jesuítas entre 2008 e 2016, morreu no Japão aos 84 anos, informa a Companhia de Jesus, ordem dos padres e irmãos jesuítas, nesta quarta-feira.

Nicolás, que foi o último espanhol a ocupar o lugar de sucessor de Inácio de Loyola, estava travando uma longa luta contra uma doença degenerativa, o que não o impediu de se encontrar com o, também jesuíta, papa Francisco em sua visita ao Japão em novembro passado.

Adolfo Nicolás nasceu na província de Palencia (Espanha) em 29 de abril de 1936, ingressou na Companhia de Jesus em 1953 e foi enviado como missionário ao Japão quando ainda era estudante. Lá dedicou-se ao ensino e a assistência social com imigrantes. Papa Francisco com pe. Nicolás em Novembro, durante visita papa ao JapãoPapa Francisco com pe. Nicolás em Novembro, durante visita papa ao JapãoDepois viveu nas Filipinas por dez anos, onde ocupou vários cargos importantes relacionados ao trabalho pastoral.

Foi eleito superior geral dos jesuítas em 19 de janeiro de 2008. Nesta função, tentou renovar a ordem com base nos princípios de universalidade da missão e profundidade de espírito, como ele mesmo repetia. A Congregação Geral da Companhia aceitou sua renúncia oito anos depois, em 3 de outubro de 2016. O fato foi histórico, sendo o primeiro geral a renunciar.

Ele foi sucedido pelo venezuelano Arturo Sosa. Em carta enviada a todos os religiosos da ordem, o atual geral define seu predecessor como um homem "sábio, humilde e livre" que serviu de maneira "total e generosa". “Excelente amigo, daqueles que amam rir e fazem os outros rirem; um homem do evangelho. É uma bênção conhecê-lo ”, diz Sosa sobre Nicolás, cuja doença dificultou sua vida na residência “Loyola House”, dedicada a jesuítas idosos e doentes, nos arredores de Tóquio.

Na mesma carta, Sosa relembra uma oração composta por Nicolás, fruto de sua meditação sobre a pesca milagrosa nos Exercícios Espirituais feitos pelo Conselho Geral da Companhia de Jesus em 2011. Segundo o atual geral, ela sintetiza a pessoa e a espiritualidade do predecessor e convida a toda a comunidade inaciana e jesuíta a relembrá-lo a partir dela.

Oração de Adolfo Nicolás

Senhor Jesus, que fraquezas viste em nós que te levaram à decisão de chamar-nos, apesar de tudo, para colaborar na tua missão? Nós te agradecemos por ter-nos chamado, e te pedimos que não te esqueças da tua promessa de estar conosco até o fim dos tempos.

Com frequência nos invade o sentimento de ter trabalhado em vão toda a noite, esquecendo-nos de que estás conosco. Pedimos a ti fazer-te presente nas nossas vidas e no nosso trabalho, hoje, amanhã e no futuro que está por chegar. Plenifica com teu amor estas vidas nossas, que pomos a teu serviço.

Tira dos nossos corações o egoísmo de pensar no “nosso”, no “meu”, sempre excludente e carente de compaixão e de alegria. Ilumina as nossas mentes e os nossos corações, e não te esqueças de fazer-nos sorrir, quando as coisas não sejam como queríamos.

Faze que, no final do dia, de cada um dos nossos dias, nos sintamos mais unidos a Ti e que possamos perceber e descobrir, ao nosso redor, mais alegria e maior esperança. Tudo isso te pedimos conscientes da nossa realidade. Somos homens fracos e pecadores, mas somos teus amigos. Amém


Dom Total



Comentários
Newsletter

Você quer receber notícias do domtotal em seu e-mail ou WhatsApp?

* Escolha qual editoria você deseja receber newsletter.
EMGE

*O DomTotal é mantido pela Escola de Engenharia de Minas Gerais (EMGE). Engenharia Civil conceito máximo no MEC.
Saiba mais!